30 de jul de 2009

Deusa Samú

*
Click na imagem para ampliá-la.
*

29 de jul de 2009

Discernimento

*






















Discernimento

Há muito tempo as pessoas perdem tempo  esperando mensagens de seres do espaço ou de qualquer outro lugar e se esquecem de prestar atenção na vida que passa. É o pessoal que "viaja na maionese psíquica", sempre procurando uma fuga da realidade e usando sua suposta motivação de profecias apocalípticas  para devaneios místicos .

Alguns grupos esperam algum asteróide chupão para separar o joio do trigo . Outros esperam que os extraterrestres baixem por aqui só para salvar o seu grupinho do fim do mundo (ou seja, morrem de medo de morrer e se acham escolhidos de alguma coisa) e outros citam o Apocalipse bíblico ou algum outro calendário catastrófico para justificar suas profecias mirabolantes, esquecendo do aqui e agora da vida. E qual calendário, desse ou daquele povo, poderá transformar alguém imaturo em sábio?

Ou mesmo regular absolutamente o destino da humanidade, já que o tempo é relativo? Tudo isso é uma tremenda falta de atenção em si mesmo. O ser humano espera que seres do mundo exterior venham e resolvam problemas interiores, problemas dentro de cada um. Nosso defeito clássico é ficar esperando que venha um Salvador, que nos salve de nós mesmos. Quanto tempo ainda vamos perder, quanto tempo ainda vamos esperar que alguém venha e resolva o que só cabe a cada um resolver? 

Tantas pessoas discutem o fim do mundo, qual o mestre certo a seguir, o quanto fulano ou sicrano ainda está imaturo, qual a fraternidade é mais evoluída, analisam  quem pode ou não ser salvo, ou seja, essas pessoas e grupos (que sempre esperam a salvação vir de fora e nunca a evolução de sua consciência por dentro, pelo próprio esforço e ampliação da lucidez e do bom senso)

Estão falando de catástrofes e asteróides chupões, mas não prestam atenção nos asteróides emocionais que já estão causando a destruição de sua inteligência por dentro do seu universo interior, que eles nunca olham. E por que eles nunca olham? Porque o que está fora parece chamar mais atenção do que o que está dentro. O medo de ficar só, o medo de não ser aceito pelo outro, o apego ao grupo de "amigos" que só comparecem no final de semana para aquele churrasco e aquela cervejinha. Fica a pergunta: eles vêm por causa da cerveja ou da companhia?

A maior das catástrofes já está acontecendo dentro de cada um: não conhecem as estrelas do próprio universo interior. Por isso procuram fora, tentando preencher o vazio consciencial de dentro ou simplesmente porque é mais fácil ter alguém que os guie hoje e que possa ser julgado amanhã.
Essas pessoas se fecham tanto  em seus mundos mortais e se esquecem da própria imortalidade.

A conclusão é óbvia: esse pessoal não tem certeza da própria imortalidade. Pois, se tivessem, não perderiam tempo com isso!
E outra coisa: paraíso e inferno são estados de consciência internos.
São portáteis: cada um carrega o seu por dentro. Logo, para qual paraíso externo alguém seria arrebatado? E os que estão com medo disso ou daquilo, já não estão no inferno de suas dúvidas e aflições?
Sim, cada ser vivo é o que sonha ser, cabe a cada um torna a vida um sonho ou um pesadelo.

Alguns falam que a Terra sairá de órbita, mas eles mesmos já estão fora de órbita... perdidos no espaço de energias funestas criados por eles mesmos, cheios de  profecias, medos e ilusões.
Outros tremem de medo de espíritos, que são desencarnados daqui mesmo, gente nossa, que apenas mora em outros planos de manifestação. E eu pergunto:
- Também não teriam medo de ETs, que são gente de fora?
E pergunto mais,
- Que calendário poderá mudar a minha consciência?

Se eu não for feliz por dentro, que ser de fora poderá me fazer feliz? Ninguém nesse ou no outro universo ou planeta é responsável pelo meu destino senão eu mesmo. Como posso supor que a Inteligência Maior colocaria o meu direito de ser feliz na mão de outrem? Se você acredita que não pode viver sem alguém, cuide-se. Você está gravemente doente da falta de amor próprio.

Seja o anjo, o guia espiritual, o mestre tal, o avatar da Nova era, ou Buda, quem poderá viver por mim? Quem poderá passar pelas experiências que preciso para amadurecer? Quem poderá andar ou evoluir em meu lugar? Quem poderá despertar o Deus em mim senão eu por mim mesmo? Eles podem até ajudar, iluminando nossa jornada, mas jamais caminharão por nós, nem retirarão as provas da senda, pois são elas necessárias para o aperfeiçoamento do Divino Ser em mim, em ti, no Todo.

Se um portal de luz se abrir, mas a  nossa consciência não se abrir, de que isso adiantará?
Está na hora de abrir o olhar amplo da visão sem julgamento, afinal se a árvore do vizinho é torta não seria essa sua natureza? Por que uma simples árvore torta constrange tanto nossa visão? Não seria mais natural se olhássemos primeiro para o nosso jardim, digo, nós mesmos? As pessoas têm medo de abrir o portal interior, têm medo das revelações, do que tais revelações podem causar ao seu mundo social. A luz de fora se esgota, a de dentro permanece eterna. 

Fala-se muito por aí em transição planetária e abertura de portais celestes. Porém, eu pergunto: transição é transformação? O ser humano está sujeito a muitas experiências e quebras de paradigmas a todo momento. Logo, cada experiência, quando acompanhada de quebra de paradigmas antigos e estagnados, já não é uma transição?

E precisa de portal para isso? Não basta a própria inteligência e sensibilidade ser o portal divino lá no alto da cabeça de cada ser vivo? Não é lá que está o abençoado  canal com Deus, com a consciência cósmica, glândula pineal e tantos outros nomes? Tantos nomes só para falar que está em cada cabeça sua sentença ou evolução.
Estamos todos nós em transição constante.

Cada dia é um novo dia, cheio de oportunidades de crescimento, por aqui mesmo, na boa e velha Terra. Cada dia é um recomeço. Cada coração é um portal do Divino, pois o Todo está em tudo!

Matéria é energia condensada e energia é matéria em estado radiante.
Logo, tudo é energia em graus variados de densidade. Tudo é energia.
Ou, como os antigos iniciados herméticos ensinavam: "TUDO É LUZ!"
Portanto, alguém feliz já tem um portal aberto em si mesmo: é o portal da alegria, da paz interior. E se tem certeza da própria imortalidade nada no mundo o afeta.

Olha o bem e o mal como parceiro na evolução  e aprende que no final do jogo o rei e o peão podem até voltar para a mesma caixa, mas a mente iluminada transcende o jogo e a caixa. 
E portando algo assim dentro do próprio coração, como poderia ter medo do futuro, seja ele qual for? Como poderia falar de fim de alguma coisa, sabendo que nada tem fim, nada morre? Afinal a vida só gera a vida. O que chamamos de morte é só uma nova condição da vida, que se prolongou para se eternizar.

O amanhã está sendo construído agora mesmo, em cada pensamento que engendramos, em cada atitude que tomamos. Por isso o momento atual é chamado de presente. Sim, é um presente mesmo, pois é nele que podemos corrigir os pseudo-erros, chamados também de aperfeiçoamento no processo de homens-deuses, erroneamente chamados de pecado ou autoculpa, uma desculpa muito barata para não sermos felizes.
Felicidade é um estado de espírito.

Com ou sem asteróide, com ou sem portal, com Ashtar Sheran, ou Buda, ou sem eles, todos nós precisamos aprender muito, independentemente de qualquer causa fora de nós mesmos. Isso é básico! É óbvio! Precisamos crescer! Vamos evoluir!
Se  o mestre ou guru de alguém disse isso ou aquilo, não importa!

Com eles ou sem eles, precisamos crescer muito e isso é um feito só nosso, pois ninguém pode fazer esse milagre por nós. Cada um veio aqui para experimentar, para provar do fruto da sabedoria e elevar a consciência cósmica adormecida dentro de cada um e  termos o Todo dentro de nossos corações.
Não existe raça ou ser humano escolhido por poderes celestes: todos somos irmãos, não somos melhores diante dos olhos do DIVINO É, que nos observa  pelas lentes do Amor incondicional; todos somos energia; todos somos luz!

Terrestre é só o corpo físico, que nasce, cresce e morre na Terra.
O espírito pertence à luz, à Inteligência, Divina Luz, de onde todos, universalmente, vêm e vão, extraterrestres ou humanos, tudo uma coisa só, tudo irmãos, pois são expressões do mesmo Todo que está em tudo.

Se vem asteróide por fora, pouco importa. Estou bem por dentro, para qualquer situação. Se o mundo vai acabar algum dia, não importa! Só sei que eu não acabo, nem hoje nem amanhã.

Sou eterno por natureza, em espírito. Eu sei disso e não posso provar para os outros, mas estou tranqüilo! A certeza disso em mim já me basta para não ter medo de ser feliz, aqui e agora, e amanhã também, com corpo denso ou sutil, na Terra ou em outros lares... sempre bem comigo mesmo, sempre lúcido na senda evolutiva, sempre com o coração e a mente abertos a tudo o que for positivo e voltado para o bem comum da humanidade como um todo.

Que alegria! Não sou guru nem discípulo de nada. Não sou escolhido de poder algum, sou viajante universal, livre para deslizar entre as estrelas. Contudo, mesmo assim, já estou contente com o  pouco de discernimento que tenho e que essa estadia na Terra me ofertou pelo decorrer das vidas que aqui vivi e ainda vivo bem. Nesse e em outros planos carrego a noção que  já me basta, o amor que carrego no coração. Assim sou e serei feliz em qualquer parte desse ou de qualquer outro plano, mundo, universo e no Nirvana.

Paz e Luz para todos, sem distinção de raça ou credo, terrestres e extraterrestres, encarnados e desencarnados, pois o Todo está em tudo, e em todos.
Sejamos felizes, mesmo que os outros não entendam o porquê.
Somos luz!
Na Terra ou em qualquer outro lugar onde a vida nos colocar, não façamos por menos: somos consciências imortais. E basta saber disso para ser feliz.

Creio ser  isso que uma consciência evoluída diria aos homens. “Todos nós estamos de visita neste momento e lugar. Só estamos de passagem. Viemos observar, aprender, crescer, amar e voltar para casa.”                 
"O INEFÁVEL É INVISÍVEL AOS OLHOS DA CARNE, MAS É VISÍVEL À INTELIGÊNCIA E AO CORAÇÃO."
*
Autores:
Wagner Borges - São Paulo-SP
Aylla Harard - Guaratinguetá-SP
*
Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*
Quer comentar?
Por favor, escreva-me:
sinapseslinks@gmail.com
*
Fraternalmente,
Leal - aprendiz em todas as instâncias da Vida
*

27 de jul de 2009

Automotivação

*





















6 dicas para se manter automotivado diariamente:

1. Faça do seu trabalho um desafio prazeroso e o seu dia será mais produtivo e feliz;

2. Visualize as suas metas diariamente, isso cria energia para alcançá-las;

3. Recorte fotos, figuras ou imagens referentes aos seus sonhos e use a imaginação para desfrutar dessa futura conquista;

4. Pense nas conquistas que já obteve no decorrer da vida, pois você já é um vencedor;

5. Fortifique a sua crença, preservando o seu lado espiritual, isso vai proporcionar equilíbrio e serenidade na sua caminhada;

6. Procure aprender algo novo todos os dias, com essa atitude você vai aumentar os seus conhecimentos, fortalecendo a sua autoconfiança.
*
Colaboração:
Mário Leal Filho - São Paulo-SP
*

26 de jul de 2009

Aprendi

*





















Aprendi

Que crescer não significa fazer aniversário.
Que o silêncio é a melhor resposta, quando se ouve uma bobagem.
Que trabalhar significa não só ganhar dinheiro.
Que amigos a gente conquista mostrando o que somos.
Que os verdadeiros amigos sempre ficam com você até o fim.
Que a maldade se esconde atrás de uma bela face!
Que não se espera a felicidade chegar, mas se procura por ela...
Que quando penso saber de tudo ainda não aprendi nada.
Que a natureza é a coisa mais bela na vida.
Que amar significa se dar por inteiro.
Que um só dia pode ser mais importante que muitos anos.
Que se pode conversar com estrelas.
Que se pode confessar com a lua.
Que se pode viajar além do infinito.
Que ouvir uma palavra de carinho faz bem à saúde.
Que dar um carinho também faz...
Que sonhar é preciso.
Que se deve ser criança a vida toda.
Que meus filhos, na verdade são irmãos...
Que nosso ser é livre.
Que Deus não proíbe nada em nome do amor.
Que o julgamento alheio não é importante.
Que o que realmente importa é a paz interior.
Aprendi que também se aprende errando.
E, finalmente, aprendi que não é preciso morrer, para se aprender a viver!
*
Colaboração:
Fernando Gomes de Souza
*

24 de jul de 2009

Gripe Suína

*

Liberdade

*























Liberdade!

Ao meu amigo filósofo Luciano Tykhé
Contemporâneo e Confrade,
Peço sua permissão para expor meu entendimento sobre:
*
Religião:
A religião é semelhante a um ônibus.
Te pega num determinado ponto e você desce quando você julgar oportuno.
Toda religião é um ônibus.
*
Liberdade:
Voltaire, o incrível Voltaire, disse:
"Não concordo com uma só das suas palavras, mas, defenderei até a morte o direito de dizê-las". Amém!
*
Fraternalmente,
Leal - aprendiz em todas as instâncias da Vida
*

Preconceito Religioso

*




















Preconceito religioso

Vou descartar as questões doutrinárias, os dogmas, as instituições religiosas... nesta abordagem.

Vou descartar as pressuposições científicas que refutam as crenças, refutam as questões de fé, fazendo-o através dos mecanismos da lógica, dos métodos científicos.

Há um preconceito religioso indesculpável; De fato, ele não é essencialmente religioso mas se opõe à religião à medida que esta ameaça a Ciência fora de seus domínios.

Muito provavelmente a religião blefou ou equivocou-se todas as vezes que invadiu este mesmo terrítório onde se reconhece que a ciência é inapta.

Este território é o da não-idéia, do impensável ou seja lá como queiram chamá-lo! Refiro-me ao que não pode ser provado, nem não-provado. A tudo o que foge de uma referência ou analogia, à derivação de uma outra idéia; O não-dito.

A Ciência torce o nariz afirmando que aúnica possibilidade de questionamento será uma "pergunta absurda". A religião, por sua vez, inventa, delira, mas arrisca explicações que tornam-se suas doutrinas, sua fé... E por serem falhas, são atacadas pela Ciência, já que agora há algo, uma idéia, para ser testado.

Quem inventou Deus? Que é o infinito? E eterno? Não me dê uma resposta, mas sim o que eu preciso saber!

Se eu perguntar "O que falta o Homem criar?", a resposta: "tudo o que não foi criado ainda", é apenas uma resposta, mas não fornece o que eu preciso saber. Afinal, que é esse "tudo"? Oras, esse "tudo" não pode ser dito!

Enquanto a Ciência considera um valor menor à Metafísica, a Religião, pelo menos, a considera pertinente; Fundamental!

É sob essa liberdade que a Religião sofre preconceito dos analíticos, dos cientistas. Ante a impossibilidade destes últimos oferecerem qualquer constribuição, desaprovam, à priori, qualquer elaboração neste sentido.

Antes mesmo da Verdade, a Liberdade.
*
Autor: Luciano Tykhé
Site: http://lucianotykhe.blogspot.com/
*

23 de jul de 2009

Conhece-te a ti mesmo

*

Allan Kardec

*





















Allan Kardec não deve ser lembrado no centro espírita...

O título acima pode ser estranho, no entanto, exprime indizível realidade.

Se alguém é lembrado, presume-se que em algum momento foi esquecido, e bem o sabemos que Allan Kardec não pode ser esquecido quando o assunto é Doutrina Espírita.

Sua presença deve ser constante nas instituições que estampam o nome de Centro Espírita.

Ele, além de ser o codificador, foi também o grande divulgador da Doutrina dos Espíritos.

Entrevistou as inteligências do invisível, escreveu, anotou, publicou obras, pesquisou com rigor e viajou em trabalho de divulgação.

Foram diversos livros dedicados a desvendar ao homem novos horizontes:
O Livro dos Espíritos, O Livro dos Médiuns, O Evangelho segundo o Espiritismo, O Céu e o Inferno, Gênese...

Livros criteriosos, inteligentes, interessantes, didáticos...
A literatura de Kardec é simples e profunda, seus comentários são autênticas lições de sabedoria e percebe-se nele uma alma elevada, sempre preocupada com a finalidade da existência humana.

Em O Livro dos Espíritos, seu comentário tão bem feito em A Lei do Trabalho retrata de forma magistral a finalidade educativa da Doutrina Espírita. Eis parcialmente o que escreveu o notável cidadão francês na ocasião:

(...) Há um elemento que não se costuma considerar, sem o qual a ciência econômica torna-se apenas uma teoria: é a educação. Não a educação intelectual, mas a educação moral; não ainda a educação moral pelos livros, mas a que consiste na arte de formar o caráter, que dá os hábitos: porque educação é o conjunto dos hábitos adquiridos. Quando se pensa na massa de indivíduos lançados a cada dia na torrente da população, sem princípios nem freios e entregues aos próprios instintos, devem causar espanto as conseqüências desastrosas que resultam disso? Quando essa arte for conhecida e praticada, o homem trará hábitos de ordem e de previdência para si e para os seus, de respeito pelo que é respeitável, hábitos que lhe permitirão atravessar menos angustiado os maus dias inevitáveis. A desordem e a imprevidência são duas chagas que uma educação bem conduzida pode curar; aí está o ponto de partida, o elemento real do bem-estar, a garantia da segurança de todos.

Compreende-se, então, a constante preocupação social de Allan Kardec.
O codificador intentava despertar a criatura humana para a necessidade da educação de seus próprios hábitos.

A paz começa na educação dos hábitos.

Pais que cultivam o saudável hábito do diálogo conquistam a amizade dos filhos, criando um ambiente de bem estar e segurança.

Cônjuges que vivenciam o bom hábito da empatia experimentam mais momentos de felicidade do que de decepção no relacionamento conjugal.

Lideranças espíritas que fazem do estudo das obras básicas um hábito transmitem com mais fidelidade os princípios doutrinários.

Fácil de concluir que a evolução de nosso mundo dependerá de nossa disposição em semear hábitos saudáveis, como bem acentua Allan Kardec.

Hábitos saudáveis, vida saudável, existência plena e feliz.

Por isso imperioso não apenas lembrar de Allan Kardec, mas, sim, estudar e pesquisar a obra construída por intermédio de sua abnegada mão, pois assim todos aqueles que chegarem ao centro espírita terão uma melhor compreensão dos temas que o codificador tanto prezou.
*
Wellington Balbo
http://wellingtonbalbo.blogspot.com/
*

20 de jul de 2009

Atitude

*























Atitude!

Uma mulher acordou uma manhã após a quimioterapia, olhou no espelho e percebeu que tinha somente três fios de cabelo na cabeça.

- Bom (ela disse), acho que vou trançar meus cabelos hoje.

Assim ela fez e teve um dia maravilhoso..

No dia seguinte ela acordou, olhou no espelho e viu que tinha somente dois fios de cabelo na cabeça.

- Hummm (ela disse), acho que vou repartir meu cabelo no meio hoje.

Assim ela fez e teve um dia magnífico.

No dia seguinte ela acordou, olhou no espelho e percebeu que tinha apenas um fio de cabelo na cabeça.

- Bem (ela disse), hoje vou amarrar meu cabelo como um rabo de cavalo.

Assim ela fez e teve um dia divertido.

No dia seguinte ela acordou, olhou no espelho e percebeu que não havia um único fio de cabelo na cabeça.

- Yeeesss... (ela exclamou), hoje não tenho que pentear meu cabelo..

ATITUDE É TUDO!

Seja mais humano e agradável com as pessoas.

Cada uma das pessoas com quem você convive está travando algum tipo de batalha.

Viva com simplicidade..
Ame generosamente.
Cuide-se intensamente.
Fale com gentileza.
E, principalmente, não reclame.

Se preocupe em agradecer pelo que você é, e por tudo o que tem!

Deixe o restante com Deus e tenha um BOM DIA!
Alzira Suzuki
*

Família

*





















O Centro Espírita "Caminho de Luz" convida a todos para a palestra:

"As escolhas na família e suas consequências, algumas judiciais."

Para abordar um tema tão atual e importante os palestrantes convidados serão:

Dr. Jorge Alberto Passos Rodrigues - Juiz de Direito da Vara da Família e das Sucessões da Comarca de Taubaté e o Sr. Gilberto Rodrigues - Psicólogo, Bacharel em Direito e Conciliador da Vara da Família e das Sucessões da Comarca de Taubaté.

A palestra acontecerá no dia 22 de julho, às 19h15
*
Autoria: ceuctaubate@gmail.com
*

Sistema Solar

*




















Sistema Solar

O Universo tem limites? Vai ser eterno? Viajaremos por ele?

Os bilhões de galáxias, estrelas, planetas e outros corpos celestes, as distâncias infinitas, as dimensões fantásticas e a dinâmica das transformações situam o Universo muito além da imaginação e das indagações humanas.

Nosso planetinha está dentro dele. É uma jóia minúscula, mas berço de nossas vidas e repositório de outras tantas maravilhas.

Em tudo, o Universo assombra, espanta e encanta.
Para que ele exista é necessário que haja um Criador.
Com Poder, Inteligência, Criatividade, gosto pela Beleza e pela Vida, em grau máximo.

É um privilégio de nossa geração poder conhecer melhor e ser participante desta obra incomparável de Deus.
*
Autoria: desconhecida
*

19 de jul de 2009

O Homem na Lua

*




















O Homem na Lua - 20JUL1969

Hoje estamos comemorando o quadragésimo aniversário da chegada do homem à Lua.
Foi emocionante... vi na televisão!

Sou um leigo.
Sou um aprendiz em todas as instâncias da Vida.
Mas,
Sou levado a refletir:
"Conquistas Externas e Conquistas Internas"
O Homem, desde então, realizou muitas conquistas externas, tecnológicas.
O Homem, desde então, engatinhou nas conquistas internas, no campo da moral, pois, a Humanidade continua sofrendo muito, passando por grandes dificuldades no campo do Amor Fraterno.
*
Sejamos Abençoados!
Há muito para ser aprendido por todos nós.
Investimos muito no Externo e pouco no Interno.
O preço implícito e intrínseco é caro, muito alto.
Luz!
Leal
*

Arte

*

Amor

*

Arte

*

17 de jul de 2009

Privacidade na Internet

*




















Não há privacidade na internet

BRUCE SCHNEIER
DO SCHNEIER.COM

Se seus dados estiverem on-line, eles não são privados. Talvez eles pareçam privados. Certamente, só você tem acesso ao seu e-mail. Na verdade, você e o seu provedor. E o provedor de seu remetente. E qualquer provedor das principais conexões de internet que por acaso acompanhe o percurso desse e-mail do remetente até você.

Se você lê seu e-mail pessoal no trabalho, a sua empresa tem acesso a ele. E, se instalar mecanismos de rastreamento nos pontos certos, a Agência Nacional de Segurança (NSA, na sigla em inglês) e qualquer outro órgão de inteligência do governo norte-americano, também.

É evidente que você poderia codificar o seu e-mail, mas poucos entre nós fazem isso. A maioria das pessoas agora usa webmail. O problema é que, normalmente, seus dados on-line não estão sob seu controle. Seu webmail está menos sob seu domínio do que poderia estar se suas mensagens fossem baixadas em seu computador.

Se você usa o Salesforce. com, está contando com essa empresa para proteger seus dados. Se usa o Google Docs, você está confiando no Google. Esse é o motivo pelo qual o Centro de Informações sobre Privacidade Eletrônica (Epic, na sigla em inglês) registrou queixa na FTC (agência reguladora governamental norte-americana): confiamos no mecanismo de segurança do Google, mas não sabemos o que ele é.

Isso é uma novidade. Há 20 anos, se alguém quisesse vasculhar a sua correspondência, teria de invadir a sua casa. Agora, essa pessoa pode simplesmente entrar no seu servidor. Há dez anos, suas mensagens de voz eram guardadas em uma secretária eletrônica no seu escritório; agora, estão em um computador que pertence a uma empresa de telefonia.

Suas movimentações financeiras encontram-se em websites remotos, que são protegidos apenas por meio de senhas; os dados sobre os empréstimos que você fez são recolhidos, armazenados e vendidos por empresas que você nem sequer sabe que existem. E mais dados estão sendo gerados. Listas de livros que você compra, assim como de livros pelos quais você dá uma passada de olhos, são armazenadas em computadores das livrarias.

Seu cartão de fidelidade informa ao seu supermercado quais alimentos você aprecia. O que era uma moeda anônima colocada em uma cabine de pedágio transformou-se em pedágio eletrônico, que registra em que estrada você esteve e quando.

O que costumava ser uma conversa cara a cara tornou-se agora um bate-papo eletrônico, uma troca de mensagens de texto por celular ou uma conversa no Facebook.

Quanto a nossa segurança e privacidade, não temos nenhuma escolha, além de confiar nessas empresas, mesmo que elas tenham pouca motivação para nos proteger. Tanto a ChoicePoint e a Lexis Nexis (empresas de internet norte-americanas de banco de dados) quanto o Bank of America ou a T-Mobile não assumem os custos relacionados a violações de privacidade ou a roubos de identidade digital.

Essa perda de controle sobre nossos dados tem outros efeitos também. Nossas proteções contra casos de abuso policial foram drasticamente diluídas.

Os tribunais têm autorizado a polícia a investigar nossos dados sem um mandado se esses dados se encontrarem sob o domínio de terceiros. Se a polícia quiser ler um e-mail no seu computador, ela precisa de um mandado, mas isso não será preciso se o e-mail for lido a partir dos arquivos de backup localizados em seu provedor.

Direitos digitais
Isso não é um problema tecnológico, é um problema jurídico. Os tribunais precisam reconhecer que, na era da informação, privacidade virtual e privacidade física não têm as mesmas fronteiras. Nós deveríamos ser capazes de controlar nossos próprios dados, independentemente de onde eles estivessem armazenados. Deveríamos ser capazes de tomar decisões sobre a segurança e a privacidade de nossos dados e ter respaldo legal no caso de as empresas falharem em honrar essas promessas.

Tradução de FABIANO FLEURY DE SOUZA CAMPOS
*
Fonte:
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/informat/fr1507200908.htm
*

AVC - Acidente Vascular Cerebral

*



























Agulha que salva!

Uma agulha pode salvar a vida de alguém com começo de AVC.

Uma agulha pode salvar a vida de um paciente com principios de derrame....

Dito por uma professora chinesa.

Guarde uma seringa ou uma agulha para fazer isto - é um método nada convencional para recuperar alguém de um derrame.

Quando um derrame estiver a ocorrer fique calmo.

Independentemente de onde a vitima estiver, não a mova do lugar. Quando o derrame acontece, as veias capilares no cérebro vão-se gradualmente rompendo. Se a pessoa for movida os capilares vão se romper. Se tiver na sua casa uma seringa melhor. Se não tiver, pode usar uma agulha de costura ou um alfinete.

1. Aqueça a agulha/ alfinete para esterilizar e depois dê uma alfinetada em todos os dedos das mãos do paciente.

2. Não há pontos específicos nos dedos para a acupuntura, mas pode picar 1 milímetro perto da unha.

3. Pique até o sangue começar sair.

4. Se o sangue não começar a sair, então aperte com os dedos.

5. Quando todos os dedos começarem a sangrar, espere alguns minutos e depois puxe as orelhas do paciente até ficarem vermelhas.

6. Pique cada um dos lóbulos das orelhas até começar a sair uma gota de sangue de cada lóbulo. Depois de alguns minutos a pessoa começará a recuperar os sentidos.

Espere até que recupere o estado normal e leve-o para o hospital.

Se for levado às pressas para o hospital, a viagem turbulenta vai fazer com que os vasos capilares no cérebro se rompam.

"Eu aprendi a tirar gotas de sangue para salvar vidas através de um médico de medicina tradicional chinesa.. Ele chama-se Ha Bu Ting. Mais tarde tive experiência prática sobre o assunto e posso dizer que este método é 100% eficaz.

Em 1979, eu era professora no colégio de Fung Gaap em Tai Chung. Uma tarde, um outro professor veio correndo para a minha sala e disse 'Sra. Liu, venha rápido, o nosso supervisor teve um derrame!"

Eu fui imediatamente para o 3º andar. O Sr. Chen Fu Tien estava pálido, o seu discurso era feito através de sussurros, a boca torta - sintomas de um derrame. Imediatamente pedi a um dos estudantes para ir a uma farmácia comprar uma seringa, que usei para picar o Sr.. Chen em todos os dedos.

Quando todos os dedos estavam a sangrar (cada um dos dedos com uma gota de sangue do tamanho de uma ervilha), o Sr. Chen começou a recuperar a sua cor.

Mas a boca continuava torta. Então, eu puxei as orelhas dele para

enchê-las de sangue. Quando as orelhas dele começaram a ficar vermelhas, eu piquei o lóbulo da orelha direita por 2 vezes para saírem duas gotas de sangue E depois o lóbulo da orelha esquerda.

Dentro de 3 a 5 minutos o formato da boca voltou ao normal e a sua maneira de falar tornou-se clara.

Nós o deixamos descansar algum tempo e o levamos para o hospital. Ele ficou lá em repouso por uma noite e no dia seguinte deram alta para dar aula.

Tudo correu normalmente. Não apareceu nenhuma doença derivada do primeiro Socorro que lhe foi aplicado. Por outro lado, normalmente as vitimas de derrame sofrem danos irreparáveis nos capilares do cérebro durante o percurso para o Hospital.

Como resultado, essas vítimas nunca se recuperam.

Por isso, o derrame é a segunda maior causa de morte. Os que têm sorte podem sobreviver, mas ficam paralíticos para toda a vida. È coisa horrível de acontecer na vida de alguém.
*
Colaboradora:
Maria Christina Camargo Leal
Pindamonhangaba-SP
*
Colaborador:
Angelo Celso Ragusa
São Paulo-SP
*

16 de jul de 2009

Curso da Maísa

*

Palestra da Aylla

*

Gripe Suína

*























GRIPE “SUÍNA”

PERGUNTAS E RESPOSTAS:

1 . Quanto tempo dura o vírus da gripe “suína” em uma superfície lisa?
R: Até 10 horas.

2. Qual é a utilidade do álcool para limpar as mãos?
R: Torna o vírus inativo e o mata.

3 . Qual é o meio mais eficaz de infecção deste vírus?
R: O ar não é a forma mais eficaz para a transmissão do vírus, o fator mais importante para a fixação do vírus é a umidade, (mucosa do nariz, boca e olhos), o vírus não voa e não atinge mais de um metro distância.

4.- É fácil se contagiar em aviões?
R: Não, é um meio pouco propício para contágio.

5 . Como posso evitar o contágio?
R: No levar as mãos ao rosto, olhos, nariz e boca. Não ficar perto de pessoas doentes. Lavar as mãos mais de 10 vezes por dia.

6 .- Q: Qual é o período de incubação do vírus?
R: Em média 5 a 7 dias e os sintomas aparecem quase que imediatamente.

7 . Quando se deve começar a tomar medicação?
R: Dentro de 72 horas depois do diagnóstico é muito bom, a melhora é de 100%.

8 . De que forma o vírus entra no corpo?
A: Pelo contato, ao dar as mãos ou beijar na bochecha e pelo nariz, boca e olhos

9 . O vírus é letal?
R: Não, o que provoca a morte é a complicação da doença causada pelo vírus, que é pneumonia

10 . Quais os riscos dos familiares de pessoas que morreram?
R: Podem ser portadores e formar uma cadeia de transmissão.

11 .A água nas piscinas transmite o vírus?
R: Não, porque contém químicos e cloro.

12 .O que faz o vírus quando provoca a morte?
R: Uma cascata de reações, tais como insuficiência respiratória; a pneumonia grave é a que causa a morte.

13.Quando se inicia o contágio,antes ou até que os sintomas aparecem?
R: Desde que se tem o vírus, antes dos sintomas.

14 .Qual é a probabilidade de recaída com a mesma doença?
R: 0%, pois a recaída imuniza o vírus da gripe “suina”.

15 .Onde é que se encontra o vírus no ambiente?
R: Quando uma pessoa espirra ou tosse, o vírus pode permanecer nas superfícies lisas, como portas, dinheiro, papéis, documentos, desde que haja umidade. Desde que não se esterilize o ambiente é extremamente recomendável a higiene das mãos.

16 . Se eu for a um hospital particular vão me cobrar pelo remédio?
R: Não, existe um acordo de não cobrar porque o governo está entregando os remédios a todas as instituições de saúde públicas e privadas.

17 . O vírus ataca mais os asmáticos?
R: Sim, os pacientes são mais suscetíveis, mas tratando-se de um novo germe todos nós somos igualmente suscetíveis.

18 .Qual é a população estária que este vírus está atacando?
R: De 20 a 50 anos de idade.

19 . É útil cobrir a boca?
R: Há algumas máscaras de boca de mais qualidade que outras, mas se você for saudável é contraproducente, pois o vírus por seu tamanho atravessa a máscara como se ela não existisse e usando-a cria-se na área do nariz e boca um micro clima úmido propício ao desenvolvimento viral; mas se você já está infectado use-a para NÃO infectar outras pessoas; é relativamente eficiente.

20 . Posso fazer exercício ao ar livre?
R: Sim, o vírus não anda no ar e nem tem asas.

21 . Tomar Vitamina C serve para alguma coisa?
R: Não serve de nada para prevenir o contágio deste vírus, mas ajuda a resistir seu ataque.

22 . Quem está a salvo desta doença ou quem é menos suscetível?
R: A salvo ninguém está, o que ajuda é a higiene dentro de casa, escritórios, utensílios e evitr ir em locais públicos.
23 . O vírus se move?
R: Não, o vírus não tem asas nem pernas, uma pessoa contaminada o faz entrar no interior do organismo.

24 . Os animais de estimação se contagiam com o vírus?
R: Com este vírus NÃO, provavelmente se contagiam com outro tipo de vírus.

25 . Se eu vou a um velório de alguém que morreu deste vírus posso infectar-me?
R: NÃO.

26 . Qual é o risco de mulheres grávidas contrair este vírus?
R: As mulheres grávidas têm o mesmo risco, mas é em dobro, elas podem tomar antivirais em caso de contágio mas com rigorosa supervisão médica.

27 . O feto pode ter lesões se uma mulher grávida estiver contagiada por este vírus?
R: Não sabemos que estragos pode fazer no processo, pois é um vírus novo.

28 . Posso tomar ácido acetilsalicílico (aspirina)?
R: Não é recomendado, pode causar outras doenças, a menos que você já o utiliza por prescrição médica para problemas coronários, nesse caso, continue tomando-o.

29 . Ajuda alguma coisa tomar antivirais antes dos sintomas?
R: Não ajuda em nada.

30 . As pessoas com HIV, diabetes, aids, câncer, etc., podem ter maiores complicações do que uma pessoa saudável quando se contagia com o vírus?
R: Sim.

31 . Uma gripe convencional forte pode se converter em influenza?
R: NÃO.

32 . O que mata o vírus?
R: O sol por mais de 5 dias no meio ambiente, o sabão, os antivirais, o álcool gel.

33 . O que fazem nos hospitais para evitar contágios em outros pacientes que não têm o vírus?
R: O Isolamento.

34 . O álcool gel é eficaz?
R: Sim, muito eficaz.

35 . Se eu sou vacinado contra a gripe da estação estou segura contra este vírus?
R: Não serve para nada, ainda não há vacina para este vírus.

36 . Este vírus está sob controle?
A: Não totalmente, mas as autoridades da saúde estão tomando medidas agressivas de contenção.

37 . O que significa passar do alerta 4 ao alerta 5?
R: A fase 4 faz as coisas diferentes na fase 5; isso significa que o vírus se propagou de pessoa a pessoa em mais de 2 países, e a fase 6 é que se propagou em mais de 3 países .

38 . Quem foi infectado por este vírus e se cura, fica imune?
R: Sim.

39 .. As crianças com tosse e gripe têm influenza?
R: É pouco provável, as crianças são pouco afetadas.

40 . Quais as medidas que as pessoas que trabalham devem tomar?
R: Lavar as mãos várias vezes ao dia.

41 . Eu posso me contagiar ao ar livre?
R: Se há pessoas infectadas e que tossem ou espirram sim, pode acontecer, mas o ar é um meio de pouco contágio.

42 . Pode-se comer carne de porco?
R: Sim, pode e não há nenhum risco de contágio.

43 . Qual é o fator determinante para saber se o vírus já está controlado?
R: Embora a epidemia esteja controlada agora, no inverno boreal (hemisfério norte) pode retornar e ainda não haverá vacina.
*

15 de jul de 2009

SinapsesLinks no Google

*

*









SinapsesLinks no Google

Link para o Google:
http://similar-images.googlelabs.com/images?hl=en&q=sinapseslinks&btnG=Search+images
*
Ficarei feliz se você me der um feedback sobre a pesquisa.
Muito obrigado.
Seja Abençoado.
Leal - aprendiz em todas as instâncias da Vida
sinapseslinks@gmail.com
*

Presente da Gigi

*





















Gigi e Sarinha,
Sejam Abençoadas!
Tô Feliz!
Muito obrigado pelo lindo presente!
Começarei a leitura ainda hoje!!!
1 beijo pra cada uma.
Paivô
*

Acervo - Religião

*

SinapsesLinks - Paz!

*

A Vontade de Deus

*






















Como saber a vontade de Deus para minha vida?


Nas últimas semanas, através de vários e-mails, foi-me proposta a pergunta acima. Por entender ser esta uma angústia de muita gente, resolvi transformar minha tentativa de resposta num texto público.

A vontade geral de Deus está exaustivamente registrada nas escrituras. Não mate, não adultere, não cobice, não seja idólatra, não minta, não roube, não se prostitua. Caminhando mais, aprofundando o fato de que Deus prefere obediência no lugar do sacrifício, a vontade dEle nos desafia a amar, a Ele e ao próximo, com toda alma, coração e entendimento. Um mundo que assim vivesse, sem dúvida, viveria melhor.

Mas penso que a pergunta que me foi feita anseia por respostas pessoais, específicas. Quem perguntou deve desejar saber a resposta sobre a vontade de Deus para sua vida particular. Então, aqui vai a minha resposta, da forma mais direta e honesta que posso expor: não sei! Já perdi a conta do número de vezes que me fiz esta pergunta entre lágrimas, dores, perdas, derrotas. Sem respostas, a resignação com os eventos da minha realidade junto a muita oração, clamor e espera, foram as únicas atitudes que consegui desenvolver.

E depois? Tive respostas? Algumas vezes, sim, outras, não. E minha fé? Minha vida? Com dificuldade ou não, tudo continuou. Desde cedo aprendi a não desistir, a não parar, a continuar lutando. Albert Einstein tem um pensamento inspirador para fases difíceis: "A vida é como andar de bicicleta, para manter o equilíbrio é preciso se manter em movimento". Ou seja, parar e entregar-se a lamentações aceitando a derrota, numa passiva auto-comiseração tirará nosso equilíbrio, foco e força para lutar, para continuar.

Sim, não sei a resposta, mas sei de outras coisas. Sei do amor de Deus por todos nós. Sei do perdão do Pai para todos nós. Sei que a nossa justiça não passa de trapos imundos perante a santidade dEle. Sei que a nossa vida tem o propósito de glorificar a Deus e, lamentavelmente todos nós, sem excessão, falhamos. Sei que sem Ele, somos menos que nada, mas em Cristo, somos filhos, imperfeitos e pecadores, mas filhos. Sei que Ele é o "Pai nosso que estás no céu", portanto toda vez que oramos, no céu, o Pai está pronto, atento, recebendo nossas orações. Sei que o cair é nosso e o levantar é dEle. Sei que as obras da nossa carne são exatamente isso, obras, orgulhosas, arrogantes, inconsequentes. Sei que o fruto do Espírito é exatamente isso, fruto, pois somente o Espírito Santo pode produzir em nós amor, paz, bondade, paciência, fé, mansidão, domínio próprio. Sei que nosso Senhor conquistou a vitória na cruz e nos desafia a tomarmos nossa cruz e seguí-lo. Sei que pela graça somos salvos e que, em novidade de vida, devemos dar a outra face e caminhar a segunda milha. Enfim, sei que apenas saber e não praticar de nada nos adiantará.

Por tudo isso e muito mais, devemos continuar caminhando, lutando e esperando, aprendendo a viver numa total dependência do Eterno. Afinal, ainda que nossa compreensão muitas vezes não alcance satisfação, nossa fé deve continuar a crer que Ele sabe os "porquês", que Ele nunca falha, que Ele nunca se atrasa.

Para esta caminhada encontrei um conselho, bíblico e prudente, deixado por João Calvino: "A mais segura fonte de destruição dos homens é obedecer a si mesmo". Bíblico porque esta é uma expectativa do céu, nossa espontânea e prazerosa obediência, não como pagamento para se conquistar a eternidade, simplesmente não é possível, mas como gratidão, reconhecimento e desejo de santificação em nossas vidas. Prudente porque obedecer nossos caprichos e achismos muitas vezes nos levará para os riscos da destruição.

Na maioria das vezes, são as fases de sofrimento que provocam a pergunta sobre a vontade de Deus para nossas vidas. Nas fases de bonança, paz e prosperidade, dificilmente questionamos se é justa ou não a vontade de Deus. No entanto, apesar das pressões, tensões e testes advindos das mais duras provas, devemos continuar crendo na proximidade e cuidado de Deus por nós, pelo menos foram estas as palavras do apóstolo Paulo à igreja de Corinto, com elas, termino este texto: "Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados; perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos; trazendo sempre por toda a parte a mortificação do Senhor Jesus no nosso corpo, para que a vida de Jesus se manifeste também em nossos corpos". II Coríntios 4.8-10.

Paz!

Pr. Edmilson Mendes

Edmilson Ferreira Mendes é teólogo. Atua profissionalmente há mais de 20 anos na área de Propaganda e Marketing. Voluntariamente, exerce o pastorado há mais de dez anos. Além de conferencista e preletor em vários eventos, também é escritor, autor de quatro livros: '"Adolescência Virtual", "Por que esta geração não acorda?", "Caminhos" e "Aliança".
*
Contatos com o pastor Edmilson Mendes:
mendeslongo@uol.com.br
www.mostreatitude.com.br
*

Compaixão

*






















COMPAIXÃO

Segundo o que versa o verbete do Dicionário Digital Aulete sobre COMPAIXÃO, temos: Sentimento pesar, pena e simpatia para com o sofrimento de outrem, associado ao desejo de confortá-lo, ajudá-lo etc.; DÓ; PIEDADE.

A compaixão, este sentimento tipicamente humano, tem sido destaque da mídia ultimamente. Quantas não foram as calamidades de toda sorte ocorridas recentemente, nas quais milhares de pessoas mobilizaram-se para auxiliar seus irmãos desafortunados e vítimas de tsunamis, guerras civis, terremotos, enchentes, enfim, diversos eventos provocados pelo homem ou pela natureza e que são exaustivamente veiculados nas emissoras de TV, imprensa escrita, internet... Diante dessa avalanche de informações e de sua reiterada repetição, não é difícil que as pessoas tenham seu íntimo despertado para este sentimento: a compaixão.

Desperta a compaixão em nossos íntimos, passamos então a nos mobilizar para auxiliar nossos irmãos ou pelos menos minimizar seus tormentos. Entidades de ajuda humanitária então demovem grandes esforços, doações são realizadas e levadas a quem necessita. Quantas dores então são amainadas, quantos necessitados enxergam então um norte de esperança...a compaixão! A compaixão que leva à caridade, à solidariedade...
E quanto à compaixão anônima, aquela que podemos praticar nos pequenos gestos do dia-a-dia?

Quantos reparam no irmão bem próximo, familiar, amigo, vizinho, a ponto de perceber uma angústia em seu olhar, uma necessidade de uma palavra de encorajamento ou um gesto de afeto?

Quantos, ao passar por um indigente que esmola uns trocados, permanecem sem se irritar ou se questionar se aquele infeliz é criminoso ou viciado ou o que ele poderá fazer com os trocados que vier a dar? Então, não dá os trocados e isenta sua consciência, justamente por conta da idéia preconceituosa, também isenta de compaixão... Quantos, nesta situação, aproximam-se do irmão de jornada (já que todos somos filhos de uma mesmo Pai estamos neste Planeta em evolução) e lhe pergunta: Tens fome? Posso lhe oferecer algo para comer? Mas é mais fácil pré conceber a situação e nada fazer, apesar de penalizar-se da pessoa...

E nesse último exemplo vemos a diferença ainda entre dó e compaixão: enquanto aquela é estática, esta é dinâmica, leva à ação, ao movimento, ao fazer, ou seja, conduz à caridade em ação.

É justamente o medo de envolver-se com o outro que torna a compaixão difícil de ser praticada, nesta realidade globalizada e, ao mesmo tempo, individualista em que vivemos, que paradoxo!. Remeter donativos às vítimas da fome na África e isentar a consciência é fácil, mas que dizer de estender a mão a quem precisa, envolver-se em seus problemas, ajudar a resolvê-los? Mas não, o problema não é seu, cada um que resolva os que tem, porque nos falta tempo e vemos tais atitudes até entre os irmãos de causa religiosa, em quaisquer denominações.

Será tão difícil exercitar a compaixão e tirarmos a ferrugem da porção de humanidade que temos latente em nossas almas? Seria muito complicado oferecer uma sobra de comida a um animalzinho abandonado que aporta à soleira de sua porta em busca de abrigo e em fuga aos maus tratos? Tão difícil, em seu local de trabalho, deixar de lado a competitividade insana e perguntar ao colega visivelmente abatido: estás bem, precisa conversar? Tão complicado assim dar um abraço em alguém? Isso mesmo, quantas vezes abraçou alguém nesta semana?

A compaixão, como todos nossos propósitos para o bem, exige prática diuturna, pois com o tempo desabrocha como qualidade natural que reside em nós e passa não só ser uma obrigação para com nossos irmãos, mas uma necessidade para nossos espíritos que buscam o caminho da luz e da perfeição relativa. ‘Sede perfeitos, como Vosso Pai é perfeito’, disse nosso querido Mestre.

Avante então irmãos, mãos à obra, deixemos aflorar a compaixão guardada em nós, coloquemo-nos na situação de nossos irmãos, pratiquemos a caridade e, acima de tudo, busquemos agora e, cada vez mais, nos tornarmos mais ‘humanos’.
Um grande abraço e muita paz.
*
Autora:
Daniela Marchi
Araçatuba-SP
*

14 de jul de 2009

Dia dos Amigos

*





















Dia dos Amigos!

A pergunta é:
Podemos passar pela Vida sem Amigos?

Qualquer tentativa para classificar as pessoas está passível de que haja uma injustiça e também omissões.

É importante nos lembramos que todas as pessoas que passam e/ou "acontecem" na nossa Vida é um evento importantíssimo, pois, sempre ocorre uma "troca" de experiências, informações explícitas e/ou implícitas.

Se substituirmos a palavra "Pessoa" por "Coração" acredito que melhora muito a nossa visão a respeito daqueles que foram postos no nosso caminho.

Todas as Pessoas são importantes.
Todas as Pessoas são nossos Professores.
Todos os Corações são importantes.
Todos os Corações são sensíveis.

Agradeço por vocês adicionar sua Estrela no meu Céu.
As Estrelas brilham nas noites Escuras!

Sejam Abençoados!

★Afonso,★Alba,★Alberto,★Alessandra,★Alexandre,★Alfredo,★Alidás,★Alvaro,★Alzira,★Amauri,★Amendola,★Ana,★Anália,★Anderson,★André,★Aníbal,★Antenor,★Antonio,★Arthur,★Axel,★Aylla,★Beatriz,★Benedito,★Benito,★Bettoni,★Bonani,★Bragion,★Cania,★Carla,★Carlos,★Cécile,★Christina,★Cidinha,★Cíntia,★Clarice,★Claudete,★Cláudio,★Clycia,★Dalila,★Dalva,★Daniela,★Danilo,★Darcy,★Davi,★Deborah,★Deusa,★Diego,★Diogo,★Diniz,★Dirce,★Douglas,★Edgar,★Edna,★Edson,★Eduardo,★Edwirges,★Elaine,★Eliana,★Elias,★Eliezer,★Elisângela,★Eliza,★Ellam,★Elza,★Erda,★Evaldo,★Fátima,★Federico,★Felipe,★Fernanda,★Francisco,★Gabriela,★Geruza,★Ginnetti,★Gisele,★Goataçara,★Gustavo,★Humberto,★Ianaê,★Ida,★Irenita,★Irvênia,★Ítalo,★Iza,★Jean,★João,★Jocelina,★Jorge,★José,★Juliana,★Júlio,★Kamila,★Karine,★Klyvian,★Kobbaz,★Lair,★Leda,★Leila,★Leonardo,★Lily,★Lizandra,★Losso,★Lourdinha,★Luis,★Maisa,★Manoel,★Marcos,★Maria,★Marilda,★Mario,★Marlene,★Marlise,★Marly,★Maurício,★Michel,★Mon,★Mônica,★Moreira,★Nelson,★Nilson,★Olga,★Paulo,★Pedro,★Raquel,★Renato,★Ricardo,★Ricco,★Roberto,★Rolando,★Roseli,★Rosilea,★Sarah,★Sérgio,★Sheila,★Shirley,★Sidiney,★Silvana,★Socorro,★Suzana,★Telma,★Valério,★Victor,★Wagner,★Wallace,★Wellington,★Wilda,★Wilza,★Zezinho,
*

Miríade

*




















MIRÍADE

No início de julho, uma procuradora-geral da República propôs ao STF que a Corte declare obrigatório o reconhecimento da união entre pessoas do mesmo sexo, já que a falta desse reconhecimento os impede de ter acesso a uma miríade de direitos.
A palavra “miríade” é um substantivo feminino que tem sua origem no grego 'myras, myriados', que significa “dez mil”. Entretanto, no sentido figurado, é uma palavra utilizada para designar uma grande quantidade de coisas.

>> Definição do “iDicionário Aulete”:
s. f. || o número de dez mil. || (Fig.) Grande quantidade, grande número de coisas: Aclarado já de miríades de estrelas cintilantes no céu azul. ( Garrett. ) Miríades de povo satisfeito giram em torno dela. (Idem.) F. gr. Myrias, myriados (dez mil).
...
iDicionário Aulete: O primeiro dicionário livre, gratuito e interativo do Brasil. A palavra é sua!
*
Fonte:
www.aulete.com.br
*

12 de jul de 2009

Esoterismo quântico

*

























Esoterismo quântico

Novo livro do cientista Victor Stenger ataca os gurus que mistificam conceitos da física para dar verniz de ciência a suas crenças

PABLO NOGUEIRA
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

Tanto os fãs ardorosos dos documentários "Quem somos nós" e "O Segredo" quanto os espectadores que consideraram esses filmes um desfile de bobagens requentadas do movimento Nova Era podem tirar algum proveito do novo livro do físico americano Victor Stenger. "Quantum Gods" (Deuses Quânticos) se destina justamente a atacar a crença de que as modernas teorias cientificas são perfeitamente compatíveis com toda forma de prática esotérica.
O livro é uma resposta direta a ambos documentários, nos quais cientistas, médicos, religiosos e gurus de auto-ajuda recorrem a conceitos da mecânica quântica -ramo da física que explica o comportamento da matéria a níveis muito pequenos- e de outras ciências para abordar temas místicos como poder do pensamento, carma, vida após a morte etc.
Desde o fim dos anos 1980, Stenger tem militado na corrente neoateísta que tem no biólogo Richard Dawkins e no filósofo Daniel Dennett suas faces mais conhecidas. Seu novo livro começa fazendo um breve e irônico levantamento das idéias defendidas pela nova onda de gurus quânticos.
Stenger dá destaque a Amit Goswami, físico indiano bastante popular no Brasil, tendo sido entrevistado duas vezes no programa Roda Viva, da TV Cultura. Mas até o Dalai Lama é citado, devido a seu livro "O Universo num Só Átomo". O líder tibetano, porém, é abordado de forma respeitosa.
Já o fundador da meditação transcedental, o físico e guru indiano Maharishi Yogi (1917-2008) recebe chumbo pesado. David Bohm e Fritjof Capra, cientistas que não aparecem nos filmes, mas que são pioneiros do encontro da Mecânica Quântica com a Nova Era, também não escapam ilesos.
Divulgador experiente, Stenger inclui no livro seções que formam uma curta mas substanciosa história da ciência. Isso permite a um leigo tomar pé do debate sobre problemas teóricos complexos, mas deixa passar a chance de desmontar detalhadamente afirmações supostamente científicas com as quais o espectador se depara em "Quem somos nós".
Em vez de tentar negar, por exemplo, a afirmação de Goswami de que a consciência é o fundamento do Universo, ele prefere repassar a história da criação da física de partículas. Em vez de contestar os experimentos de Masaru Emoto, que afirma que as moléculas de água podem ser alteradas pela força do pensamento, ele descreve os fracassos obtidos em testes de parapsicologia.
É como se Stenger acreditasse que uma apresentação criteriosa de conceitos complicados, como o emaranhamento quântico, será o suficiente para que os leitores possam, por si só, perceber os pontos em que Capra, Goswami e companhia estão "forçando a barra".

Em benefício da dúvida
Só que o mais provável é que o leitor leigo se sinta incapaz de chegar a uma conclusão por conta própria. Neste caso, provavelmente a leitura apenas terá colaborado para aumentar suas dúvidas. Porém, isso, por si só, já pode ser algo positivo. Afinal, uma das maiores objeções que se pode fazer a "Quem somos nós" é que o filme não avisa aos espectadores que as posições ali apresentadas são, no mínimo dos mínimos, controversas, e que não são endossadas pela imensa maioria da comunidade cientifica.
Stenger oferece aos leitores a visão acadêmica destes mesmos temas, numa linguagem acessível. Saber que existe uma outra visão (na verdade várias) da mecânica quântica pode ser uma grande novidade para muitos dos fãs de "Quem somos nós", que fizeram dele o quinto documentário mais lucrativo da história dos EUA.
O livro analisa também as idéias de outros grupos que, volta e meia, recorrem à mecânica quântica para sustentar suas idéias. Ilya Prigogine, prêmio Nobel de química de 1977 e herói da corrente acadêmica conhecida como transdiciplinaridade, é diretamente contestado. Prigogine afirma que os processos termodinâmicos não podem ser abordados através do tradicional reducionismo metodológico tão caro à ciência moderna pois, neste caso, esses processos não seriam reversíveis no tempo.
Stengers afirma que, por princípio, todos os processos físicos são reversíveis temporalmente, e que Prigogine "está completamente errado, mesmo tendo ganho um prêmio Nobel". Também sobram críticas para a parapsicologia e para os teólogos que investigam o mundo microscópico em busca de sinais da ação do Deus cristão, ou de algo próximo a ele.

Sobrecarga
Ao mirar em tantos objetivos diferentes, o autor sofre do ônus de ter poucas páginas para devassar temas muito variados e complexos. Sem o espaço necessário para uma exposição mais adequada, sua argumentação soa, em vários momentos, concisa demais. Mas há um motivo para isso: em livros anteriores ele já investiu diretamente contra criacionistas, adeptos do Design Inteligente, da parapsicologia etc. Aqui, em certos momentos onde seria necessário um maior aprofundamento, ele se limita a se referir a sua própria obra.
No final do livro, Stenger argumenta diretamente contra a existência de qualquer tipo de divindade. Sua visão do fenômeno religioso lembra um pouco a de Dawkins, restringindo-se a análise de certos estereótipos. Nada disso, porém, chega a comprometer a consistência do livro. Stenger tem o conhecimento científico e a expertise literária necessários para apresentar um bom contra-ponto à febre de física Nova Era que continua circulando pelo planeta, Brasil inclusive.

-----------------------------------------------
LIVRO - "Quantum Gods"
Victor Stenger; Prometheus Books, 292 págs., US$ 27,00
*
Fonte:
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ciencia/fe1207200903.htm
*
Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*

11 de jul de 2009

SinapsesLinks - Paz!

*

Reencarnação - parte 4

*





















Reencarnação - parte 4

Queridos e pacientes leitores, hoje então finalizo minha dissertação sobre o maravilhoso capítulo ‘Reencarnação’, do livro ‘Missionários da Luz’, de André Luiz, por Chico Xavier.
Nesta etapa, ocorre o processo final de reencarnação de Segismundo e, na casa da família que irá acolhê-lo, o casal de pais, Raquel e Adelino, repousava em sono físico, mas se encontravam despertos espiritualmente, acompanhando emocionados, auxiliados de espíritos familiares amigos, que ajudavam a manter o ambiente sublimado com sua preces, dos ‘Construtores Espirituais’ e do nosso conhecido Alexandre, o mentor da divina tarefa, sem esquecer de André Luiz, que a tudo acompanhava com abençoada curiosidade e sede de conhecimento.
Alexandre entregou o espírito já miniaturizado de Segismundo ao espírito da mãe desencarnada de Raquel, que o entregaria amorosamente à filha.
Alexandre solicitava dos presentes, depois de finda a ligação fluídica, que continuassem a acompanhar a família durante a gestação de Segismundo, porquanto este trabalhara com afinco na espiritualidade pelo bem alheio e fazia-se merecedor do amoroso concurso de todos.
O ambiente era de pura elevação espiritual e até mesmo estava decorado com flores de luz, para adornar os caminhos daquele ‘recomeço’.
Enquanto transcorriam os minutos e o ambiente era preparado, Alexandre aproveitou para explicar a André que a forma física de Segismundo seria o resultado da combinação cromossômica dos pais, da ingerência dos ‘Construtores Espirituais’, do reencarnante, além dos moldes mentais da própria mãe. Isto me remete novamente ao que já comentamos, sobre a força transformadora de nossas mentes. Futuras mães, pensem sempre o melhor para seus filhos e nunca os rejeitem, pois no útero são totalmente permeáveis a todos as suas emanações mentais!
Alexandre explicou ainda que o aspecto físico de Alexandre obedeceria a um programa traçado para seu bem, que nos faz depreender que nosso aspecto é o mais propício a nossas lutas na presente reencarnação. Quantos não pedem para serem portadores de deformidades físicas para assim alcançarem sua melhora espiritual? E não é verdade que a forma física irrepreensível leva milhões de seres à derrocada moral? O próprio Alexandre assim disse: ‘Pormenores anatômicos imperfeitos, circunstâncias adversas, ambientes hostis, constituem, na maioria das vezes, os melhores lugares de aprendizado e redenção para aqueles que renascem’. Alexandre arrematou ainda que, a despeito das diretrizes espirituais a nós traçada quando de nosso retorno, há sempre a questão do livre arbítrio. Podemos então insistir nos erros e desviarmo-nos do caminho reto, enterrando-nos ainda mais nos débitos com o próximo, menosprezando as santas oportunidades que nos são dadas...
Tendo-se iniciada a etapa final com fervorosa prece de todos (abençoado recurso!), a futura mãe colocou-se de joelhos e a prece feita por Alexandre nos leva às lágrimas e da qual transcrevo a parte final: ‘Acima de tudo, porém, Senhor, seja feita a Tua vontade em todos os recantos do Universo, e que nos caiba, a nós, humildes servos de Teu reino, a alegria incessante de reverenciar-Te e obedecer-Te para sempre!...’
Neste momento, raios luminosos partiam de todos os presentes e incidiam sobre Raquel, além de uma luz que vinha do alto e atingia sua fronte. Neste momento, o reencarnante foi entregue aos braços da mãe e esta apertou-o de encontro a seu coração, como a fundir seus perispíritos. Naquele breve momento Raquel acordou por instantes, já com a intuição de que seria mãe novamente. Voltou a dormir e o espírito de seu esposo, Adelino, foi levado a outras paragens enquanto Alexandre e os construtores terminavam o trabalho.
André passou a observar então atentamente o que ocorria no que chamou de ‘altar sublime da maternidade’, ou seja, a viagem dos milhões de elementos masculinos pelo duto que os levava ao óvulo. Alexandre, como espírito altamente evoluído, enxergava em cada um dos espermatozóides seus elementos cromossômicos e identificou o que seria mais apto à fecundação. Num átimo passou a magnetizá-lo, até que o escolhido foi o primeiro a transpor a cutícula do óvulo. Uma vez ocorrida a entrada, a parede do óvulo enrijeceu-se, determinando assim o fim da jornada de todos os outros milhões de elementos masculinos. Meus amigos, como não nos maravilharmos com a Criação Divina? E olha que tem muita gente por aí que acha que tudo é obra do acaso...
Ocorrida a união, Alexandre ajustou a forma reduzida de Segismundo, já interpenetrado no perispírito de Raquel, sobre o óvulo, que André Luiz chamou de ‘microscópico globo de luz’ e, ocorrida então esta ligação final, tanto Alexandre como os Construtores providenciaram prolongada aplicação magnética.
Depois da fantástica tarefa, Alexandre bondosamente ainda explicou a André que a reencarnação é como o recomeço de um processo de evolução e retificação, então, no início do estágio embrionário, assemelhamo-nos aos embriões dos animais e, o que nos diferencia adiante, são nossas conquistas evolutivas que vão moldando nosso perispírito. Ali no útero, então, como que recapitulamos nossa evolução. André, profundamente maravilhado, também foi convidado a visitar a família e prestar auxílio durante o desenvolvimento gestacional, com o que concordou de bom grado.
Vejam leitores, a magnanimidade da Criação! Considerem ainda que, para nos auxiliar, André Luiz nos explicou todo seu aprendizado de maneira simples, mas não duvidem sobre a infinidade de maravilhas e conhecimento que ainda não estão ao nosso alcance. Então queridos, avante! Procuremos nos melhorar, evoluir, aprender cada vez mais. Somos fadados ao progresso e que todos nós, com as bênçãos de Deus, alcancemos nossa redenção! Agradeço imensamente a atenção que dispensaram a estes meus escritos. Muita paz a todos.
*
Autora: Daniela Marchi - Araçatuba-SP
*

10 de jul de 2009

Filhote de Leopardo

*

Convite

*



















Convite

Amigo Visitante deste Blog, Salve!
Este é o terceiro aniversário do blog que está para acontecer no próximo dia 21 de julho de 2009.
Você está sendo convidado a enviar uma mensagem de sua autoria à ser publicada.
Autoria identificada.
Todos os textos que tragam a mensagem de Amor Fraterno são bem-vindos.
O Planeta Terra está carente do seu Amor.
Tire as palavras do seu Coração para serem espargidas!
Muito obrigado.
Fraternalmente,
Leal - aprendiz em todas as instâncias da Vida
E-mail: sinapseslinks@gmail.com
*

José Grosso e Palminha

*





















José Grosso e Palminha

Amigo Visitante,
Por favor,

Se na sua Casa Espírita acontece a presença destes queridos Irmãos: José Grosso e Palminha, peço, encarecidamente, escreva-me.

Sabemos que estes queridos Amigos se manifestam por todo o Brasil.
Quando presentes, a Fraternidade está instalada.
Fraternalmente e Muito Obrigado!
*
Escreva-me:
Eudison de Paula Leal - aprendiz em todas as instâncias da Vida
sinapseslinks@gmail.com
*

SinapsesLinks

*




















SinapsesLinks

Estudo da Realidade Espírito/Matéria.
Vivência da Realidade Espiritual.
Pesquisa da Realidade Científica.
A busca da interface Espírito/Matéria.
Amigo Visitante, seja Bem-vindo a este blog.
Critique, opine e contribua com a sua participação.
Muito obrigado.
Seja Abençoado.
Leal - aprendiz em todas as instâncias da Vida
E-mail: sinapseslinks@gmail.com
*

9 de jul de 2009

Fome!

*





















Fome!

Este curta metragem foi eleito como melhor no festival alemão por votação do público.

Vídeo:
http://www.cultureunplugged.com/play/1081/Chicken-a-la-Carte
*
Colaboração:
João Batista Bonani e Nelson Binotto de Paula
Taubaté-SP
*

Domínios na Internet

*

Nas Luzes do Canjerê

*


*
Click na imagem para ampliá-la.
*