31 de jul de 2008

Thank you for your visit!

Primos: Brasil e Suécia!


Sou um projeto Divino!

Desejos


























Desejo é realização antecipada.

Querendo, mentalizamos; mentalizando, agimos; agindo, atraís; e atraindo, realizamos.

Como você pensa, você crê, e como você crê, será.

Cada um tem hoje o que desejou ontem e terá amanhã o que deseja hoje.

Campo de desejo, no terreno do espírito, é semelhante ao campo de cultura na gleba do mundo, na qual cada lavrador é livre na semeadura e responsável na colheita.

O tempo que o malfeitor gastou para agir em oposição à Lei, é igual ao tempo que o santo desprendeu para trabalhar sublimando a vida.

Todo desejo, na essência, é uma entidade tomando a forma correspondente.

A vida é sempre o resultado de nossa própria escolha.

O pensamento é vivo e depois de agir sobre o objetivo a que se endereça, reage sobre a criatura que o emitiu, tanto em relação ao bem quanto ao mal.

A sentença de Jesus: “procura e achará”, equivale a dizer: “encontrarás o que desejas”.
*

30 de jul de 2008

Namastê

Estrela da Manhã




























De: Alfredo - Centro Espírita Estrela da Manhã CEEM
Para: eudison@uol.com.br
Data: 30/07/2008 10:46
Assunto: NOVA ATIVIDADE NO CEEM - A 2

Informamos da NOVA ATIVIDADE no CEEM que será iniciada no próximo dia 05/08/08 às 14:30 hs que é o trabalho A2, sendo realizado todas as terças feiras .

O A2 é um trabalho de assistência, de cunho evangelizador e que também trata de pequenas obsessões.

Não só atenderá aqueles que forem encaminhados pelo atendimento fraterno, como também a todos que desejarem freqüentar, logo é aberto a todos.

Tem a duração máxima de 45 minutos, com o passe aplicado diretamente pelo PLANO ESPIRITUAL e de forma individual.

Pode-se ao final do trabalho termos a mensagem do Mentor

Abraços
Alfredo F. Corrêa
E-mail: alfredo@foothills.com.br
*

Velhice

Confrarias do Saber

Tarde de autógrafo





















PROGRAMAÇÃO DE ANIVERSÁRIO
LIVRARIA ESPÍRITA MENSAGEIROS DE LUZ
Comemorando seu 7o. Aniversário, a Livraria Espírita Mensageiro de Luz, está promovendo entre outros o seguinte Evento:

TARDE DE AUTÓGRAFO

Com o médium Álvaro Basile Portughesi, que estará autografando o romance mediúnico "Até o Próximo Sonho" do espírito Euzébio. Este Livro estará no Clube do Livro Espírita, por apenas R$ 15,00
Data - 02/Agosto/08 - Sábado
Horário - Das 14:00 às 17:30h

Conheça também os livros do espírito Euzébio - Pertinho do Céu, Eternamente Alice, Anjos de Bordel, Por Muito te Amar, Atire a Primeira Pedra, Aurora de Minha Vida e Muito Prazer! Eu Sou a Felicidade... que poderão ser autografados pelo médium Alvaro Basile Portughesi.

A Livraria Espírita Mensageiros de Luz, localiza-se no Centro de Osasco-SP, R. José Cianciarulo, 89(atrás do Compre Bem e ao lado do Hospital Municipal de Osasco), telefone 3682 6767 e 3448 7386.
*

Tempo das visitas






















Muito Obrigado!
A coluna da esquerda mostra quanto tempo foi aplicado na sua visita ao blog Sinapseslinks.
Agradeço a cada uma das pessoas pela presença.
Aproveito para pedir que contribuam indicando este blog para seus amigos.
Também peço que me enviem suas críticas, sugestões e textos que possam ser inseridos.
Fraternalmente,
Leal
*

Perder a fé

29 de jul de 2008

Sites de Pesquisa

Obrigado Senhor!

Cuil x Sinapseslinks






















Click aqui
http://www.cuil.com
*
Ex-funcionários do Google criam Cuil, novo serviço de busca
28/07/2008 - 10h39
Por Eric Auchard
Fonte:
http://tecnologia.uol.com.br/ultnot/reuters/2008/07/28/ult3949u4156.jhtm

MENLO PARK, Estados Unidos (Reuters) - Uma empresa iniciante criada por antigos engenheiros do Google revelou no domingo um novo serviço de buscas na Web cujo objetivo é superar em tamanho o líder do setor, mas que enfrenta uma difícil batalha para mudar os hábitos de navegação dos internautas.

O Cuil (pronunciado como a palavra inglesa "cool") está oferecendo um novo serviço de buscas, em http://www.cuil.com, que a empresa afirma ser capaz de indexar mais rápido e mais barato uma porção da Web bem maior que a do Google, o serviço de buscas que hoje oferece o maior índice online.

O novo rival do Google afirma que seu serviço vai além das técnicas de busca dominantes, que se concentram em links e padrões de tráfego de audiência, e em lugar disso analisa o contexto de cada página e os conceitos por trás de cada pedido de busca dos usuários.

"Nossos significativos avanços em tecnologia de busca permitiram que indexássemos parte muito maior da Internet, colocando quase toda a Web ao alcance de todos os usuários", afirmou Tom Costello, co-fundador e presidente-executivo da Cuil, em comunicado.

Danny Sullivan, um analista de buscas na Web e editor-chefe do site Search Engine Land, disse que o Cuil pode tentar explorar queixas que os consumidores têm sobre o Google -a saber, o fato de que o serviço tenta fazer coisas demais, seus resultados favorecem os sites já populares e ele favorece demais certos sites de referência, como a Wikipedia.

"O momento pode ser propício ao surgimento de um desafiante", disse Sullivan, acrescentando rapidamente que "concorrer com o Google continua a ser uma tarefa desafiadora, como a Microsoft dirá".

A Microsoft, terceira maior empresa norte-americana no mercado de buscas na Web, vem procurando em vão, até o momento, unir forças com o segundo colocado do setor, o Yahoo, a fim de competir com o Google.

O Cuil foi fundado por um grupo de pioneiros das buscas, entre os quais Costello, que criou um protótipo da Web Fountain, a ferramenta de análise de buscas da IBM, e sua mulher Anna Patterson, arquiteta do imenso índice TeraGoogle de páginas da Web, operado pelo Google. Patterson também criou o sistema de buscas para uma empresa mundial de armazenagem de informações empresariais, a Recall, subsidiária do grupo australiano Brambles .
*

Sinapseslinks

Acaso

Pense!

Melindres


























Não permita que suscetibilidades lhe conturbem o coração.

Dê aos outros a liberdade de pensar, tanto quanto você é livre para pensar como deseja.

Cada pessoa vê os problemas da vida em ângulo diferente.

Muita vez, uma opinião diversa da sua pode ser de grande auxílio em sua experiência ou negócio, se você se dispuser a estudá-la.

Melindres arrasam as melhores plantações de amizade.

Quem reclama, agrava as dificuldades.

Não cultive ressentimentos.

Melindrar-se é um modo de perder as melhores situações.

Não se aborreça, coopere.

Quem vive de se ferir, acaba na condição de espinheiro.
*

28 de jul de 2008

Morte Lenta






















LENTAMENTE MUORE (ORIGINAL)

Muere lentamente quien se transforma en esclavo del hábito, repitiendo todos los días los mismos trayectos, quien no cambia de marca, no arriesga vestir un color nuevo y no le habla a quien no conoce.

Muere lentamente quien evita una pasión, quien prefiere el negro sobre blanco y los puntos sobre las "íes" a un remolino de emociones, justamente las que rescatan el brillo de los ojos, sonrisas de los bostezos, corazones a los tropiezos y sentimientos.

Muere lentamente quien no voltea la mesa cuando está infeliz en el trabajo, quien no arriesga lo cierto por lo incierto para ir detrás de un sueño, quien no se permite por lo menos una vez en la vida, huir de los consejos sensatos.

Muere lentamente quien no viaja, quien no lee, quien no oye música, quien no encuentra gracia en sí mismo.

Muere lentamente quien destruye su amor propio, quien no se deja ayudar.

Muere lentamente, quien pasa los días quejándose de su mala suerte o de la lluvia incesante.

Muere lentamente, quien abandona un proyecto antes de iniciarlo, no preguntando de un asunto que desconoce o no respondiendo cuando le indagan sobre algo que sabe.

Evitemos la muerte en suaves cuotas, recordando siempre que estar vivo exige un esfuerzo mucho mayor que el simple hecho de respirar.

Solamente la ardiente paciencia hará que conquistemos una espléndida felicidad.

MARTHA MEDEIROS

Fonte:
http://internapoli-city.blogspot.com/
*

Maísa Intelisano





















De: Maisa Intelisano
Para: eudison@uol.com.br
Data: 28/07/2008 11:42
Assunto: Compartilhando novidade

Olá, pessoal. Tudo bem?

Gostaria de compartilhar com vcs o meu recém-lançado site pessoal: www.maisaintelisano.com.br

A proposta é divulgar o trabalho que faço na espiritualidade e disponibilizar material e informação de qualidade na área para as pessoas interessadas.

É algo simples, sem muita "frescura", mas que pretendo que cresça muito ainda.

Gostaria que visitassem e fizessem comentários e sugestões. Serão muito bem-vindos.

Bjs

Maísa Intelisano
www.maisaintelisano.com.br
*

Consciência





















Quando nossa consciência será tão carinhosa que agiremos para evitar a miséria humana ao invés de vingá-la? (Eleanor Roosevelt)
*

Confrarias do Saber






















Confrarias do Saber
Grupo de Estudos Filosóficos.
Sexta reunião realizada em Pindamonhangaba-SP em 27jul08
Muito obrigado!
*

27 de jul de 2008

A indulgência























Livro:
O Evangelho Segundo o Espiritismo
Capítulo X:
Bem-aventurados os misericordiosos
Tema:
A Indulgência
Espírito: José
Espírito protetor, Bordeaux, 1863


16. Espíritas, queremos hoje falar-vos da indulgência, esse sentimento tão doce, tão fraternal, que todo homem deve ter para com os seus irmãos, mas que tão poucos praticam.

A indulgência não vê os defeitos alheios, se os vê, evita comentá-Ios e divulgá-Ios. Oculta-os, pelo contrário, evitando que se propaguem, e se a malevolência os descobre, tem sempre uma desculpa à mão para os disfarçar, mas uma desculpa plausível, séria, e não daquelas que, fingindo atenuar a falta, a fazem ressaltar com pérfida astúcia.

A indulgência jamais se preocupa com os maus atos alheios, a menos que seja para prestar um serviço, mas ainda assim com o cuidado de os atenuar tanto quanto possível. Não faz observações chocantes, nem traz censuras nos lábios, mas apenas conselhos, quase sempre velados. Quando criticais, que dedução se deve tirar das vossas palavras? A de que vós, que censurais, não praticastes o que condenais, e valeis mais do que o culpado. Oh, homens! Quando passareis a julgar os vossos próprios corações, os vossos próprios pensamentos e os vossos próprios atos, sem vos ocupardes do que fazem os vossos irmãos? Quando fitareis os vossos olhos severos somente sobre vós mesmos?

Sede, pois, severos convosco e indulgentes para com os outros. Pensai n'Aquele que julga em última instância, que vê os secretos pensamentos de cada coração, e que, em conseqüência, desculpa freqüentemente as faltas que condenais, ou condena as que desculpais, porque conhece o móvel de todas as ações. Pensai que vós, que clamais, tão alto: "Anátema!" talvez tenhais cometido faltas mais graves.

Sede indulgentes, meus amigos, porque a indulgência atrai, acalma, corrige, enquanto o rigor desalenta, afasta e irrita.
*

Felicidade






















Se alguém não encontra a felicidade em si mesmo, é inútil que a procure noutro lugar. (La Rochefoucald)
*

Felicidade

Perguntas

























Observe as próprias indagações, antes de formulá-las, adotando o silêncio sempre que não tiverem finalidade justa.

Valiosa demonstração de entendimento e de afeto visitar amigos ou recebê-los sem perguntas quaisquer.

Ampare quantos lhe compartilham a vida, sem vascolejar-lhes o coração com interrogatórios desnecessários.

Arrede da boca inquietações sem proveito sobre a família do próximo.

Não faça questionários quanto à vida íntima de ninguém.

Entretecer apontamentos sem necessidade, com relação à idade física de alguém, não é apenas falta de tato e gentileza, mas também ausência de caridade e de educação.

Se você nutre realmente amizade por essa ou aquela pessoa, sem qualquer expectativa de tomar-lhe a companhia para a convivência mais íntima, aceite-a tal qual é sem pedir-lhe certidão do estado civil em que se encontra.

Indiscrição, leviandade, curiosidade vazia ou malícia afastam de quem as cultiva as melhores oportunidades de elevação e progresso.

O amor verdadeiro auxilia sem perguntar.

Respeite as necessidades e provações dos outros, para que os outros respeitem as suas provações e necessidades.
*

Obrigado Senhor!

26 de jul de 2008

Sinapseslinks

Majestade!

Assuntos de tempo

























Se você sabe quão precioso é o valor do tempo, respeite o tempo dos outros para que as suas horas sejam respeitadas.

Recorde-se de que se você tem compromissos e obrigações com base no tempo, acontece o mesmo com as outras pessoas.

Ninguém evolui, nem prospera, nem melhora e nem se educa, enquanto não aprende a empregar o tempo com o devido proveito.

Seja breve em qualquer pedido.

Quem dispõe de tempo para conversar sem necessidade, pode claramente matricular-se em qualquer escola a fim de aperfeiçoar-se em conhecimento superior.

Trabalho no tempo dissolve o peso de quaisquer preocupações, mas tempo sem trabalho cria fardos de tédio, sempre difíceis de carregar.

Um tipo comum de verdadeira infelicidade é dispor de tempo para acreditar-se infeliz.

Se você aproveitar o tempo a fim de melhorar-se, o tempo aproveitará você para realizar maravilhas.

Observe quanto serviço se pode efetuar em meia hora.

Quem diz que o tempo traz apenas desilusões, é que não tem feito outra coisa senão iludir-se.
*

Paz!

Dia dos avós






















Participação de avós em educação beneficia crianças, diz estudo

Crianças crescem mais felizes e ajustadas quando os avós desempenham um papel importante em sua educação, segundo um estudo realizado por cientistas da Universidade de Oxford, na Grã-Bretanha.

A coordenadora do estudo, Ann Buchannan, disse que a proximidade entre netos e avós é benéfica para as crianças e cada vez mais comum diante da atribulada rotina de trabalho dos pais.

"O que foi especialmente interessante foi identificar a ligação entre a presença dos avós e o bem-estar das crianças", disse Buchannan.

"E só proximidade não basta; apenas os avós que participaram de verdade na educação é que provocaram um impacto positivo em seus netos", afirmou a pesquisadora.


Divórcio
Os pesquisadores acompanharam mais de 1,5 mil crianças e adolescentes, de 11 a 16 anos, cujos avós substituíam os pais na realização de algumas tarefas diárias.

Eles observaram que os avós foram muito importantes ao ajudá-los a superar dificuldades do dia-a-dia, como implicância de colegas da escola, aconselhá-los sobre qual universidade escolher e planejar o futuro.

A pesquisa apontou também que os avós podem ajudar as crianças a superar traumas, como o divórcio dos pais.

"Em épocas de separações dos pais muitos avós desempenharam um papel importante ao trazer conforto aos netos e estabilidade a toda família", disse Eirini Flouri, do Instituto de Educação de Londres, que participou do estudo.

De acordo com o trabalho, quase um terço das avós maternas tomam conta dos netos regularmente na Grã-Bretanha e quatro em cada 10 o fazem esporadicamente.

Fonte:
Folha On-line
04/06/2008
*

25 de jul de 2008

Construtoras da Paz!























Construindo a paz entre judeus e muçulmanos, um doce de cada vez
25/07/2008
Jon Frosch
Em Paris

Em um momento em que uma brisa de possível mudança começa a soprar no Oriente Médio, tem sentido um grupo de mulheres francesas judias e muçulmanas se reunir para fazer doces e proibir qualquer conversa sobre o conflito israelense-palestino?

Muito, segundo as mulheres, que se chamam de Les Bâtisseuses de Paix, ou "as construtoras da paz". Seu objetivo não é solucionar um conflito que desafia os melhores cérebros da diplomacia há décadas, mas principalmente "bloquear a transferência do conflito israelense-palestino para a França".

Até seus adversários dizem que a meta é louvável, embora os meios possam ser inadequados para abordar problemas tão intratáveis.

Mas isso não arrefece o espírito das mulheres. Cerca de 50 delas se reuniram para tomar chá de hortelã recentemente no Les Jardins de la Méditerranée, um restaurante kosher em Créteil, subúrbio de Paris. Depois de beijos e elogios aos penteados, chega a hora dos negócios. "Vamos trabalhar!", grita uma mulher, enquanto ovos, tâmaras e outros ingredientes doces são distribuídos.

O que parecia um clube de culinária foi criado em 2002 por Annie-Paule Derczansky, uma ex-jornalista que se sentiu perturbada pelo surto de atos anti-semitas na França, o país europeu que tem as maiores populações muçulmana e judia. Ela diz que a hostilidade entre as duas comunidades foi alimentada por "franceses judeus pensando que são israelenses e franceses muçulmanos pensando que são palestinos".

As Construtoras da Paz enfrentam esse problema atirando a política pela janela, fornecendo um espaço neutro para as mulheres que não querem se envolver nas amargas preocupações que muitas vezes opuseram as duas comunidades. Do seu enfoque para a solidariedade entre judias e muçulmanas nasceu a regra de ouro da associação: não falar sobre Israel e Palestina, ou, como diz a judia Derczansky: "A primeira que mencionar o conflito tem de sair".

Seis anos depois de sua criação, as Construtoras da Paz contam com centenas de participantes. Elas promovem programas de "intercâmbio cultural" em grandes instituições árabes e judias, oferecem seminários em Paris, participam de conferências em Bruxelas e estão em campanha para colocar uma placa na Grande Mesquita de Paris comemorando os judeus salvos por muçulmanos durante a Segunda Guerra Mundial.

Importantes franceses judeus e muçulmanos elogiam suas iniciativas. "O que elas fazem é muito corajoso, porque é trabalho prático em campo", diz Evelyne Berdugo, 60, que é chefe da organização de mulheres judias Coopération Féminine. "Nada de grandes palavras e discursos, mas ação com pessoas comuns que não são muito conhecidas."

Ghaleb Bencheikh, 47, âncora de um programa de televisão chamado "Islam", diz que o "carinho e o sentimento maternal" das mulheres fazem delas "os melhores agentes para conter o conflito".

Mas outros criticam a associação por proibir a discussão do elefante na sala: o conflito. "É bom dar ênfase ao que os dois grupos têm em comum", disse Jean-Pierre Allali, 69, que escreveu extensamente sobre assuntos judeus. "Infelizmente não é assim que vamos conseguir solucionar os problemas entre israelenses e palestinos ou entre judeus e árabes na França."

Em algum momento o tema vai ter de aparecer, ele disse, acrescentando: "Há uma certa hipocrisia em não o discutir".

Allali citou a recente agressão a um adolescente judeu em Paris por uma gangue de jovens principalmente muçulmanos como um exemplo do tipo de obstáculo que as mulheres enfrentam. Mas ele não foi totalmente negativo. "Essa associação em si não pode conseguir muita coisa", disse. "Mas ao multiplicar esse tipo de iniciativa talvez algo possa ser feito."

Derczansky, 48, está consciente dos desafios. Ela fica desanimada com comentários depreciativos sobre os muçulmanos que ouve em círculos judeus. Mas essas conversas só confirmam sua crença de que por enquanto a maneira de incentivar a estabilidade muçulmano-judaica na França é se concentrar em coisas simples que as duas comunidades podem compartilhar - como receitas.

A França tem cerca de 5 milhões de muçulmanos e 600 mil judeus, muitos concentrados em Paris e seus subúrbios, onde as tensões têm surgido com maior força. Mas a comida é algo que une essas populações, já que a maioria dos judeus franceses hoje é de sefarditas, com laços familiares com o norte da África.

As Construtoras da Paz permite que mulheres que podem ser sionistas declaradas ou decididamente pró-Palestina arregacem as mangas e unam forças na cozinha, onde as preocupações giram mais em torno de amêndoas e bolinhos do que de geopolítica.

Uma mulher que participa da oficina de doces mensal é Nathalie Obadia, uma judia de origem tunisiana para quem as questões divisórias do Oriente Médio não devem envenenar as relações com suas vizinhas. "O que está acontecendo lá é lá", diz Obadia, 39. "Aqui estamos na França."

A união prevaleceu no recente dia de doces assados, com as mulheres aplaudindo sua produção de "yo-yos" (rosquinha do norte da África), "charutos" (espécie de rocambole) e bolos em forma de diamante com mel e pistache.

Quer esse trabalho tenha ou não um impacto sobre a geopolítica, logo vai adquirir uma dimensão internacional. Em outubro, a Construtoras da Paz viajará para Nova York para se encontrar com mulheres americanas judias e muçulmanas.

Na Europa há outras iniciativas para tentar reforçar os laços judeus-muçulmanos evitando a política em favor da cultura. Um grupo britânico, o Alif-Aleph U.K., encoraja os contatos inter-religiosos através de projeções de filmes, apresentações musicais e eventos sociais. Na Holanda, o projeto MAJO Soccer organiza partidas de futebol entre jovens judeus e muçulmanos, seguidos de refeições kosher e halal.

Mas os grupos especificamente para mulheres judias e muçulmanas são raros.

A Bâtisseuses de Paix foi inspirada por uma viagem como repórter que Derczansky fez ao Oriente Médio em 2002, durante a segunda intifada, quando ela descobriu que embora a comunicação política estivesse desgastada os grupos culturais de mulheres israelense-palestinos perduravam.

Ela voltou à França convencida de que um modelo de harmonia judaico-muçulmana poderia ser transmitido pelas mulheres. "A palavra das mães é muito importante nas famílias judias e muçulmanas", notou Derczansky.

Djamila Saadi, 45, uma muçulmana da Argélia que participou da oficina de doces, compreende essa mensagem. "Isto é para nossos filhos", ela diz, com as mãos cobertas de farinha, enquanto mulheres judias trabalham ao seu lado. "É para mais tarde."

Tradução: Luiz Roberto Mendes Gonçalves

Fonte:
http://noticias.uol.com.br/midiaglobal/herald/2008/07/25/ult2680u709.jhtm
*
Paz!
Paz em todos os Corações!
*

Campanha
























CAMPANHA (cam.pa.nha)

Na última semana, um juiz do tribunal eleitoral decidiu, em caráter liminar, pela retirada do alguns materiais de campanha pela internet de vários candidatos às próximas eleições.

A palavra "campanha" tem origem no latim tardio `campania´ e significa um conjunto de ações diversas para se atingir determinado objetivo. Tão diversas, por exemplo, como "campanha eleitoral", "campanha de vacinação", "campanha anti-drogas" etc..

Como derivação desse significado, também designa o desempenho de uma equipe ou indivíduo em determinada competição, como por exemplo, na frase "A campanha do Brasil na última Copa ficou aquém do que se esperava ".

--> Definição do dicionário Aulete Digital:

CAMPANHA (cam.pa.nha)

Substantivo feminino:

1 Conjunto de esforços, de ações diversas, continuadas ou coordenadas, para atingir um objetivo (campanha publicitária, campanha eleitoral) [ + a (em) favor de, contra, para, por, pró: campanha em favor de novas escolas; campanha contra o fumo.]

2 Mil. Conjunto de operações militares que visam certo objetivo, numa mesma área geográfica.

3 Campo vasto e plano; PLANÍCIE.

4 RS Região de coxilhas, de vegetação rasteira, em que predomina a pecuária

5 RS Geog. Região do extremo sul do país formada pela campanha (4)

6 Bras. O (bom ou mau) desempenho de um indivíduo ou de uma equipe numa disputa ou competição, esp. esportiva; o conjunto de partidas disputadas num torneio

[Formação: Do latim tardio `Campânia´]
__

Aulete Digital: O primeiro dicionário livre, gratuito e interativo do Brasil. A palavra é sua!

www.auletedigital.com.br
*

Sinapseslinks

Obstáculos

























Diante dos obstáculos, fazer o melhor e seguir para a frente.


Sempre desapontamos alguém e sempre alguém nos desaponta.

Assim como nem todos podem habitar o mesmo sítio, nem todos conseguem partilhar as mesmas idéias.

Nunca explodir, gritar, irar-se ou desanimar e sim trabalhar.

Depois de um problema, aguardar outros.

O erro ensina o caminho do acerto e o fracasso mostra o caminho da segurança.

Toda realização é feita pouco a pouco.

Nos dias de catástrofe, nada de cólera ou de acusação contra alguém, e sim a obrigação clara de repormos o comboio do serviço nos trilhos adequados e seguir adiante.

Quem procura o bem, decerto que há de sofrer as arremetidas do mal.

Plantar o bem, através de tudo e de todos, por todos os meios lícitos ao nosso alcance, compreendendo que, se em matéria de colheita Deus pede tempo ao homem, o homem deve entregar o tempo a Deus.
*

Charmosa!

Cativar

Bela Flor

24 de jul de 2008

O Segredo

Micro para Professor

Nos compromissos do trabalho

























Nunca se envergonhe, nem se lamente de servir.

Enriquecer o trabalho profissional, adquirindo conhecimentos novos, é simples dever.

Colabore com as chefias através da obrigação retamente cumprida, sem mobilizar expedientes de adulação.

Em hipótese alguma diminuir ou desvalorizar o esforço dos colegas.

Jamais fingir enfermidades ou acidentes, principalmente no intuito de se beneficiar das leis de proteção ou do amparo das instituições securitárias, porque a vida costuma cobrar caro semelhantes mentiras.

Nunca atribua unicamente a você o sucesso dessa ou daquela tarefa, compreendendo que em todo trabalho há que considerar o espírito de equipe.

Sabotar o trabalho será sempre deteriorar o nosso próprio interesse.

Aceitar a desordem ou estimulá-la é patrocinar o próprio desequilíbrio.

Você possui inúmeros recursos de promover-se ou de melhorar a própria área de ação, sem recorrer a desrespeito, perturbação, azedume ou rebeldia.

Em matéria de remuneração, recorde: quem trabalha deve receber, mas igualmente quem recebe deve trabalhar.
*

A Verdade

Osteoporose























A Osteoporose e o Sexo Masculino

A osteoporose não enfraquece apenas o esqueleto das mulheres. Ela vem pegando de surpresa o "sexo forte" (forte?)

Por Simone Paulino

Não dói, não provoca estalidos nem inchaços - sendo assim tão silenciosa, quem suspeitaria da sua chegada? As mulheres, ao menos, já se acostumaram a viver desconfiadas. Isso porque muita gente acha que a osteoporose é uma doença exclusivamente feminina. Elas são bombardeadas com informações sobre como prevenir a perda de mineral dos ossos evitando que se tornem tão porosos quanto um chocolate aerado. Já os homens, coitados, continuam na maior ignorância. Poucos médicos alertam que 17% da população masculina chega aos 80 já tendo sofrido alguma fratura em decorrência da doença. Eles entram na faixa de risco após 65 anos, portanto mais tarde que o sexo oposto. Mas, como neles os mecanismos de instalação da osteoporose são peculiares, em casos menos freqüentes esse mal aparece mais cedo. "Nos homens o problema ainda é pouco estudado. Sabe-se que ele está associado a moléstias como inflamações crônicas e distúrbios renais", comenta o reumatologista João Francisco Marques Neto, assessor do Ministério da Saúde.

É mais difícil flagrar a doença no sexo masculino

O alento é que em breve chega às farmácias mais um remédio para controlar a perda de massa óssea. A droga, do laboratório Aventis Pharma, foi testada em 15 mil homens e mulheres de 18 países. Entre os que tomaram a medicação, independentemente do sexo, houve uma redução de 66% nas fraturas. O estudo é relevante por ser um dos poucos a incluir o público masculino. E isso ajuda a derrubar o tabu de que a osteoporose atinge só a mulherada. A triste realidade é que os homens não perceberam que também podem ser vítimas. "É raro encontrar um deles que já tenha se submetido à densitometria óssea, mesmo que esteja em idade de risco", nota Pérola Grinsberg Plapler, chefe do Grupo de Reabilitação em Osteoporose do Hospital das Clínicas de São Paulo. Esse exame detecta o enfraquecimento dos ossos mesmo quando ainda está em fase inicial. Todo homem deveria passar por ele anualmente depois dos 65 anos.

Causas menos óbvias

Existem pistas importantes na hora de investigar se o esqueleto masculino está perdendo massa. Uma delas é saber se o paciente sofre de artrite reumatóide. Segundo o reumatologista Alfredo Toledo e Souza, do laboratório Aventis, o problema exige o uso prolongado de drogas com cortisona. E elas prejudicam duplamente os ossos, pois comprometem a absorção do cálcio e ativam células capazes de destruí-los. Há também mulheres na mesma situação. Só que, neles, não se sabe ainda o porquê, a influência negativa da artrite reumatóide parece ter peso maior. Fenômeno semelhante ocorre com certos cálculos renais. "Às vezes o esqueleto não aproveita o cálcio direito porque ele é desviado para os rins, onde dá origem às pedras", conta a reumatologista Vera Lúcia Szejnfeld, da Universidade Federal de São Paulo. Os homens, no caso, são as principais vítimas do desvio.

Você pode se sentir velho aos 25 ou jovem aos 65. Só depende de você!
www.saudecompleta.net
*
Colaboração:
Mário Leal Filho - São Paulo-SP - Brasil
*

Obrigado Senhor!

22 de jul de 2008

Em torno da profissão


























A sua profissão é privilégio e aprendizado.



Se você puser amor naquilo que faz, para fazer os outros felizes, a sua profissão, em qualquer parte, será sempre um rio de bênçãos.

O seu cliente, em qualquer situação, é semelhante à árvore que produz, em seu favor, respondendo sempre na pauta do tratamento que recebe.

Toda tarefa corretamente exercida é degrau de promoção.

Em tudo aquilo que você faça, na atividade que o Senhor lhe haja concedido, você está colocando o seu retrato espiritual.

Se você busca melhorar-se, melhorando o seu trabalho, guarde a certeza de que o trabalho lhe dará vida melhor.

O essencial em seu êxito não é tanto aquilo que você distribui e sim a maneira pela qual você se decide a servir.

Ninguém procura ninguém para adquirir condenação ou azedume.

Sempre que alguém se queixe de alguém, está criando empeços na própria estrada para o sucesso.

Toda pessoa que serve além do dever, encontrou o caminho para a verdadeira felicidade.
*

Valor

Obrigado Senhor!