30 de nov de 2006

52 O Poder da Reza

*



















O poder da reza

Contardo Calligaris
JFSP30nov06E12

Mistério: estudo mostra que uma reza retroativa ajudou pacientes
anos depois da internação

UM AMIGO médico, Décio Mion, me fez conhecer um estranho debate que
ocupou, de 2001 a 2003, as páginas do seríssimo "British Medical Journal".

Premissa: várias pesquisas, há tempos, mostram os efeitos positivos da
reza numa variedade de condições patológicas. Documenta-se que o doente encontra benefícios (quanto ao andamento de sua enfermidade) no ato de rezar ou na consciência de que seus próximos rezam por ele. Até aqui, tudo bem: o paciente acharia assim uma paz de espírito que melhora sua evolução.

A coisa se complica: às vezes, as pesquisas mostram que a prece traz
benefícios mesmo quando alguém reza por um doente sem que ele próprio
saiba disso. Como explicar esses casos?

Talvez o benefício seja fruto de uma intervenção caridosa da divindade
solicitada, mas essa explicação depende de um ato de fé que não cabe na
interpretação de uma pesquisa científica. Além disso, é curioso que os
benefícios apareçam seja qual for o deus ou o intercessor que receba a
oração.

Resta, pois, imaginar que a intenção humana (o esforço cerebral de quem
deseja que algo aconteça e reza por isso) tenha alguma realidade material
(energia, partículas etc.) capaz de influir no andamento de um processo
patológico. Estranho?

Nem tanto: afinal, até poucas décadas atrás, ignorávamos a existência de
uma série de partículas que, segundo a física de hoje, povoam nosso
universo. Por que as nossas intenções não movimentariam uma energia
desconhecida, mas capaz de alterar o mundo físico? Nos EUA, nos anos
60-70, foram organizadas reuniões diante da Casa Branca com a idéia de
que, se todos se concentrassem, a energia do dissenso faria levitar a
residência do presidente americano. Embora cético, participei, convencido
por um amigo que dizia: "Tentar não dói". Claro, não funcionou.

Ora, no fim de 2001, o "British Medical Journal", depois de um editorial
lembrando que a razão não explica tudo, publicou uma pesquisa, de L.
Leibovici (BMJ, 2001, 323), que registra os efeitos benéficos (em
pacientes com septicemia) de uma reza afastada não só no espaço, mas
também no tempo. Explico.

Foram incluídos no estudo todos os pacientes internados com septicemia, de
1990 a 1996, num hospital israelense; eram 3393. Em 2000 (de quatro a dez
anos mais tarde), por um processo rigorosamente aleatório, os arquivos
desses pacientes foram divididos em dois grupos: um grupo pelo qual
haveria reza e um grupo de controle. Para cada nome do primeiro grupo, foi
dita uma breve reza que pedia a recuperação do paciente e do grupo
inteiro.

Resultado: no grupo que recebeu uma reza em 2000, a mortalidade foi (ou
melhor, fora, de 90 a 96) inferior, embora de maneira pouco significativa;
no mesmo grupo, a duração da febre e da hospitalização fora (ou melhor,
havia sido, de 90 a 96) significativamente menor.

A publicação da pesquisa provocou uma enxurrada de cartas (BMJ, 2002,
324), algumas contestando as estatísticas, outras manifestando uma certa
incompreensão do problema, que é o seguinte: como entender que uma reza possa agir não só sem que o paciente tenha consciência da intercessão pedida (com possível efeito psicológico positivo), mas à distância no tempo?

Como entender, em suma, que uma reza dita em 2000 tenha um efeito
retroativo em alguém que estava doente entre 90 e 96, quando a pesquisa e a reza nem sequer estavam sendo cogitadas?

Uma tentativa de resposta veio em 2003. O "BMJ" (2003, 327) publicou um
interessante e enigmático artigo de Olshansky e Dossey, "History and
Mystery" (história e mistério), em que os dois médicos dão prova de
conhecimentos de física quântica muito acima de minha cabeça. O argumento de fundo é o seguinte: há modelos do espaço-tempo nos quais é possível que haja relações físicas entre o passado e o presente (ou seja, modelos em que o presente pode alterar o passado).

Que o leitor não me peça para explicar como isso aconteceria. As dimensões do "espaço de Calabi-Yan" e os "campos bosônicos", para mim, são tão obscuros quanto os ectoplasmas, os espíritos e os milagres.

Moral da história: embaixo do sol (ou da chuva), deve haver muito mais do
que imaginamos, até porque nossa ciência está longe de ser acabada.

Alguns colegas positivistas talvez durmam mal com esse barulho.

Eu não acredito nas paranormalidades, mas, em geral, durmo melhor ninado
pelo mistério do que pelas certezas.
ccalligari@uol.com.br
*
Colaboração: Riolando Rosa Jr. - São Paulo-SP - Brasil
*
*
***

54 Cidades Visitantes do Blog

*


















Cidades Visitantes do Mês de Novembro 2006

Muito Obrigado!, Muchas Grácias!, Thank You!

Estas são as cidades que nos honraram com sua visita durante o mês de novembro.
Os números que se seguem ao nome são coordenadas GPS.
(GPS=General Positioning System).
Cidades brasileiras e de outros países.
Realmente o Mundo está pequeno!
Existem pessoas que falam o português em muitos países.
Considero cada visitante um professor, que me traz ensinamentos.
A todos que me visitaram, recebam o abraço fraterno,
Leal - ep-leal@uol.com.br
Aprendiz em todas as instâncias da Vida.
*
97 Cidades:
*
Akron|410738|-815373
Algés|387000|-92333
Americana|-227403|-473345
Aracaju|-109167|-370667
Ariquemes|-99333|-630667
Arujá|-234000|-463333
Belém|-14500|-484833
Belo Horizonte|-199167|-439333
Berlin|525167|134000
Biguaçu|-275000|-486667
Blumenau|-269333|-490500
Bom Jesus Dos Perdões|-231333|-464667
Braga|415500|-84333
Brasília|-157833|-479167
Caçapava|-231000|-457167
Caieiras|-233667|-467333
Campina Grande|-72167|-358833
Campinas|-229000|-470833
Campo Grande|-204500|-546167
Campo Magro|-253500|-494500
Campos|-217500|-413000
Canoas|-299333|-511833
Carapicuíba|-235168|-468333
Cuiabá|-155833|-560833
Curitiba|-254167|-492500
Esteio|-298500|-511667
Eugênio De Melo|-231500|-457833
Évora|385667|-79000
Fim De Vila|414833|-86833
Florianópolis|-275833|-485667
Formosa|-155333|-473333
Foz Do Iguaçu|-255500|-545833
Franca|-205333|-474000
Goiânia|-166667|-492668
Guarulhos|-234667|-465333
Guaxupé|-213000|-467000
Humaitá|-75164|-630222
Itapecerica Da Serra|-237167|-468333
Itapura|-206667|-515168
Itaquaquecetuba|-234833|-463500
Itaquera|-235333|-464500
Jangada|-214167|-506833
João Pessoa|-71167|-348667
Joinvile|-263000|-488333
Jundiaí|-231833|-468667
Justinópolis|-198000|-440168
Lapa|-235333|-467000
Lima|-120500|-770500
Lisbon|387167|-91333
Londrina|-233000|-511500
Maceió|-96667|-357167
Manaus|-31133|-600253
Maringá|-234167|-519167
Mauá|-236667|-464500
Mexico|194342|-991386
Natal|-57833|-352167
Nossa Senhora Do Ó|-234833|-467000
Nova Friburgo|-222668|-425333
Nova Lima|-199833|-438500
Novo Hamburgo|-296833|-511333
Oliveira|414833|-84667
Osasco|-235667|-467833
Ourém|396333|-85833
Palmitalzinho|-252167|-497833
Paulista|-79500|-348833
Pedra Azul|-160168|-412668
Petrópolis|-225108|-431844
Planaltina|-156167|-476667
Poços De Caldas|-218000|-465667
Ponta Grossa|-250833|-501500
Porto Alegre|-300333|-512000
Porto|411500|-86167
Recife|-80500|-349000
Remédios|-233333|-460667
Ribeirão Prêto|-211667|-478000
Rio De Janeiro|-229000|-432333
Rio Milheiros|404500|-81667
Rosário|-226833|-432500
Salvador|-129833|-385168
Santa Branca|-234000|-458833
Santa Cruz|-229253|-436881
Santa Isabel|-233167|-462333
Santa Maria|-296833|-538000
Santana De Parnaíba|-234500|-469167
Santo André|-236667|-465168
Santos|-239500|-463333
São Bernardo Do Campo|-237000|-465500
São Caetano Do Sul|-236000|-465667
São José Dos Campos|-231833|-458833
São Leopoldo|-297668|-511500
São Luís|-25168|-442668
São Paulo|-235333|-466167
Sorocaba|-234833|-474500
Taubaté|-230333|-455500
Tucuruvi|-234667|-466167
Uberlândia|-189167|-483000
Vila Velha|-203333|-402833
Vitória|-203167|-403500
Zumbi|-135500|-404167
*
*
***

52 Canção para Jesus

*


















Canção para Jesus

Desejava, Jesus,
Ter um grande armazém
De bondade constante
Maior do que os maiores que conheço
Para entregar sem preço
Às criaturas de qualquer idade
As encomendas de felicidade
Sem perguntar a quem.

Eu desejava ter um braço mágico
Que afagasse os doentes
Sem qualquer distinção
E um lar onde coubesse
Todas as criancinhas
Para que não sentissem solidão.
Desejava, Senhor,
Todo um parque de amor
Com flores que cantassem,
Embalando os pequeninos
Que se encontram no leito
Sem poderem sair,
E uma loja de esperança
Para todas as mães.

Eu queria ter comigo
Uma estrela em cuja luz
Nunca pudesse ver
Os defeitos do próximo
E dispor de uma fonte cristalina
De água suave e doce
que pudesse apagar
Toda palavra que não fosse
Vida e felicidade.

Eu queria plantar
Um jardim de união
Junto de cada moradia
Para que as criaturas se inspirassem
No perfume da paz e da alegria.

Eu queria, Jesus,
Ter os teus olhos
Retratados nos meus
A fim de achar nos outros,
Nos outros que me cercam,
Filhos de Deus
E meus irmãos que devo compreender e respeitar.

Desejava, Senhor, que a benção do Natal
Estivesse entre nós, dia por dia,
E queria ter sido
Uma gota de orvalho
Na noite em que nasceste
A refletir,
Na pequenez de minha condição,
A luz que vinha da canção
Entoada nos Céus:

-"Glória a Deus nas Alturas,
Paz na Terra,
Boa Vontade em tudo, Agora e para sempre!..."

MEIMEI

(Página recebida pelo médium Francisco Cândido Xavier, em reunião pública da Comunhão Espirita Cristã, na noite de 21/setembron4, em Uberaba, Minas).
*
*
***

29 de nov de 2006

54 Ortotanásia

*



















{verbete}
Ortotanásia
Notícia publicada no JFSP29NOV06C6-Cotidiano

=== Dicionário Houaiss
Datação: 1999

Acepções
■ substantivo feminino
1 morte natural, normal
1.1 Derivação: sentido figurado.
boa morte, supositivamente sem sofrimento


Etimologia
ort(o)- + el. -tanásia depreendido de eutanásia; ver tanat(o)-

Sinônimos
ver sinonímia de morte
*
Qual a sua opinião a respeito da nova resolução?
Você pode opinar?
Fraternalmente,
Leal - ep-leal@uol.com.br
Aprendiz em todas as instâncias da Vida.
*
*
***

28 de nov de 2006

54 Bandeiras das Religiões

*

54 Leptospirose

*


















Latinha de Bebida

Morreu Orlando. Brilhante advogado e pai da modelo Daniela Sarahyba,
numa situação absolutamente igual ao que se vem repetindo, com freqüência
dolorosa.

Ele tinha uma casa e uma lancha em Angra. Ao sair na lancha com
amigos, num domingo, levou na geladeira da embarcação latas de cerveja e
refrigerantes.

No dia seguinte, 2a. feira, estava internado numa UTI e morto na 4a. feira. Ele era um atleta, adorava a vida, que a vivia com intensidade. O exame cadavérico atestou leptospirose fulminante contraída na lata de cerveja que ele havia tomado, sem copo e sem canudo, no barco.

O exame das latas atestou que estavam infestadas de urina de ratos,consequentemente de leptóspiras.

MUITO CUIDADO !!! AVISO AOS
CONSUMIDORES DE BEBIDAS EM LATA:

Toda vez que comprar uma lata de refrigerante, tome cuidado de lavar a parte de cima com água corrente e sabão, se possível, use canudo. Aqui em casa, é obrigatório lavar as latas com desinfetantes mesmo as que vão à geladeira.

Uma amiga da família morreu depois de beber uma soda em lata. Provavelmente ela não limpou a parte superior da lata antes de beber, e a lata estava suja com urina de rato seca, que contém substâncias tóxicas e letais, inclusive leptóspiras, causadoras da leptospirose.

Bebidas em lata e outros alimentos enlatados ficam guardados em armazéns que geralmente estão infestados de roedores , e posteriormente são transportados para as lojas de venda sem a devida limpeza.

Complementando: Uma pesquisa do INMETRO confirmou que a tampa da latinha do refrigerante é mais poluída que um banheiro público.

Segundo essa pesquisa, a quantidade de vermes e bactérias era tão intensa que eles sugeriam que se lavasse a tampa da latinha com água e
sabão" .

Dr. Fabio Lopes Olivares Setor de Citologia Vegetal Laboratório
de Biologia Celular e Tecidual (LBCT) Centro de Biociências e Biotecnologia
(CBB) Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF) Av. Alberto Lamego, 2000 - Horto 28015-620 - Campos dos Goytacazes(RJ) Tel: (24) 726.3838 / Tel(fax): (24) 726.3714 Por favor, encaminhe este aviso às pessoas com quem você se preocupa
*
Colaboração: Pedro Ferreira de Abreu - São Paulo-SP - Brasil
*
*
***

54 Alho

*


















O INCONFUNDÍVEL ALHO

Seu indisfarçável aroma e o sabor picante vêm de substâncias que protegem o coração, fortalecem as defesas e ainda podem afastar o câncer.

Com esta lista de fazer inveja a outras hortaliças, o alho é aclamado há pelo menos 4 mil anos, Há inscrições sobre as suas qualidades até nas pirâmides egípcias. Atualmente, cientistas de todo o mundo investigam os seus efeitos. A ciência médica está isolando os 32 componentes ativos para avaliar suas qualidades diz a nutricionista Jocelem Salgado da Universidade de São Paulo. Do outro lado do oceano, pesquisadores israelenses se debruçam sobre um deles especificamente, a alicina. Essa molécula tem poderes antibacterianos revela David Mirelman bioquímico do Instituto de Ciência Weizmann, em Israel que coordena um estudo sobre o código genético do vegetal. O único problema é seu cheiro peculiar.

Quando o alho é triturado seja na boca, seja num pilão, suas enzimas começam a agir. Daí surge a alicina , uma das principais moléculas na mira da ciência.

Como tirar proveito.

Ainda não há consenso sobre a quantidade diária ideal de alho no prato. Os chineses recomendam dois dentes por dia. Conta o israelense David Mirelman. Isso fornece 4 miligramas de alicina. Mas há quem defenda uma porção maior: 20 gramas diários, o que corresponde a nada menos que uns seis dentes. O certo é que o alho deve ser ingerido de preferência cru. Ao ser cozido, substâncias voláteis como a alicina acabam indo embora justifica.


SEUS ANTIOXIDANTES AFASTAM O CÂNCER E O INFARTO!

A boa fama do alho é reforçada por outro de seus componentes , o ajoeno , que representa poderes contra o câncer. Ele reduz os radicais livres e, assim, previne tumores afirma a nutricionista Ana Lúcia Chediac do Hospital Sírio Libanês em São Paulo. O coração também leva vantagem com as porções do alho. Acrescentá-lo no prato diminui o risco de endurecimento das artérias, conta o bioquímico Roberto Burini da Universidade Estadual Paulista, em Botucatú O alho inibe a produção da gordura maléfica no fígado e ainda impede que ela se deposite nas artérias explica a nutricionista Alessandra Macedo do Instituto do Coração em São Paulo Soma-se a isso um efeito vasodilatador, capaz de abaixar a pressão arterial.
Fonte: Revista Saúde.
*
Saiba mais:
http://www.plantaservas.hpg.ig.com.br/arquivos/ervas/alho.htm
*
Colaboração: João Batista Bonani - Taubaté-SP - Brasil
*
*
***

27 de nov de 2006

52 A Bala

*


















A Bala

Ele era um profissional que tinha uma visão extremamente positiva do mundo . Mesmo diante das adversidades do cotidiano lançava um olhar pelo lado positivo da situação.

Segundo seu entendimento, tudo consistia em escolher estar bem ou escolher estar mal... Assim escolhia estar bem. Quando acontecia alguma coisa desagradável , descartava o papel de vítima , escolhia aprender algo com isso, buscando sitonia com o lado positivo da vida .

Certo dia, durante um assalto, foi baleado . Já no pronto-socorro local, a primeira coisa que lhe veio à cabeça era que tinha duas escolhas : podia escolher : viver ou morrer. Escolheu viver.

Levado de maca para a sala de emergência viu que as expressões nos rostos dos médicos e enfermeiras eram de quem tinha em mãos um caso perdido . Nelas ele lia : ‘Ele é um homem morto’. E teve muito medo. Pois sabia que tinha que fazer alguma coisa.

Submetido a uma bateria de perguntas , lhe perguntaram se era alérgico a alguma coisa... ‘Sim’, respondeu. Os médicos e enfermeiras pararam imediatamente, esperando por sua resposta... respirou fundo e respondeu: ‘Balas!’ Enquanto eles riam disse: ‘Eu estou escolhendo viver. Operem como se eu estivesse vivo, não morto.’"

Assim graças à experiência e habilidade dos médicos, mas também por causa de sua atitude, acabou por ter sucesso na operação , restabelecendo-se plenamente .

A todo instante temos que escolher viver a vida com todas as suas possibilidades e riscos inerentes .

Bom dia . Um abraço cheio de luz para você .

Colaboração: Mario Leal Filho - São Paulo-SP - Brasil
*
*
***

24 de nov de 2006

52 Muito Obrigado, Thank You

*


















Muito Obrigado, Thank You


Alemanha
Angola
Austrália
Brasil
Chile
Dinamarca
Espanha
Estados Unidos
Estônia
Guatemala
Havaí
Israel
Japão
Moçambique
Peru
Portugal
Reino Unido
Suíça
Turquia

Visitantes, Visitors

Esta é uma lista parcial dos países que já nos honraram com suas presenças no blog.

Muitos outros países já nos visitaram, mas a informação foi perdida. Peço desculpas.

Uma gota no oceano, mas entendo que esta é nossa, de todos nós, partícipes do processo, contribuição para a Paz Mundial.

Nossas diferenças: idiomáticas, religiosas, cor da pele, traços genéticos, não compromete nosso direito de usufruir a presente encarnação na superfície deste Planeta Abençoado, que nos foi concedido por moradia pela infinita Bondade Divina.

Que haja Tranqüilidade, Harmonia e Paz pelo exercício da Boa Vontade entre todos nós.

Fraternalmente,
Leal - ep-leal@uol.com.br
Aprendiz em todas as instâncias da Vida.
*
*
***

23 de nov de 2006

52 Filosofando...

*


















Jorge Angel Livraga
Filósofo

 O Homem tem o tamanho daquilo que se atreve a fazer.

 O Homem é senhor daquilo que cala e escravo daquilo que diz.

 O heroísmo consiste em lutar nem sempre com armas inteiras, mas às vezes com armas quebradas.

 O maior poder acessível ao ser humano é o poder sobre si próprio: o poder moral.

 O Homem não é uma mancha de azeite sem brilho, mas uma tocha acesa que arde em meio à escuridão.

 Não há impossíveis, apenas impossibilitados.

 Nunca estão sós aqueles que estão acompanhados de grandes pensamentos.

 O verdadeiro idealista é aquele Homem cuja envergadura não é dada pela sua estatura física, mas sim pela dimensão de seus sonhos.

 Não são os homens fracos que fazem a História; normalmente, nem sequer conseguem lê-la.

 O valente morre uma vez; o covarde, mil vezes.

 A paciência é uma forma de fé.

 Cultivai essa divina loucura de buscar os altos ideais. Sê nauta celeste nos mares do amor.

 Quanto mais damos, mais temos; quanto mais amamos, mais nos amam.

 Nunca te arrependerás de ser puro.
*
Fonte, opúsculo: Pensamentos de Grandes Filósofos
*
*
***

52 Lágrima

*

52 Injustiça

*

52 Forte General

*

54 O Poder das Algas

*



















O Poder das Algas

Ricas em vitaminas, minerais e proteínas, elas equilibram o organismo regulando as taxas de colesterol, a pressão arterial, a circulação sangüínea, dão mais disposição e ainda ajudam a emagrecer

Você sabia que seu corpo agradeceria se você introduzisse algas marinhas na sua alimentação diária?
Elas são tão ricas nutricionalmente (possuem sais minerais, oligoelementos, vitaminas e proteínas) que equilibram o organismo. "As algas contêm ferro,
magnésio, cálcio (importante para a estrura óssea), fósforo, potássio, zinco (necessário para a correta secreção e assimilação da insulina), iodo (substância importante na síntese dos hormônios tireoidianos), vitaminas (de A a K), com destaque para a B12, já que é a única fonte do reino vegetal a fornecer essa vitamina tão importante para a formação dos glóbulos vermelhos", explica o endocrinologista Jair Orifice.

Elas também são ricas em protovitamina A (fundamental para o rejuvenescimento), ácido linoleico e alfa-linoleico (protegem a pele e a mucosa contra os radicais livres e o envelhecimento), ácido algênico (contribui para a eliminação de metais pesados como arsênico, chumbo e mercúrio), são abundantes em fibras, não têm gordura e ainda funcionam como ótima mucilagem (quando hidratadas no estômago pelo suco gástrico aumentam de volume dando sensação de saciedade). Para completar, as algas trazem na sua composição fenilalanina, aminoácido que suprime o estimulo nervoso do apetite no cérebro, sendo assim uma ótima coadjuvante no processo de emagrecimento.

Além disso essas "plantinhas" do mar são fontes de proteínas vegetais inigualáveis, contêm todos os aminoácidos essenciais ao nosso organismo em uma proporção adequada e apresentam um coeficiente de digestibilidade de 95% (o da carne é 20% e da soja, 35%).

Os nutrientes das algas marinhas agem como catalizadores equilibrando os sistemas circulatório, nervoso e endócrino, além de possuir ação antibiótica.
Estudos comprovaram a ação das algas na redução do colesterol e na prevenção da arteriosclerose e hipertensão. E não é só. "Elas armazenam energia luminosa (biofitons) que é transmitidas às células de quem as ingere proporcionando uma sensação de vitalidade e bem-estar", garante o médico.

Verde, marrom e vermelha

Contudo, dos mais de 300 mil tipos de algas marinhas, apenas 22 mil são conhecidas e catalogadas e destas somente 50 são consideradas úteis para a medicina e a nutrição humana. "Elas se dividem em três grupos: marrons (feoficeas), verdes (cloroficeas) e vermelhas (rodoficeas)", ensina a pesquisadora Guiomar Contreras, que é ficologista (especialista em algas).
Embora as algas verdes sejam as mais facilmente encontradas para consumo no Brasil, sobretudo em lojas que vendem alimentos e ingredientes para a culinária japonesa, são as algas vermelhas as mais ricas do ponto de vista nutricional. "Algumas espécies, como as Glacilárias, contêm todas as vitaminas de que necessitamos e proteínas de elevado valor biológico", afirma a especialista.

Essas "riquezas do mar" podem ser adquiridas frescas, desidratradas, em cápsulas ou comprimidos. "É importante consultar um médico antes de começar a consumir algas marinhas, pois como elas são ricas em iodo e sódio, são contra-indicadas nos casos de hipertireoidismo e hipertensão arterial respectivamente. Nesse caso, pode ser mais indicado o consumo de algas de água doce, como a Espirulina", aconselha o médico.

Fibras solúveis e insolúveis

Todas as algas contêm boa quantidade de fibras solúveis e insolúveis. As primeiras apresentam efeitos hipocolesterolêmicos e hipoglicêmicos por estarem associadas ao metabolismo dos lipídeos e carbohidratos. As insolúveis estão ligadas à diminuição do tempo do trânsito no trato gástrico e à melhor digestão. Porém, somente algumas espécies de algas vermelhas e marrons são industrializadas na forma de um concentrado de fibras. No Brasil, se encontram mais facilmente as espécies Nori (vermelha) Wakami (marrom) e Kombu (verde). Já as Glacilárias são comercializadas pela empresa Seasweet (sigla em inglês), na forma desidratada, in natura e em
cápsulas.
*

 Alimentos Fornecedores de Energia:
*) Arroz
*) Pão
*) Pastas
*) Outros...


 Alimentos Fornecedores de Proteínas e Gorduras:
*) Carne
*) Peixe
*) Ovos
*) Soja
*) Outros...

 Alimentos Fornecedores de Vitaminas, Minerais e Fibras:
*) Verduras
*) Legumes
*) Cogumelos
*) Algas Marinhas,
*) Outros...

Autoria: Isabel Taranto
Colaboração: Ubirajara Idoeta Cará - São Paulo-SP - Brasil
*
*
***

22 de nov de 2006

54 Memória, Use-a!

*


















Memória, Use-a!

E o melhor remédio para a memória é...

Mais livros, mais internet, mais jornais, mais informação - e
parece que a memória dá conta de cada vez menos.

 O que fazer para lembrar mais e esquecer menos?
 Como ter mais sinapses no cérebro, aquelas conexões entre os neurônios, base para a memória?
 Existe algum remédio para a memória?

Todas essas perguntas são perfeitamente naturais - e têm respostas inusitadas. Para começar: você não quer ter mais sinapses no cérebro, e sim boas sinapses.

Manter as sinapses certas é uma combinação de aprendizado e experiência constante, e a eliminação do excesso de sinapses dos primeiros anos de vida faz parte do desenvolvimento normal do cérebro. Quando ela falha, o número excessivo de sinapses é associado a retardo mental.

Memória demais também é um problema.

Lembro-me disso toda vez que chego no fim da tarde ao estacionamento, onde cerca de cem carros trocam de vaga todos os dias, e fico feliz por minha memória não ser perfeita. Graças à seletividade da memória, que armazena apenas algumas informações e apaga as outras, eu não procuro meu carro hoje na vaga de ontem.

Não sei de cor uma lista de números de telefone hoje inúteis dos quais um dia precisei, nem me atrapalho hoje com a lembrança dos trunfos das partidas de cartas de ontem. Esquecer é parte integral do bom funcionamento da memória, assim como nem chegar a registrar a maior parte do que acontece ao nosso redor.

Só não ficamos constantemente assoberbados com tanta informação sensorial - e nem é preciso internet para isso- graças ao filtro poderoso da atenção, que concentra todo o poder operacional do cérebro sobre uma coisa só a cada momento.

Por outro lado, claro que é importante encontrar a informação de que você precisa, e, de preferência, quando você precisa, nos seus registros cerebrais.

Há rios de dinheiro investidos em procurar drogas que facilitem a memória, mas, ao menos até agora, todas as candidatas têm efeitos colaterais indesejáveis, e nada funciona muito melhor do que a dobradinha café e nicotina - que obviamente tem seus problemas.

Mesmo com todos os avanços da neurociência, ou, na verdade, graças a eles, a melhor maneira de poupar seu estômago, coração e pulmões e ter uma boa memória ainda é... usar a memória.

Diferentemente de um computador ou de qualquer disco rígido, nosso cérebro reescreve sua história e suas memórias a cada vez que elas são acessadas. E, o que é mais importante, quanto mais é usado, melhor ele fica.

Suzana Herculano-Houzel, neurocientista, é professora da UFRJ e autora de "Sexo, Drogas, Rock'n'Roll & Chocolate" e de "O Cérebro Nosso de Cada Dia" ed. Vieira & Lent)
*
Fonte: Jornal Folha de São Paulo, Folha Equilíbrio, 26out06, pág.9
*
*
***

21 de nov de 2006

52 Filosofia é...

*



















O que é filosofia?

Autora: Dora Incontri

O que é filosofia?
Perguntam todos perplexos.
Será um monte de livros,
Com discursos desconexos?

Será um bicho difícil,
que pode nos devorar,
se não formos muito espertos,
para a resposta encontrar?

Na filosofia mesmo,
nada deve ser complexo,
podemos fazê-la fácil,
numa lógica com nexo.

Filosofia é uma forma
de perguntar as questões,
que mais afligem o homem,
que mais nos dão comichões.

É perguntar sobre a vida
querer saber sobre a morte,
é um olhar para o universo
é um indagar sobre a sorte…

Filosofia faz parte
da vida de cada dia
porque pergunta os porquês
que a nossa razão afia.

Filósofo é qualquer um
que pára à beira da estrada
para pensar sobre as coisas
e ver que não sabe nada.

Filósofo deve ser
quem não quiser vegetar,
passando a vida sem rumo
sem um sentido encontrar.

Portanto filosofemos,
buscando sabedoria,
pois num bom filosofar,
teremos mais harmonia.
*
Colaboração: Irenita Foster - São Paulo-SP - Brasil
*
Saiba mais sobre Dora Incontri

 A Educação Espírita
 A Pedagogia Espírita
 Como se define uma Poesia Espírita ?
 Ensino Religioso sem Proselitismo. É Possível?
 Os Mestres antecessores de Kardec
 Uma Escola de Outro Planeta
*
*
***

52 Blaise Pascal

*


















Blaise Pascal

De: Luciano
Para: Leal
Data: 21/11/2006 15:34
Assunto: Blaise Pascal e Deus

Um de seus pensamentos:

"Se Deus não existir, alguém não perderá nada acreditando nele; enquanto se Ele de fato existir, alguém perderá tudo por não acreditar".

Óbvio, mas necessário, não é?!
[].
Luciano de Almeida Peruci
luciano.peruci@dcx.com
*
*
***

52 René Descartes

*



















René Descartes

De: luciano.peruci@dcx.com
Para: ep-leal@uol.com.br
Data: 21/11/2006 15:26
Assunto: Re: 20061121blog_filosofos.jpg

Olá, Leal!
Boa tarde!

Obrigado pelos seus incentivos constantes!

Eu gostaria de apresentar/ reforçar uma sugestão de leitura: "O discurso do método" do filósofo, professor e matemático René Descartes.

É que eu tive conhecimento de sua existência há pelo menos 10 anos, mas só agora decidi ler esta obra (apenas os tomos filosóficos). É muito interessante a parte onde o mesmo cita seu "Cogito ergo sum" e deduz racionalmente, em seguida, a existência de Deus, sua ausência de qualquer defeito (ou seja, sua perfeição) e nossa natureza dependente da divina, como única forma de avançarmos pelo conhecimento.

Dois séculos antes de Kardec, Descartes já trazia muitas idéias usadas na codificação - e que podem ser percebidas por todos aqueles que tiveram acesso aos pilares da doutrina. É claro que mesmo Platão vislumbrava o mundo espiritual - por que não? - através de seu Mito da Caverna, mostrando que os nossos "viciados" sentidos deturpam a noção de realidade.

Aristóteles defendia algo metafísico, transcendente, dizendo que o mundo das imagens é parte pessoal de uma VERDADE MAIOR, perfeita.

Excetuando os dois últimos, entretanto, Descartes alinha-se à ciência e não apenas discursa filosóficamente, mas PROVA racionalmente aqueles assuntos que citei.

Há versões de bolso de "O Discurso..." e em português (custando R$ 7,00) e mesmo na NET encontram-se suas obras em diversos idiomas.

Vale muito a pena.

Nota: Giordano Bruno antecipou-se a Renato Cartesius (nome latinizado de Descartes) ao "trabalhar colocando todas as coisas em dúvida", além de criticar "o bom-senso" que a priori não serve ao método científico moderno.

Luciano de Almeida Peruci
luciano.peruci@dcx.com
*
*
***

52 Filósofos e Pensadores

*



















Filósofos/pensadores

Albert Einstein
Aristóteles
Averróis
Blaise Pascal
Carl Gustav Jung
Catão
Cícero
Confúcio
Dalai Lama
Delia Steinberg Gusmán
Diógenes
Epicuro
Epíteto
Fernando Pessoa
Helena Petrovna Blavatsky
Heráclito
Hermes Tremegisto
Homero
Jorge Angel Livraga
Júlio César
Leônidas
Licurgo
Machado de Assis
Mahabharata
Marco Aurélio
Molière
Montaigne
Otávio Augusto
Peter Treeft
Pitágoras
Platão
Poincaré
René Descartes
Saint-Exupery
Sêneca
Seraphis de Alexandria
Sócrates
Voltaire
*
Certamente que esta lista é incompleta.
Você pode ajudar?
Quais outros nomes você incluiria?
Muito obrigado por participar.
Fraternalmente,
Leal - ep-leal@uol.com.br
Aprendiz em todas as instâncias da Vida.
*
*
***

52 Pai Joaquim de Aruanda

*


















CENTRO DE UMBANDA PAI JOAQUIM DE ARUANDA

Conheça: br.geocities.com/paijoaquidearuanda/

De: Maisa Intelisano - Yahoo
Para: ep-leal@uol.com.br
Data: 14/11/2006 15:23
Assunto: Pai Joaquim de Aruanda

Pessoal, esse trabalho com o Pai Joaquim eu vi nascer e ajudei a divulgar e desenvolver. Posso garantir que vale a pena conhecer.

Abraço

Maísa Intelisano
www.stum.com.br/maisaintelisano
*
*
***

52 Trios Importantes

*



















TRIOS IMPORTANTES

Três verbos existem que, bem conjugados, serão lâmpadas luminosas em nosso caminho:
 Aprender
 Servir
 Cooperar

Três atitudes exigem muita atenção:
 Analisar
 Reprovar
 Reclamar

Três normas de conduta que jamais nos arrependeremos:
 Auxiliar com a intenção do bem.
 Silenciar.
 Pronunciar frases de bondade e estímulo.

Três diretrizes manter-nos-ão, invariavelmente, em rumo certo:
 Ajudar sem distinção.
 Esquecer todo mal.
 Trabalhar sempre.

Três posições que devemos evitar em todas as circunstâncias:
 Maldizer.
 Condenar.
 Destruir.

Três valores que possuímos, pois, depois de perdidos, jamais serão recuperados:
 A hora que passa.
 A oportunidade de elevação.
 A palavra falada.

Três programas sublimes se desdobram à nossa frente, revelando-nos a glória da Vida Superior:
 Amor.
 Humildade.
 Bom Ânimo.

Três regras abençoadas de salvação. Que o Senhor nos ajude, pois, em nossas necessidades, a seguir sempre:
 Corrigir em nós o que nos desagrada em outras pessoas.
 Amparar-nos mutuamente.
 Amar-nos uns aos outros.

Espírito: André Luiz
De “Nosso Livro”, de Francisco Cândido Xavier – Espíritos diversos
*
Colaboração: Marly Grossi - São Paulo-SP - Brasil
*
*
***

52 História do Bordado

*


















História do bordado

O ponto cruz vem de épocas muito antigas...

Aproximadamente 500 DC. Espalhou-se pela Europa, Ásia e Estados Unidos, principalmente na Inglaterra, onde foram encontrados os primeiros trabalhos, em 1598.

Naquele tempo, o ponto cruz era para as mulheres a única escola que lhes permitiu aprender junto a técnica dessa delicada arte: Letras do alfabeto, borboletas, flores, casas, bordas floridas e as famososas amostras (samplers - na língua Inglesa).

Nos motivos, apareciam a assinatura de quem realizava o trabalho, a data e as vezes a idade da bordadeira. Um exemplo de uma coleção do século XIX, um sampler (amostra) de uma garota chamada Elizabeth Jacobs de Long-Stowe (Inglaterra) feito em 1880.

Desde a Idade Média até os dias atuais o prestígio do ponto cruz nunca diminuiu. Os motivos ganharam novas inspirações e muita vitalidade, levando os trabalhos às possibilidades de enriquecer a decoração, dar ares a criatividade e também valorizar a habilidade manual. A técnica para fazer o ponto cruz é simples e proporciona uma atividade relaxante, que não sobrecarrega a mente.

Enquanto trabalhamos com o ponto cruz podemos ouvir música, conversar, etc. É possível interromper um trabalho e retorná-lo após meses, com o mesmo prazer de antes.
*
Fonte: http://tudodepontocruz.blogspot.com/
*
*
***

18 de nov de 2006

52 Jesus, o Cristo

*

54 Cãimbra

*




















Cãimbra pode ser termômetro de doenças

Raras são as pessoas que nunca tiveram uma cãibra. A sensação de que um dos músculos do corpo está "re-puxando'; acompanhada de uma forte dor que pode durar alguns segundos ou até minutos e depois desaparecer é muito comum. O que não se conhece tanto são as causas das cãibras, que têm origens das mais variadas. Desde a perda de sódio, cálcio ou potássio, repostos facilmente com alimentos a base destes minerais, até doenças mais graves, como diabetes, esclerose múltipla e tétano. A cãibra pode ser ainda um efeito colateral de medicamentos.

A reumatologista Elaine de Azevedo, membro do Ambulatório de Doenças Osteometabólicas do Serviço de Reumatologia do HSPE, explica que "cãibras são contrações súbitas, breves e dolorosas de um músculo ou grupo muscular, caracterizadas por espasmos musculares involuntários que ocorrem com mais freqüência durante ou após atividades físicas” Os músculos das pernas e abdominais são mais afetados.

A crença popular de que comer banana reduz as cãibras é verdadeira, mas em parte. Ela vale para aquelas pessoas saudáveis, que têm cãibras decorrentes da perda de minerais pelo excesso de exercícios físicos. "Se uma
pessoa está com cãibras devido a uma doença mais séria precisa controlar causas”, alerta Elaine.

Existem várias teorias sobre as causas de cãibras: metabólica (liberação de ácido lático por excesso de exercícios); ambiental (cãibras por frio excessivo ou por elevação da temperatura do corpo) e da desidratação (devido à perda de água no organismo). Estudos demonstram que a deficiência de sódio parece ser o principal fator desencadeador das cãibras. Este mineral tem grande importância na iniciação dos sinais dos nervos e ações que levam a movimentos musculares.

Desta forma, a diminuição da concentração pode aumentar a sensibilidade muscular e, sob condições de perda excessiva de suor, uma tensão muscular seguida de movimento pode fazer com que o músculo se contraia involuntariamente. Se a reposição do mineral não ocorrer, instala-se deficiência progressiva e significativa de sódio e água, provocando a hiper-irritabilidade de algumas terminações nervosas que podem proporcionar as contrações espontâneas dos músculos. Existem ainda as teorias de deficiências de potássio e cálcio, outros dois minerais repostos com a alimentação.

Algumas condições médicas também podem causar cãibras, como a diálise ou doenças renais; desordens endócrinas, como hiper ou hipotiroiditmo, diabetes ou baixa taxa de açúcar {hipoglicemia);exposição a toxinas, como tétano, veneno de viúva-negra (aranha); e doenças de músculos e nervos, como esclerose múltipla, esclerose lateral amiotrófica (ALS), compressão na raiz do nervo, lesõés nervosas, poliomelite; doenças do fígado (cirrose).

"Os pacientes que estão sob tratamento com remédios e apresentam muitas cãibras precisam comunicar os sintomas ao médico”, recomenda.

Entre os medicamentos que pbdem causar as contrações estão: diuréticos (para hipertensão); anti-psicóticos, como chlorpromazine ou haloperido; antieméticos (vômitos e náuseas), como prochlorperazine ou promethazine; estrógenos; álcool; nifedipina; lítio; agonistas Beta2 (para asma), como terbutaline ou albuterol; e Clofibrato. Cãibras podem ocorrer quando o tratamento com esteróideis ou opiáceos é interrompido.

O alongamento é recomendável para prevenção e controle das cãibras.
Massagens e uso de bolsas de água quente na hora da cãibra também ajudam.
*
Autora: Dra. Elaine de Azevedo
Fonte: boletim Viva Iamspe! - página 13
*
*
***

52 Nossas Opções

*


















Nossas Opções!

Existe sempre alguém pensando!
Fantástica a idéia transmitida pelo artista.
*
Interessante que somos, inidivdualmente, os únicos responsáveis pelas opções que fazemos...
Não dá para reclamar!!!
*
Reclamações?
Por favor, dirija-se ao espelho mais próximo...
*
Fraternalmente,
Leal - ep-leal@uol.com.br
Aprendiz em todas as instâncias da Vida.
*
*
***

17 de nov de 2006

52 Consciência Negra

*




















20 de Novembro - Dia da Consciência Negra

Pesquisa: Simoneuza Oliveira / Psicopedagoga
Fonte:
http://www.colegioantares.com.br/saibamais/consciencianegra.htm
*
A cada ano, o dia 20 de novembro se consolida como uma data de grande significado no calendário histórico nacional. A memória de Zumbi dos Palmares reafirma-se no panteão dos heróis que escreveram, com a própria vida, a história do povo brasileiro, na luta por ideais grandiosos, tais como igualdade e justiça social. O Quilombo dos Palmares é um dos principais símbolos da resistência negra na época da escravidão, também conhecido por Angola Janga, que significa Angola Pequena. Localizava-se na Serra da Barriga, atual Estado de Alagoas, local de grandes plantações de cana-de-açúcar.

Durante cem anos (1595-1695), Palmares constituiu um foco de resistência aos ataques da Coroa, conseguindo também ter uma vida social extremamente organizada, chegando a contar, em 1640, segundo os holandeses, quase dez mil quilombolas. Era de interesse dos grandes proprietários de terra aniquilar Palmares, para tentar recuperar escravos e para evitar que, tendo Palmares como referência, os escravos tivessem maior motivação para a fuga. Para Zumbi, o mais importante não era viver livre, mas libertar todos os negros ainda escravos. Em função da sua expressão histórica e da resistência que representa, o dia 20 de novembro, dia da morte de Zumbi dos Palmares, foi adotado pelo Movimento Negro Brasileiro como o Dia Nacional da Consciência Negra, data que é celebrada em todo o país.

Se prestarmos atenção às pessoas que estão ao nosso redor, veremos que muitas têm avós italianos, pais árabes, origem espanhola, alemã ou portuguesa. Mais claramente, veremos uma grande maioria de crianças ou adultos com traços fisionômicos que evidenciam sua origem negra. O negro é talvez o elemento que maior contribuição trouxe à formação da cultura brasileira. Nos porões dos navios negreiros, já vinham os germes do samba, do frevo, do candomblé, do carnaval, do culto à Iemanjá, do sabor quente e forte de nossa comida, além de crenças e hábitos os quais nos acostumamos tanto, que nem paramos para pensar de onde vêm. Mas hoje, 113 anos depois de outorgada a abolição da escravatura, ainda podemos acompanhar a luta das ONGs com a questão racial para mudar a imagem social do negro no País.

A cultura negra sempre esteve atrelada à escravidão e ao preconceito. A maioria das pessoas acredita que existe um racismo silencioso, pois muitas delas preferem não falar sobre o assunto. "O racismo explícito, pelo menos no meio urbano, vai se enfraquecendo, principalmente por conta da consciência crescente de que é prática criminosa. Mas o preconceito (que é o racismo subterrâneo) continua. E é fomentado, principalmente, pelas novelas da Rede Globo, que são um veículo muito poderoso", comenta Nei Lopes, compositor e um dos maiores estudiosos de história do povo negro no Brasil.

O preconceito racial é sempre adquirido através da aprendizagem. Em geral, a pessoa é levada desde criança a ter idéias e atitudes preconceituosas, por viverem numa sociedade em que predominam valores racistas. "A sociedade brasileira põe na nossa cabeça - veja os negros sempre fazendo papel de subalternos nas novelas - que nós somos inferiores, porque nossos antepassados foram escravos e os dos donos do poder foram senhores. Prevenir isso só através da Educação Fundamental, com uma revisão completa da História, e por meio de ações governamentais afirmativas", diz Nei Lopes.

Apesar do mito da democracia racial, os índices de desigualdade econômica e social entre negros e brancos demonstram o grau de racismo existente no País. A realidade contemporânea reflete estereótipos do tempo da escravidão, com o negro continuando a viver à margem da sociedade. Ainda segundo Nei Lopes, há razões históricas para isso: " A Abolição foi feita de qualquer maneira e não teve medidas que a complementasse. A sociedade de então optou claramente por branquear a nação pela imigração européia e jogou os recém libertos, literalmente, no lixo. Sob o ponto de vista histórico, o racismo serviu freqüentemente para justificar a dominação e a exploração de um grupo por outro. Hoje, quase metade da população do País é negra, mestiça ou parda, não tendo realizado o sonho das elites brasileiras com a vinda dos imigrantes europeus.
*
Saiba mais, consulte o site abaixo:
*
http://www.crmariocovas.sp.gov.br/grp_l.php?t=007
Tópicos cobertos:
*
A abolição à brasileira...
A anti-comemoração da abolição
A mulher trabalhadora é o negro de saias
Abolição da escravatura
África negra (colonização, escravidão e independência)
Campanha abolicionista
Centro Nacional de Informação e Referência da Cultura Negra
Convenção relativa à escravatura
Diversidade cultural e fracasso escolar
Documentos da Organização Internacional do Trabalho - OIT
Educação e diversidade cultural
Educação não tem cor
Escravidão negra
O Brasil Negro
O racismo na sociedade brasileira
O senado e a abolição da escravatura
Por que os heróis nunca são negros?
Portal Palmares
Racismo made in Brazil
Racismo nas escolas
Racismo no Brasil
Religião e cultura negra
Uma história do povo Kalunga
Zumbi
*
*
***

12 de nov de 2006

54 Tendências 10

*

52 Encontro Espírita

*



















IX ENCONTRO PARA ESTUDOS DA CIÊNCIA ESPÍRITA

*
INSCRIÇÕES E MAIORES INFORMAÇÕES
SEEAK (Sociedade de Estudos Espíritas Allan Kardec)
Telefones: (035) 3722-3545 com Fernanda ou Irene
Ou pelo E-mail shambala@pcs.matrix.com.br
*

De: clareon@uol.com.br // Alvaro Basile Portughesi
Para: ep-leal@uol.com.br
Data: 08/11/2006 08:41
Assunto: Grande Evento de Poços de Caldas

Poços de Caldas – Minas Gerais
17, 18 e 19 de Novembro de 2006
Um dos maiores eventos espíritas do Brasil

Palestrantes:

☐ Alamar Régis
☐ Alvaro Balise Portuguesi
☐ Clayton Levy
☐ Fabiana Martins Guimarães
☐ Francisco do Espírito Santo Neto
☐ Isabel Saraiva
☐ Izaias Claro
☐ José Medrado
☐ Kau Mascarenhas
☐ Marilusa Vasconcellos
☐ Romário Araújo Melo
☐ Wanderley Soares de Oliveira
*
Amigos internautas,
Publico a importante notícia do evento de Poços de Caldas.
Compareça, colabore e ajude na divulgação.
*
Lembre-se:
“Mensagens de Amor não tem contra-indicação!”
Fraternalmente,
Leal - ep-leal@uol.com.br
Aprendiz em todas as instâncias da Vida.
Taubaté-SP

*
*
***

11 de nov de 2006

52 Pausa para Estudar!

*


















Pausa para Estudar!

Queridos amigos visitantes deste blog.

Há dias que não tenho alimentado o blog com novas mensagens, mas isto se deve ao fato de eu estar cursando o CorelDraw em São Paulo.

Deixo registrado:
10 para o instrutor;
10 para o conteúdo programático;
10 para a Escola, estrutura e organização;
10 para meus colegas de turma;
10 para o Plano Espiritual que me Ampara;
10 para o Plano Espiritual que nos Ampara a todos.

Muito obrigado!
Até breve!
Fraternalmente,
Leal - ep-leal@uol.com.br
Aprendiz em todas as instâncias da Vida.
Taubaté-SP
*
*
***

5 de nov de 2006

52 Melancolia

*


















Melancolia

Fonte, livro:
O Evangelho Segundo o Espiritismo
Capítulo V - Bem-aventurados os aflitos

A melancolia

25. Sabeis por que, às vezes, uma vaga tristeza se apodera dos vossos corações e vos leva a considerar amarga a vida? E que vosso Espírito, aspirando à felicidade e à liberdade, se esgota, jungido ao corpo que lhe serve de prisão, em vãos esforços para sair dele. Reconhecendo inúteis esses esforços, cai no desânimo e, como o corpo lhe sofre a influência, toma-vos a lassidão, o abatimento, uma espécie de apatia, e vos julgais infelizes. Crede-me, resisti com energia a essas impressões que vos enfraquecem a vontade. São inatas no espírito de todos os homens as aspirações por uma vida melhor; mas, não as busqueis neste mundo e, agora, quando Deus vos envia os Espíritos que lhe pertencem, para vos instruírem acerca da felicidade que Ele vos reserva, aguardai pacientemente o anjo da libertação, para vos ajudar a romper os liames que vos mantêm cativo o Espírito. Lembrai-vos de que, durante o vosso degredo na Terra, tendes de desempenhar uma missão de que não suspeitais, quer dedicando-vos à vossa família, quer cumprindo as diversas obrigações que Deus vos confiou. Se, no curso desse degredo-provação, exonerando-vos dos vossos encargos, sobre vós desabarem os cuidados, as inquietações e tribulações, sede fortes e corajosos para os suportar. Afrontai-os resolutos. Duram pouco e vos conduzirão à companhia dos amigos por quem chorais e que, jubilosos por ver-vos de novo entre eles, vos estenderão os braços, a fim de guiar-vos a uma região inacessível às aflições da Terra.
François de Genève. (Bordéus.)
*
*
***

52 Ciência Viva

*

















Ciência Viva

http://www.cienciaviva.pt/home/

Conheça o site.
Muito interessante, pois trata especificamente da Ciência e está voltado para as escolas.

Ciência Viva - Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica
Morada:
Agência Ciência Viva
Rua do Pólo Sul, Lote 1.01.1.1, 3º A
1990-273 Lisboa - Portugal
Telefone:
(+351) 21 898 50 20
Fax:
(+351) 21 898 50 55
*
*
***

50 Amizade

*


















Amizade


"A amizade é a corda que amarra o coração de todo o mundo."
--John Evelyn

"Nenhum homem é inútil enquanto ele tem um amigo."
--Robert Louis Stevenson

"Um amigo verdadeiro é alguém que está lá para você quando ele preferiria estar em algum outro lugar."
--Len Wein

"Bons amigos são bons para sua saúde."
--Irwin Sarason

"Um verdadeiro amigo é aquele que ignora as suas falhas e tolera o seus sucessos!"
--Doug Larson

"Amizade consiste em esquecer o que se dá e lembrar o que se recebe."
--Alexandre Dumas, o moço (1824-1895)

"Se você quer ganhar um homem para a sua causa, primeiro convença-o de que você é seu amigo sincero."
--Abraham Lincoln

"Oposição é amizade verdadeira."
--William Blake

"Você consegue fazer mais amigos em dois meses se tornando realmente interessado pelas outras pessoas do que você consegue em dois anos tentando obter pessoas interessadas por você."
--Dale Carnegie

"Quando um amigo está em uma situação difícil, não o aborreça perguntando se há algo que você possa fazer. Pense em algo apropriado e faça."
--Edgar Watson Howe

"Eu escolho meus amigos por sua boa aparência, meus conhecidos por seu bom caráter, e meus inimigos por seu bom intelecto. Um homem não pode ser tão cuidadoso na escolha de seus inimigos."
--Oscar Wilde, em The Picture of Dorian Gray

"A amizade consigo mesmo é crucial, porque sem ela não se pode ser amigo de ninguém mais no mundo."
--Eleanor Roosevelt

Fonte: http://www.ociocriativo.com.br/
*
Dedico estas frases a cada um dos visitantes deste blog.
Certamente que todos nós estamos num processo contínuo de aprendizado, e, precisamos reconhecer que muitos dos que nos antecederam deixaram um legado precioso para as gerações do presente. Aos autores das frases, meus agradecimentos.
Fraternalmente,
Leal - ep-leal@uol.com.br
Aprendiz em todas as instâncias da Vida.

*
*
***

2 de nov de 2006

52 Compreensão Humana

*


















Compreensão Humana

A porta de entrada para a compreensão humana é sempre aquilo que lhe fala mais de perto à sua realidade presente. De nada adianta falar aos homens daquilo que não faz parte de sua vivência de sua história recente.
A mente humana terráquea trabalha de acordo com o que é capaz de registrar e reconhecer em seus próprios arquivos. Assim sendo, a melhor forma de alcançar um grupo de mentes sintonizadas entre si é sempre perguntar-lhes o padrão de emissão mental, de modo a sincronizar idéias e imagens.
Quando uma mente emite um pensamento, imediatamente uma imagem correlata é formada e passa a fazer parte do mundo mental da criatura que o criou.
O conjunto dessas imagens forma um arquivo mental que desenvolve de certa forma, atividade própria, influenciando não só a criatura que o desenvolveu como todos aqueles que dele se abrirem com qualquer tipo de interesse.
A maioria das criaturas humanas da Terra cria e recria esse arquivo inconscientemente, acumulando muitas coisas desnecessárias e até nocivas ao bem estar espiritual. No entanto, qualquer um de vós pode trabalhar nesse arquivo de forma consciente e ativa de modo a criar imagens que melhor convêm ao objetivo almejado. Isso, de certa maneira assemelha-se ao que conheceis como vontade e pensamento positivo, mas muito mais do que isto é o uso mais amplo das vossas capacidades mentais, direcionando as energias que se originam em vossas mentes e partem para além de vós e da vossa percepção.
Deste modo, se quereis obter determinado resultado deveis direcionar o vosso pensamento para ele procurando abranger todos os seus pontos relativos, analisando suas entrelinhas, invadindo mesmo o seu lado aparentemente mais racional. A vossa razão, no modo como vos acostumais a utiliza-Ia, limita o vosso campo de ação mental e, com isso, bloqueia as vossas capacidades sensoriais, deixando-vos à mercê do que chamais de concreto. Expandir a razão é muito mais do que abrir a mente a idéias novas. É executar o raciocínio no sentido de que ele vos obedeça e possa ser conduzido quando vós assim o desejardes. É treinar o pensamento para que ele se condicione a buscar sempre todos os ângulos possíveis de cada questão. É agir sobre a mentalização de cada situação de forma que a vossa energia mental criadora possa ser utilizada em beneficio de vossos objetivos. A energia que emana de vosso cérebro é de natureza plástica e tem a capacidade de modelar acontecimentos e criar condições para a realização de vossos intentos.
Sabedoria, portanto, não é apenas conhecer esse potencial, mas aprender a usá-lo de forma positiva ao vosso redor e além de vós, propiciando ensejo para que outras mentes de mesmo padrão venham a se sintonizar e sincronizar com a vossa. Esta cadeia coesa se auto-alimenta e ganha dimensões inimagináveis para vós e propiciando condições para sustentar movimentos renovadores de conceitos, práticas e opiniões.

Psicografia de 07/04/1998
Extraterrestre Mira
por: Maisa Intelisano
*
Documentação original: Renato Ourique de Carvalho
*
*
***

54 Alzheimer (O Mal do Século)

*




















Alzheimer (O Mal do Século)

Por Roberto Goldkorn - psicólogo e escritor.
Coluna Outro Lado - Um outro jeito de enxergar o cotidiano

Meu pai está com Alzheimer.
Logo ele que durante toda vida, se dizia "o Infalível".
Logo ele, que um dia ao tentar me ensinar matemática, disse que as minhas
orelhas eram tão grandes que batiam no teto.
Logo ele que repetiu, ao longo desses 54 anos de convivência, o nome do músculo do pescoço que aprendeu quando tinha treze anos e que nunca mais esqueceu: externocleidomastóideo.
O diagnóstico médico ainda não é conclusivo, mas para mim, basta saber que ele esquece o meu nome, mal anda, toma os líquidos de canudinho, não consegue terminar uma frase, nem controla mais suas funções fisiológicas, e tem os famosos delírios paranóides comuns nas demências tipo Alzheimer.
Aliás, fico até mais tranqüilo diante do "eu não sei ao certo" dos médicos, prefiro isso ao "estou absolutamente certo de que...", frase que me dá arrepios.
Há trinta anos, não ouvia sequer uma menção a essa doença maldita.
Hoje, precisaria ter o triplo de dedos nas mãos para contar os casos relatados por amigos e clientes em suas famílias.
O que está acontecendo? Estamos diante de um surto de Alzheimer?
Finalmente nossos hábitos de vida "moderna" estão enviando a conta?
O que os pesquisadores sabem de verdade sobre a doença?
Qual é o lado oculto dessa manifestação tão dolorosa?
Lendo o material disponível, chega-se a uma conclusão, essa é uma doença extremamente complexa, camaleônica de muitas faces e ainda carregada de mistérios.
Sabe-se por exemplo, que há um componente genético, por outro lado, o Dr.William Grant, fez uma pesquisa que complicou um pouco as coisas.
Ele comparou a incidência da doença, em descendentes de japoneses e de africanos que vivem nos EUA, com japoneses e nigerianos, que ainda vivem em seus respectivos países.
Ele encontrou uma incidência da doença da ordem de 4,1 para os descendentes de japoneses que vivem na América, contra apenas 1,8 de japoneses do Japão.
Os afro-americanos vão mais longe: 6,2 desenvolvem a doença, enquanto apenas 1,4 dos nigerianos é atingido por ela.
Hábitos alimentares? Stress das pressões do 1º Mundo? Mas o Japão não é 1ºMundo? Não tem stress?
A alimentação parece ser sem dúvida um elo nessa corrente, e mais ainda o alumínio.
Segundo algumas pesquisas, a incidência de alumínio encontrada nos cérebros de portadores da doença, é assustadoramente alta.
Pesquisas feitas na Austrália e em alguns países da Europa, mostraram que, ratos alimentados com uma dieta rica em sulfato de alumínio, comumente colocado na água potável para matar bactérias), danificou os cérebros dos roedores, de forma muito similar às causadas nos humanos pelo Alzheimer.
Pesquisas do Dr.Joseph Sobel, da Universidade da Califórnia do Sul, mostraram, que a incidência da doença é três vezes maior em pessoas expostas à radiação elétrica (trabalhadores que ficavam próximos a redes de alta tensão ou a máquinas elétricas).
Mas não param por aí as pesquisas, que apontam a arma em todas as direções.
Porém, a que mais me chocou, e motivou a fazer minhas próprias elucubrações foi o estudo das freiras.
Esse estudo citado no livro A Saúde do Cérebro, Dr. Robert Goldman, Ed. Campus, foi feito pelo Dr. Snowdon, da Universidade de Kentucky.
Eles estudaram 700 freiras do convento de Notre Dame.
Na verdade, eles leram e analisaram as redações autobiográficas, que cada freira era obrigada a escrever logo ao entrar na ordem.
Isso ocorria quando elas tinham em média 20 anos.
Essas freiras (um dos grupos mais homogêneos possíveis, o que reduz muito as variáveis que deveriam ser controladas), foram examinadas regularmente e seus cérebros investigados após sua morte.
O que se constatou foi surpreendente. As que melhor se saíram, nos testes cognitivos, e nas redações, em termos de clareza de raciocínio, objetividade, vocabulário, capacidade de expressar suas idéias;
Mesmo apresentando os acidentes neurológicos típicos do Alzheimer (placas e massas fibrosas de tecido morto) não desenvolveram a demência característica
da doença. Ou seja, elas tinham as mesmas seqüelas que as outras freiras com Alzheimer diagnosticado, (e que tiveram baixos escores em testes cognitivos e na redação), mas não os sintomas clássicos, como os do meu pai.
A minha interpretação de tudo isso:
Não temos muito como controlar todos os fatores, de risco apontados como vilões, alimentação, pressão alta, contaminação ambiental, stress, e a genética (por enquanto).
Mas podemos colocar o nosso cérebro para trabalhar. Como?
Lendo muito, escrevendo, buscando a clareza das idéias, cirando novos circuitos neurais, que venham a substituir os afetados pela idade e pela vida "bandida".

Meu conselho: não sejam infalíveis como o meu pobre pai, não cheguem ao topo nunca, pois dali, só há um caminho: descer.

Inventem novos desafios, façam palavras cruzadas, forcem a memória, não só com drogas (não nego a sua eficácia principalmente as neurotrópicas), mas correndo atrás dos vazios elapsos.
Eu não sossego enquanto não lembro do nome de algum velho conhecido, ou de uma localidade onde estive há trinta anos.
Leiam e se empenhem em entender o que está escrito, e aprendam outra língua, mesmo aos sessenta anos.
Não existem estudos, provando que o Alzheimer é a moléstia preferida dos arrogantes, autoritários e auto-suficientes, mas a minha experiência mostra que pode haver alguma coisa nesse mato.
Coloquem a palavra FELICIDADE no topo da sua lista de prioridades - 7 de cada 10 doentes, nunca ligaram para essas "bobagens" e viveram vidas medíocres e infelizes (muitos nem mesmo tinham consciência disso).
Mantenha-se interessado no mundo, nas pessoas, no futuro.
Invente novas receitas, experimente (não gosta de ir para a cozinha? Hum... preocupante).
Lute, lute sempre, por uma causa, por um ideal, pela felicidade.
Parodiando Maiakovski ("melhor morrer de vodka do que de tédio"), digo:
melhor morrer lutando o bom combate, que ter a personalidade roubada pelo Alzheimer.
E inté amigos, vou me cuidar...
*
Colaboração: Dra. Edna Sbrissa - São Paulo-SP – Brasil
*
*
***

52 Revista Capricho

*



















Revista Capricho

http://capricho.abril.com.br/sumario/

A Revista Capricho publicou uma segunda reportagem sobre o espiritismo. Interessante!!! Conheça...

1 - O que afinal significa tomar um passe?
O passe marca um momento de troca de energia entre o médium passista e o visitante do centro espírita. Todo mundo que procura equilíbrio pode tomar um passe. A única exigência da maioria dos centros é que, antes, a pessoa ouça uma palestra. "Elas acontecem em dias certos e servem como um convite para a reflexão de nossas atitudes no dia-a-dia", diz Suzanne Caputi Marques, do centro O Semeador, em São Paulo.

2 - As palestras seguem regras definidas?
Não. O Espiritismo não impõe um ritual, como a maioria das religiões. Nem se cerca de altares e imagens para adoração. Por isso mesmo os espíritas chamam seus encontros de palestras. E cada uma segue de um jeito, às vezes com mais humor, outras mais sérias.

3 - E a hora do passe?
Esse é o único instante que se repete sempre da mesma forma: com uma prece e a imposição das mãos do passista sobre o visitante. Mas há vários tipos de passes. "Numa primeira visita, a pessoa é recebida com um passe espiritual, o mais abrangente de todos, voltado para a paz interior", diz Suzanne. Em casos de problemas mais específicos, os médiuns indicam uma entrevista individual, chamada de atendimento fraterno.

4 - O que é preciso para virar um médium?
O Espiritismo defende que todos somos médiuns porque, em maior ou menor grau, todos estamos sujeitos às influências dos espíritos. Mas há quem tenha a mediunidade mais apurada e, nestes casos, a doutrina acredita que sejam pessoas com a missão de servir para o conhecimento entre os planos.

5 - Onde ficam os espíritos desencarnados?
Eles estão em toda parte. Ao invés de ficarem à toa, como a gente pode pensar, eles têm suas ocupações. Os mais próximos de nós são os mais imperfeitos, que ainda precisam reencarnar muito para avançar na escala da evolução.

6 - Os médiuns podem se comunicar com os espíritos?
Sim. Mas é preciso estabelecer uma relação de confiança com o passista. As mensagens chegam através da fala, da escrita ou por batidas.
*
Contribuição: Antonio Roberto Vieira – São Paulo-SP – Brasil
*
*
***

52 Amigos Visitantes

*


















Amigos Visitantes

Muito obrigado pela sua preciosa presença.
*
*** http://sinapseslinks.blogspot.com
*
Na troca de correspondências, vamos aprendendo cada vez mais.
A Internet demanda estudo contínuo, pois a tecnologia avança com rapidez.

Estou me justificando...
Nos próximos dias estarei cursando o CorelDRAW.
Este é o programa básico que utilizo para ilustrar o Blog SinalpsesLinks.
Assim sendo, as publicações no blog estarão acontecendo de forma mais lenta.

Conto com sua compreensão e ajuda também, pois, peço que continue enviando suas críticas (importante!!!), sugestões e textos para as próximas edições.

Primando pelo bom relacionamento,
Muito obrigado.
Fraternalmente,
Leal - ep-leal@uol.com.br
Aprendiz em todas as instâncias da Vida.
*
*
Sobre o CorelDRAW

“O CorelDRAW X3 é um programa para desenho e construção de linhas e figuras geométricas vetoriais básicas, como retângulos, elipses e polígonos.

Estas podem ser modificadas de acordo com o objetivo, pois as diversas ferramentas existentes no programa permitem transformações, simples ou radicais, sobre os objetos (sejam formas aleatórias ou definidas), possibilitando ao usuário liberdade e rapidez para construir ilustrações, logotipos, folhetos, folders, etc.

Estamos falando apenas dos traços, linhas e pontos (nós), porém, a soma disto com a infinidade de tipos de preenchimento permitidos no programa, como gradientes, texturas, etc. faz do CorelDRAW X3 uma ferramenta fundamental no dia-a-dia dos designers, desenhistas e ilustradores.”

Fonte: Apostila do Curso de CorelDRAW, da Impacta Tecnologia.
*
*
***