31 de jul de 2010

Biblioteca Mundial

*











BIBLIOTECA DIGITAL MUNDIAL

A NOTÍCIA DO LANÇAMENTO NA INTERNET DA WDL, A BIBLIOTECA DIGITAL MUNDIAL.

QUE PRESENTE DA UNESCO PARA A HUMANIDADE INTEIRA !!!

Já está disponível na Internet, através do sítio www.wdl.org

É uma notícia QUE NÃO SÓ VALE A PENA verificar.

Reúne mapas, textos, fotos, gravações e filmes de todos os tempos e explica em sete idiomas as jóias e relíquias culturais de todas as bibliotecas do planeta.

Tem, sobre tudo, carácter patrimonial" , antecipou em LA NACION Abdelaziz Abid, coordenador do projecto impulsionado pela UNESCO e outras 32 instituições. A BDM não oferecerá documentos correntes, a não ser "com valor de património, que permitirão apreciar e conhecer melhor as culturas do mundo em idiomas diferentes: árabe, chinês, inglês, francês, russo, espanhol e português. Mas há documentos em linha em mais de 50 idiomas".

Entre os documentos mais antigos há alguns códices precolombianos, graças à contribuição do México, e os primeiros mapas da América, desenhados por Diego Gutiérrez para o rei de Espanha em 1562", explicou Abid.

Os tesouros incluem o Hyakumanto darani , um documento em japonês publicado no ano 764 e considerado o primeiro texto impresso da história; um relato dos azetecas que constitui a primeira menção do Menino Jesus no Novo Mundo; trabalhos de cientistas árabes desvelando o mistério da álgebra; ossos utilizados como oráculos e esteiras chinesas; a Bíblia de Gutenberg; antigas fotos latino-americanas da Biblioteca
Nacional do Brasil e a célebre Bíblia do Diabo, do século XIII, da Biblioteca Nacional da Suécia.

Fácil de navegar:

Cada jóia da cultura universal aparece acompanhada de uma breve explicação do seu conteúdo e seu significado. Os documentos foram passados por scanners e incorporados no seu idioma original, mas as explicações aparecem em sete línguas, entre elas O PORTUGUÊS. A biblioteca começa com 1200 documentos, mas foi pensada para receber um número ilimitado de textos, gravados, mapas, fotografias e ilustrações.

Como se acede ao sítio global?

Embora seja apresentado oficialmente na sede da UNESCO, em Paris, a Biblioteca Digital Mundial já está disponível na Internet, através do sítio:
www.wdl.org

O acesso é gratuito e os usuários podem ingressar diretamente pela Web, sem necessidade de se registrarem.

Permite ao internauta orientar a sua busca por épocas, zonas geográficas, tipo de documento e instituição. O sistema propõe as explicações em sete idiomas (árabe, chinês, inglês, francês, russo, espanhol e português), embora os originas existam na sua língua original.

Desse modo, é possível, por exemplo, estudar em detalhe o Evangelho de São Mateus traduzido em aleutiano pelo missionário russo Ioann Veniamiov, em 1840. Com um simples clique, podem-se passar as páginas de um livro, aproximar ou afastar os textos e movê-los em todos os sentidos. A excelente definição das imagens permite uma leitura cómoda e minuciosa.

Entre as jóias que contem no momento a BDM está a Declaração de Independência dos Estados Unidos, assim como as Constituições de numerosos países; um texto japonês do século XVI considerado a primeira impressão da história; o jornal de um estudioso veneziano que acompanhou Fernão de Magalhães na sua viagem ao redor do mundo; o original das "Fábulas" de Lafontaine, o primeiro livro publicado nas
Filipinas em espanhol e tagalog, a Bíblia de Gutemberg, e umas pinturas rupestres africanas que datam de 8.000 A.C.

Duas regiões do mundo estão particularmente bem representadas:

América Latina e Médio Oriente. Isso deve-se à ativa participação da Biblioteca Nacional do Brasil, à biblioteca de Alexandria no Egipto e à Universidade Rei Abdulá da Arábia Saudita.

A estrutura da BDM foi decalcada do projecto de digitalização da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos, que começou em 1991 e atualmente contém 11 milhões de documentos em linha.

Os seus responsáveis afirmam que a BDM está sobretudo destinada a investigadores, professores e alunos. Mas a importância que reveste esse sítio vai muito além da incitação ao estudo das novas gerações que vivem num mundo audio-visual.
*
Colaboração:
Alfredo F. Corrêa
São Paulo-SP
*

30 de jul de 2010

CorelDraw Macros VBA e VSTA

*
Click sobre a imagem para ampliá-la.
*


























CorelDraw Macros VBA e VSTA

Amigo visitante, Salve!
Por favor,
Caso você tenha conhecimento deste tema: Macros para o CorelDraw, peço a gentileza de fazer contato comigo.
Gostaria de trocar idéias e experiências.
Esta linguagem está ganhando novos recursos, importantes na programação.
Aguardo seu contato.
Muito obrigado,
Leal
sinapseslinks@gmail.com
*

SinapsesLinks - muito obrigado!

*

19 de jul de 2010

Honra ao Mérito!

*
Click sobre a imagem para ampliá-la.
*

CorelDraw X5

*
Click sobre a imagem para ampliá-la.
*

Linda Família

*

Frases Maravilhosas

*




















Frases Maravilhosas


Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe.
Oscar Wilde

Quem não compreende um olhar tampouco compreenderá uma longa explicação.
Mário Quintana

Se você cair sete vezes, levante-se oito.
Provérbio

Se alguém me ofender, procurarei elevar tão alto a minha alma para que a ofensa não me chegue.
Charles Dickens

As coisas que queremos e parecem impossíveis só podem ser conseguidas com uma teimosia pacífica.
Mahatma Gandhi

Quando falares, cuide para que suas palavras sejam melhores que o silêncio.
Provérbio Indiano

Seja leal para consigo mesmo. Não altere o seu comportamento apenas para contentar os outros.
Yogaswami

Lamentar o passado é correr atrás do vento.
Provérbio

Se fores paciente em um momento de raiva, escaparás de cem dias de tristeza.
Provérbio  

Do sublime ao ridículo não há mais que um passo.
Napoleón

As perguntas não são nunca indiscretas.
As respostas, as vezes sim.
Oscar Wilde

As idéias não são responsáveis por aquilo que os homens fazem delas.
Werner Karl Heisenberg

Fuja do elogio, mas tente merecê-lo.
François Fénelon

Se a juventude é um defeito, é um defeito do qual nos curamos muito rápido.
James Russell Lowell

Na vida não há prêmios nem castigos. Somente consequências.
Robert Green Ingersoll

Deveríamos usar o passado como trampolim e não como sofá.
Harold MacMillan

A língua resiste porque é mole; os dentes cedem porque são duros.
Provérbio Chinês

Não ensinar ao filho a trabalhar é como ensinar-lhe a roubar.
Provérbio Italiano

Dinheiro perdido, nada perdido; Saúde perdida, muito perdido; Caráter perdido, tudo perdido.
Provérbio

Há três coisas que jamais voltam: a flecha lançada, a palavra dita e a oportunidade perdida.
Provérbio Tibetano

Da felicidade ao sofrimento é somente um passo; do sofrimento para a felicidade parece demorar uma eternidade.
Provérbio Italiano

A beleza pode abrir portas, mas somente a virtude entra.
Provérbio Inglês

Autoria: desconhecida

Colaboração:
Mário Leal Filho
São Paulo-SP

Publicado em:
http://sinapseslinks.blogspot.com/

VB6 Banco de Dados

*
Click sobre a imagem para ampliá-la.
*



























Linguagem de Programação

Amigo visitante deste blog, salve!
Caso você conheça um destes tópicos, por favor, escreva-me um e-mail:
a) Visual Basic 6
b) Bancos de Dados
c) Access
d) Linguagens de programação.
Muito obrigado,
Fraternalmente,
Leal - aprendiz em todas as instâncias da Vida
sinapseslinks@gmail.com
*

18 de jul de 2010

Senac Curso CorelDraw X4

*
Click sobre a imagem para ampliá-la.
*


Delegacia de Polícia!

*





















Amor Fraterno na Delegacia de Polícia

História real acontecida em 2008.

Querido amigo, mais um plantão vencido. Este é o termo mais correto, querido coração, posto que encaro os plantões como verdadeiras frentes de batalha. A despeito do trabalho frenético durante toda a madrugada, tudo transcorreu sem maiores complicações no interior da Delegacia.

Sabe querido, não tem lugar que retrata mais a situação do ser humano que uma Delegacia em plantão. É um desfile das mais variadas misérias morais humanas, todas elas facilmente evitáveis com um pouquinho de ponderação, paciência ou fé.

O que leva o ser humano a tantos e tantos desvarios depois de séculos de cristianismo e do exemplo deixado pelo Cordeiro?
Me preocupo, meu querido.
Vendo o que eu vejo todos os dias, fico ponderando a respeito da humanidade na fase de transição de nosso orbe em lugar de Provas e Expiações para um Mundo Regenerador. Que parcela desta humanidade desgarrada vai ficar por aqui? A mim parece que a minoria. A literatura espírita mais atual nos traz notícias de que a Espiritualidade Superior está movendo imensos esforços para resgatar os espíritos decaídos para que tenham suas últimas chances.
E nós, como estamos retribuindo tais esforços?

Nos tempos dos martirológio as pessoas se deixavam imolar, mas jamais abjuravam sua fé no Cristo.

Hoje em dia, falar em Jesus e expor algo a respeito de aquisições de valores morais torna você um tipo de estranho, ridículo aos olhos da maioria.

Veja um exemplo: ontem fui a primeira a chegar ao plantão. Subi as escadas para pegar as chaves e no andar de cima, onde funciona uma Delegacia especializada estavam alguns colegas de trabalho em final de expediente.

Um delegado me disse: está de castigo?; pelo que respondi 'não é castigo, é meu trabalho, não considero um castigo. Dele tiro meu sustento com a graça do senhor Jesus, ademais, se tenho saúde para trabalhar isso também é um benção!'
Olha Eudison, nem sei descrever a como que me olharam. Uns com ares de chacota, outros com extremo desdém, mas não deixo isso me abater.

Ali, na frente de batalha, tenho várias oportunidades de servir e adestrar minha fé e minha paciência e isto é o importante. Prefiro pertencer a este mundo dos estranhos. Este meu mundinho é tão pacífico e tenho amizades tão preciosas...

Me perdoe o desabafo, querido coração. E que gosto de dividir com você as minhas divagações. Agradeço por suas orações e pelo amparo do Espírito José Grosso, que certamente me ajudou no 'front', posto que eu trabalhei bastante disposta e tranquila.
Fulana de Tal.
*
Publicado em SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*

17 de jul de 2010

Bem vindo!

*
Click sobre a imagem para ampliá-la.
*

Radiação Terahertz

*





























Uso da radiação terahertz fica mais próxima com metamaterial sintonizável

22/04/2008

Para gerar imagens médicas do corpo humano, os pacientes hoje podem ser submetidos a diversas técnicas, entre as quais a incidência de raios-X ou de fortes campos magnéticos.

Imagine, porém, gerar uma imagem a partir de uma radiação naturalmente emitida pelo corpo humano. É justamente isso que acontecerá quando os cientistas tiverem um controle total sobre a radiação terahertz.

Radiação terahertz
No espectro eletromagnético, a radiação terahertz localiza-se entre as microondas e a radiação infravermelha, nas frequências entre 300 bilhões até 3 trilhões de ciclos por segundo.

Tanto células vivas quanto compostos químicos inertes emitem "assinaturas" características na faixa dos terahertz, mas detectar e medir essas emissões tem sido um grande desafio, porque elas são muito fracas e rapidamente absorvidas pela atmosfera.

Sintonizando em terahertz
Agora, um grupo de cientistas de três universidades norte-americanas conseguiu fabricar um metamaterial - um material sintético, composto de vários outros - que pode ser ajustado para capturar uma larga faixa de freqüências na região dos terahertz.

Em vez de ter que fabricar uma "antena" para cada faixa específica, como acontecia até agora, os cientistas agora podem varrer uma faixa ampla de freqüências, detectando a assinatura de vários compostos químicos.

É mais ou menos como se, até agora, os cientistas tivessem que construir um rádio para cada "estação" na freqüência terahertz e agora eles tivessem inventado o dial, permitindo que um mesmo rádio capture inúmeras "estações".

Metamaterial híbrido
A flexibilidade do novo metamaterial foi possível com a incorporação de materiais semicondutores em regiões críticas de minúsculos ressonadores - micro-anéis metálicos que interagem com a luz e alteram a forma como o metamaterial responde à radiação, tirando-o de seu ponto fixo de atuação no espectro eletromagnético.

A utilização de materiais semicondutores também é uma novidade, já que os metamateriais vinham sendo construídos unicamente com metais. O novo metamaterial híbrido mostrou um desempenho superior em relação aos seus antecessores.

Além do imageamento médico, cientistas do mundo todo estão pesquisando formas de utilizar a radiação terahertz em aplicações como transmissão de dados em altíssima velocidade, comunicações seguras, moduladores, lentes e detectores dos mais diversos tipos.

CORTESÍA: EDUARDO ROMERO
speedy33sp@hotmail.com
São Paulo-SP
*

16 de jul de 2010

Senac Curso CorelDraw X4

*
Click sobre a imagem para ampliá-la.
*


Sábio

*






















Sábio

Tao Te King - (Lao Tse)

Aquele que conhece os outros é sábio.
Aquele que conhece a si mesmo é iluminado.
Aquele que vence os outros é forte.
Aquele que vence a si mesmo é poderoso.
Aquele que conhece a alegria é rico.
Aquele que conserva o seu caminho tem vontade.


“Seja humilde, e permanecerás íntegro.
Curva-te, e permanecerás ereto.
Esvazia-te, e permanecerás repleto.
Gasta-te, e permanecerás novo.”


“O sábio não se exibe, e por isso brilha.
Ele não se faz notar, e por isso é notado.
Ele não se elogia, e por isso tem mérito.
E, porque não está competindo,
ninguém no mundo pode competir com ele.”
*

15 de jul de 2010

Senac Curso CorelDraw X4

*
Click sobre a imagem para ampliá-la.
*


Aversão

*

SQL language

*


























SQL language

Amigo visitante, Salve!
Você é programador de computadores?
Você conhece a linguagem SQL?
Você conhece a linguagem Visual Basic?
Caso afirmativo, por favor, peço a gentileza do seu contato.
Gostaria de trocar informações técnicas.
Antecipadamente agradeço.
Leal - aprendiz em todas as instâncias da Vida
sinapseslinks@gmail.com
http://twitter.com/EudisonLeal
*

Nove horas

*




















Nove horas

Faça suas preces, sintonizando-se nos Planos Superiores, às nove horas.
Nove horas... não precisa ser exatamente as nove... um pouco antes ou um pouco depois também surte o bom efeito.
Experimente!
Leal - aprendiz em todas as instâncias da Vida
*

Grande Obra Precisa Urgente!

*




















Grande Obra Precisa Urgente


Carpinteiros
Para serrar a madeira da incompreensão e arrancar os pregos do orgulho, do ódio e do egoísmo.

Pedreiros
Para assentar os tijolos da prece na construção da caridade.

Serventes
Para preparar a massa da boa vontade, derramando sobre a areia do sofrimento, o cimento da fé e o cal da compreensão.

Encanadores
Para canalizar a água viva da verdade na direção daqueles que tem sede de conhecimento.

Eletricistas
Para ligar a corrente positiva da fé, estendendo luz a todos que se acham na escuridão.

Aprendizes
Vaga sempre aberta para os de boa vontade, de qualquer idade.

Mestres
Não há vagas, pois temos o maior de todos - Jesus.

Local da obra
A Humanidade.

A Obra
O Evangelho de Jesus.

Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/

14 de jul de 2010

A respeito de seu filho

*






















A respeito de seu filho

Nós pais, temos tantas preocupações com relação aos filhos, mas tantas vezes, na tentativa de fazer o melhor, nos perdemos no caminho, não por falta de amor, mas por falta de atenção em aspectos importantes.

Por esse motivo, convém lembrar que nosso filho é abençoado aprendiz da vida. Não lhe dificultemos a colheita das lições, fazendo-lhe as tarefas.

Nosso filho é flor em botão nos verdes ramos da existência. Não lhe precipitemos o desabrochar, debilitando-lhe a vitalidade espontânea.

Nosso filho é discípulo da existência. Não lhe impeçamos a produtividade, tomando sobre nossos ombros os misteres que lhe competem.

Nosso filho é lâmpada em crescimento de luz. Não lhe coloquemos o óleo viscoso da bajulação para que não afogue o pavio onde crepita a chama da esperança.

Nosso filho é fruto em formação para o futuro. Não procuremos colher, antes do tempo, o benefício que não nos pertence.

Lembremo-nos de que somos, e que o nosso filho também é filho de Deus.

Nós poderemos caminhar ao seu lado na estrada apertada, mas ele só terá honra quando conseguir chegar ao objetivo conduzido pelos próprios pés.

Nós temos o dever de lhe apontar os abismos à frente; mas a ele compete contornar os obstáculos e descer às baixadas da existência para testar a fortaleza do próprio caráter.

Nós devemos ministrar-lhe os ensinamentos do Evangelho; mas a ele compete o murmúrio das orações, na prece continuada das ações nobres.

Nosso filho é o discípulo amado que Deus pôs ao alcance do nosso coração enternecido, no entanto, a nossa tarefa não pode ir além daquele amor que o pai propicia a todos, ensinando, corrigindo, e educando através da disciplina para a felicidade.

Mostremos-lhe a vida, mas deixemo-lo viver.

Falemos-lhe das trevas, mas demos-lhe a luz do conhecimento.

Mandemo-lo à escola, mas façamo-nos mestres dele no lar.

Apresentemos-lhe o mundo, mas deixemo-lo construir o próprio mundo.

Tomemos-lhe as mãos e as coloquemos no trabalho, ensinando com o nosso exemplo, mas não lhe desenvolvamos a inutilidade, realizando as tarefas que lhe competem.

Nosso filho é vida da nossa vida que vai viver na vida da humanidade inteira.

Cumpramos o nosso dever amando-o, mas exercitemos o nosso amor ensinando-o a amar e fazendo que no serviço superior ele se faça um homem para que o possamos bendizer, mais tarde.

Amemos, em nosso filho, o filho de todas as mães e amemos nos filhos das outras o nosso próprio filho, para que ele, honrado pelo amor de outras mães, possa enobrecer o mundo, amando outros filhos.

Nosso filho é semente divina; não lhe neguemos, por falso carinho, a cova escura da fertilidade, pretextando devotamento, porque a semente que não morrer jamais será fonte de vida.

Nosso filho é a esperança do mundo; não o asfixiemos no egoísmo dos nossos anseios, esquecendo-nos que viemos à Terra sem ele e retornaremos igualmente a sós, entregando-o a Deus consoante as leis sábias e justas da criação.
*
Redação do Momento Espírita, com base no cap. 37, do livro Crestomatia da imortalidade, pelo Espírito Joanna de Ângelis, psicografia de Divaldo Pereira Franco, ed. Leal.
*
Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*
Colaboração:
Diniz Aleixo de Moraes
São Paulo-SP
*

13 de jul de 2010

Banco de Dados

*


























Banco de Dados

Amigo visitante, Salve!
Por favor, caso você conheça:

Visual Basic ou
Bancos de Dados,

Por favor, faça contato comigo.
Gostaria de trocar idéias e experiências.
Muito obrigado,
Leal
sinapseslinks@gmail.com
*

iPhone

*
Click sobre a imagem para ampliá-la.
*

Mediunidade

*




















Mediunidade

Ter Compromisso e Responsabilidade com a Mediunidade.
Conheça o texto da Ana Joaquina - médium.
Link: http://anajo2010.blogspot.com/2010/07/mentor-espiritual.html
*
Fraternalmente,
Leal - aprendiz em todas as instâncias da Vida
*

Decálogo do Médico Espírita

*





















Decálogo do Médico Espírita


✦ Estudar a Doutrina de Kardec, buscando aprofundar seus conhecimentos em termos de Vida Eterna.

✦ Colocar, acima de tudo, o interesse do Cristo na vivência diária, a fim de que o Amor seja a Luz de seu caminho.

✦ Levar à Sociedade Médica atual o alto contingente de espiritualidade que somente o Espiritismo pode oferecer, lembrando a necessidade de não ser afoito e importuno, mas ter suficiente coragem para opinar nos momentos certos.

✦ Ampliar, sempre que possível, os conhecimentos médicos atuais, procurando a interpretação espírita para todos os problemas.

✦ Colaborar em Instituições Espíritas, pelo menos uma vez por mês, no atendimento aos irmãos enfermos necessitados.

✦ Valorizar os minutos preciosos da existência, buscando colaborar em reuniões doutrinárias que visem o esclarecimento e a propaganda da Doutrina.

✦ Combater, através do exemplo e da palavra, toda e qualquer utilização de descoberta científica, dentro da medicina, que venha contribuir para a perversão dos costumes e da moral.

✦ Defender o fraco e o oprimido, não descuidando igualmente de amparar o intoxicado intelectual, reconhecendo-o como irmão necessitado de apoio e consideração.

✦ Acima de tudo exercer a medicina tendo em vista os desígnios divinos, reconhecer-se como filho ao Altíssimo, despenseiro do Criador e, portanto, como humilde servo da Soberana Vontade.
*
Psicografia:
Dra. Marlene Rossi Severino Nobre
Associação Médico Espírita SP
Reunião de diretoria executiva.
SP 12 de Outubro de 1968.
*
Publicado em SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*
Texto disponível no formato PDF
Solicite-o
sinapseslinks@gmail.com
*

Federico, o gato!

*

10 de jul de 2010

Você

*





















Você

Uma professora de Nova York decidiu honrar cada um de seus alunos que estavam por se graduar no colegio, falando-lhes da marca que cada um deles havia deixado.

Chamou cada um dos estudantes à frente da classe, um a um. Primeiro, contou a cada um como haviam deixado marca na vida dela e na da turma.

Logo presenteou cada um, com uma faixa azul, impressa com letras douradas, na qual se lia, “Quem sou deixa marca.”

Por fim, a mestra decidiu fazer um projeto de aula para ver o impacto que o reconhecimento teria na comunidade.

Deu a cada aluno mais três faixas azuis e lhes pediu que levassem adiante esta cerimônia de reconhecimento. E que deveriam acompanhar os resultados, ver quem premiou quem, e informar à turma no final de uma semana.

Um dos alunos foi ver um jovem executivo de uma indústria próxima e o premiou por tê-lo ajudado com o planejamento de sua carreira. Deu-lhe uma faixa azul, e colou-a em sua camisa.

Em seguida deu-lhe as duas faixas extras e lhe disse: “Estamos fazendo em aula um projeto de... ‘reconhecimento’, e gostaríamos que você encontrasse alguém a quem premiar e lhe desse uma faixa azul.”

Mais tarde, nesse mesmo dia, o jovem executivo foi ver seu chefe que tinha reputação de ser uma pessoa amargurada, e lhe disse que o admirava profundamente por ser um gênio criativo.

O chefe pareceu ficar muito surpreso. Então o jovem executivo lhe perguntou se ele aceitaria o presente da faixa azul e se lhe dava permissão de colocá-la em sua camisa.

O chefe disse: “Bem…claro!” Então o jovem executivo pegou uma das faixas azuis e a colocou no casaco do chefe, bem sobre seu  coração…
…e oferecendo-lhe a última faixa, perguntou: “Poderia pegar esta faixa extra e passá-la a alguém mais a quem queira premiar?”

“O estudante que me deu estas faixas está fazendo um projeto de aula, e queremos continuar esta cerimonia de reconhecimento para ver como vai afetar as pessoas.”

Nessa noite, o chefe chegou em casa, sentou- se com seu filho de 14 anos, e lhe disse: “Hoje me aconteceu algo incrível!”

“…estava no meu escritório e um de meus empregados veio e me disse que me admirava; então me deu uma faixa azul por me considerar um gênio criativo.”

“Imagina! Ele pensa que eu sou um gênio criativo!
Logo me pôs uma faixa azul que diz:
‘Quem sou deixa marca.’ ”

“Deu-me uma faixa extra e me pediu que encontrasse alguém mais a quem premiar. Quando eu estava dirigindo para casa esta noite, comecei a pensar a quem poderia premiar com esta faixa, e pensei em ti. Quero premiar a ti.”

“Meus dias são muito agitados e quando venho para casa, não te dou muita atenção; grito contigo por não tirar boas notas e pela desordem em teu quarto…”

“Por isso, esta noite, só quero sentar-me aqui e …bem… te dizer que és muito importante para mim.”

“Tu e tua mãe são as pessoas mais importantes em minha vida. És um grande garoto e te amo muito!”

O garoto surpreendido começou a soluçar e a chorar, e não conseguia parar. Todo o seu corpo tremia.

Olhou para seu pai e entre lágrimas lhe disse: “Papai, momentos atrás me sentei em meu quarto e escrevi uma carta para ti e para mamãe, explicando porque tinha tirado minha vida, e lhes pedia que me perdoassem.”

“Ia me suicidar esta noite depois de vocês terem dormido. Eu pensava que vocês não se importavam comigo.”

“A carta está lá em cima, mas não creio que eu vá precisar dela, depois de tudo o que conversamos.”

Seu pai subiu ao segundo piso e encontrou a carta, sincera e cheia de angústia e dor.

No dia seguinte, o chefe regressou ao trabalho totalmente modificado. Já não estava amargurado, e se empenhou em fazer todos os seus empregados saberem que cada um deles faz a diferença.

Por outro lado, o jovem executivo ajudou muitos outros jovens a planejarem suas carreiras, inclusive o filho do chefe, e nunca se esqueceu de recordar-lhes que eles deixavam marcas em sua vida.

Ainda mais, o jovem e seus companheiros de classe aprenderam uma lição muito valiosa.

“Quem és, deixa marca”.

Estou passando a faixa azul para ti.
Leal - seu aluno
*
Autoria desconhecida
*
Colaboração:
Daniela Marchi
Araçatuba-SP
*
Publicado em SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*
Mensagem disponível em PDF
Solicite-a.
sinapseslinks@gmail.com
*

A língua humana

*






















A lingua humana

Qual a mais forte das armas, a mais firme, a mais certeira?
A lança, a espada, a clavina?
Ou a funda aventureira?
A pistola, o bacamarte?
A espingarda ou a flecha?
O canhão, que, em praça forte, faz em dez minutos, brecha?
Qual a mais firme das armas?
O terçado , a fisga, o chuço, o dardo, a maça, o virote?
A faca o florete , o laço, o punhal ou o chifarote?
A mais terrível das armas, pior que a durindana(*), atentai, meus bons amigos, se apelida: - a lingua humana!
*
(*)
Durindana, referida em língua francesa como Durandal, em língua inglesa como Durendal ou Durandal, em língua italiana como Durlindana, em língua castelhana como Durandal ou Durandarte, e ainda como Duranda ou Durindart, é uma espada mitológica. ...
*
Autoria:
Luiz Nicolau Fagundes Varela
*
Publicado em: Sinapseslinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*

Obrigado Senhor!

*
Click sobre a imagem para ampliá-la.
*

Maria Clara

*
Click sobre a imagem para ampliá-la.
*

9 de jul de 2010

Mãe

*















Mãe

Uma mulher chamada Anne foi renovar a sua carteira de motorista. Pediram-lhe para informar qual era a sua profissão. Ela hesitou, sem saber bem como se classificar.

"O que eu pergunto é se tem um trabalho", insistiu o funcionário.

"Claro que tenho um trabalho", exclamou Anne. "Sou mãe."

"Nós não consideramos 'mãe' um trabalho. Vou colocar Dona de casa", disse o funcionário friamente.

Não voltei a lembrar-me desta história até o dia em que me encontrei em situação idêntica. A pessoa que me atendeu era obviamente uma funcionária de carreira, segura, eficiente, dona de um título sonante.

"Qual é a sua ocupação?" perguntou.

Não sei o que me fez dizer isto; as palavras simplesmente saltaram-me da boca para fora:

"Sou Doutora em Desenvolvimento Infantil e em Relações Humanas."

A funcionária fez uma pausa, e olhou-me como quem diz que não ouviu bem. Eu repeti pausadamente, enfatizando as palavras mais significativas. Então reparei, maravilhada, como ela ia escrevendo, com tinta preta, no questionário oficial.

"Posso perguntar", disse-me ela com novo interesse, "o que faz exatamente?".

Calmamente, sem qualquer traço de agitação na voz, ouvi-me responder:

"Desenvolvo um programa a longo prazo (qualquer mãe faz isso), em laboratório e no campo experimental (normalmente eu teria dito dentro e fora de casa). Sou responsável por uma equipe (minha família), e já recebi quatro projetos (todas meninas). Trabalho em regime de dedicação exclusiva (alguma mulher discorda???), o grau de exigência é a nível de 14 horas por dia (para não dizer 24...).

Houve um crescente tom de respeito na voz da funcionária que acabou de preencher o formulário, se levantou, e pessoalmente me abriu a porta. Quando cheguei em casa, com o título da minha carreira erguido, fui recebida pela minha equipe - uma com 13 anos, outra com 7 e outra com 3. Do andar de cima, pude ouvir o meu novo experimento (um bebê de seis meses), testando uma nova tonalidade de voz. Senti-me triunfante!

Maternidade... que carreira gloriosa!

Assim, as avós deviam ser chamadas "Doutora - Senior em Desenvolvimento Infantil e em Relações Humanas", as bisavós: "Doutora-Executiva-Sênior" e as tias: "Doutora- Assistente". Eu acho!!!
*
Publicado em SinapsesLinks
Mensagem disponível no formato PDF.
Solicite-a:
sinapseslinks@gmail.com
*

Amigos Virtuais

*






















Amigos Virtuais não têm idade...

De repente percebo com encantamento que amigos virtuais não têm idade. Eles têm essa forma bonita de se aconchegar no nosso colo, de se eternizar de maneira indefinida e a gente não sabe adivinhar se são crianças ou experientes da vida.

Há nas suas palavras um perfume de mistério, eles brincam, falam sério e quantas primaveras viveram tornam-se tão insignificante que a gente nem pensa mais. Abraçamos a imagem sem ver o rosto, bebemos as palavras sem nos questionar.

O que é a idade? Na net isso não tem a mínima importância. Amigos de vinte, trinta, quarenta... Oitenta anos!... Todos são iguais, todos são especiais.

Amamos o que lemos, o que recebemos, aquilo que se adentra e se apega à nossa alma e não pensamos se os olhos são castanhos ou azuis, se o cabelo é loiro ou preto, curto ou comprido, se a pele é negra, branca ou morena.

Há nessa rede muito mais calor humano, muito mais igualdade, menos preconceitos, mais amor do que em qualquer outra sociedade. Aprendemos a amar as pessoas simplesmente pelo que são e pelas alegrias que trazem ao nosso coração.

Ai!... Que alegria essa evidência divina! Somos elos dourados, somos seres abençoados, pétalas de uma mesma flor, somos lindos versos entrelaçados.
*
Autora:
Letícia Thompson
*
Colaboração:
Ianaê Seabra Pitanguy
São Paulo-SP
*
Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*

Visual Basic ADO

*



























Visual Basic ADO


Amigo visitante, salve!
Você conhece o Visual Basic e o ADO?
Ficarei feliz em fazer contato com você.
Desejo trocar informações técnicas sobre a linguagem de programação.
Por favor, envie-me um e-mail.
Muito obrigado,
Leal
sinapseslinks@gmail.com
*

7 de jul de 2010

Dor

*






















O porquê da dor

Por que sofremos é uma indagação que fazemos muitas vezes. Para que serve a dor, afinal?

Em alguns momentos, ela é o alerta, dando-nos ciência dos excessos que estamos nos permitindo, prejudicando a maquinaria orgânica, solicitando-nos ponderação.

Constitui-se em sinal da natureza que nos informa que algum órgão não anda bem, o que, para os prudentes, significa buscar o médico, a correta medicação, seguir a prescrição devida, repouso ou exercícios.

Em outros momentos, ela funciona como elemento que convida à reflexão, a passar em revista atos e lembranças de nossa vida.

Assim é, por exemplo, nos dias da velhice que, para muitos, significa horas de imobilidade, inação e sofrimento.

É uma prova necessária para a alma que, por esse meio, adquire madureza, critério e o correto juízo a respeito das coisas da Terra e do Mundo Invisível. Avalia, pondera, conclui.

A dor tem, portanto, não somente a propriedade do resgate das culpas do passado. Executa igualmente o papel do hábil artista frente a um bloco de mármore.

A estátua, nas suas formas perfeitas, ideais, está escondida no imenso bloco.

É a dor que toma do martelo, do cinzel e, a golpes violentos, ou então sob o cuidadoso trabalho do buril, desenha a estátua viva em contornos maravilhosos.

Para que a forma seja extraída em linhas delicadas, para que o Espírito triunfe da matéria, precisamos do sofrimento, desde que não vivemos somente pelo amor e pelo bem.

E que frutos tem dado o sofrimento! Reiteradas vezes, é sob o aguilhão do luto e das lágrimas, da ingratidão, da traição das amizades e do amor, das angústias multiplicadas que o poeta verseja de forma mais terna e o músico encontra os mais sublimes acordes.

Cumpre-nos analisar a incidência da dor, em nossas vidas, atribuindo-lhe o efetivo valor.

Sob a ação das marteladas sucessivas, a moleza, a apatia e a indiferença desaparecem. Também a cólera, a dureza e a arrogância.

Em todos nós, provoca ou desenvolve a sensibilidade, a delicadeza, a bondade e a ternura.

Entendamos, pois, a dor como um dos meios de que usa o Poder Infinito para nos chamar a Si e, ao mesmo tempo, para nos tornar mais rapidamente acessíveis à felicidade espiritual.

O sofrimento que nos fere objetiva sempre a nossa correção, exatamente como a mãe corrige o filho para educá-lo e melhorá-lo.

Faz-nos sentir também que o mundo em que vivemos é um lugar de passagem e não o ponto de chegada, que deveremos alcançar após exaustiva jornada.

* * *

Os animais estão sujeitos ao trabalho de evolução para o princípio inteligente que neles existe.

Através de certos padecimentos naturais os animais adquirem os primeiros rudimentos de consciência.

A dor, num sentido amplo de entendimento, será necessária enquanto o homem não tiver colocado o seu pensamento e os seus atos de acordo com as Leis Divinas.

Depois disso, ela deixará de se fazer sentir pois logo se fará a harmonia.
*
Fonte:
Redação do Momento Espírita, com base no cap. 26 do livro O problema do ser, do destino e da dor, de Léon Denis, ed. Feb.
*
Colaboração:
Diniz Aleixo de Moraes
São Paulo-SP
*
Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*

6 de jul de 2010

Meias medidas

*




















Meias medidas perdem todas as guerras.
Napoleão Bonaparte (1769 - 1821)

Uma coisa pela metade não chega a ser UMA coisa. É meia.

Meio automóvel não chega a ser um automóvel e, por mais que você queira ou por mais combustível que coloque no tanque, ele não vai levar você para a direção desejada.
Ficará parado e, portanto, falhará.

Meio avião não voará, por mais fé que você tenha, por mais dinheiro que sua conta bancária mostre ou por maior que seja o apoio popular que você possua. Meio avião simplesmente não chega a ser um avião inteiro e, portanto, não sairá da pista. Seu vôo falhará.

Meia receita de bolo não fará um bolo inteiro, por melhor que seja a receita, o forno ou a cozinheira.

Se parece tão elementar que meio de algo não chega sequer a ser uma unidade, como você espera ter sucesso em qualquer coisa em sua vida, se dedicando pela metade?

Quando observo minha própria biografia, vejo que a maior parte das minhas quedas aconteceram quando quebrei esta regra.

Aqueles de nós que acreditam que possam se comprometer pela metade, mantendo "um pé na canoa e outro no cais", ou que preferem ficar "em cima do muro", simplesmente não conseguirão atingir suas metas de vida.

Meias medidas perdem todas as guerras, como disse Napoleão.

Isso não significa que medidas inteiras vençam todas as guerras, já que o oponente também pode estar se dedicando de corpo e alma.

Mas, se qualquer dos dois estiver comprometido pela metade, vence o que se comprometeu por inteiro, que luta mais, que busca mais, que se atira de cabeça à batalha com o cérebro, o coração e a paixão.

Vence a corrida, o carro que tiver todos os cilindros funcionando no máximo de sua força, com o melhor motorista e a maior vontade.

Airton Senna não era o único piloto a ter um carro excelente, mas os carros excelentes pilotados por Airton Senna tinham ao volante o melhor piloto. O mais dedicado e apaixonado pelo que fazia. Essa era a diferença. O comprometimento.

Comprometimento total traz vitórias arrasadoras.

O número estatisticamente absurdo de vezes nas quais a bandeira do Brasil era levantada nas provas de Fórmula 1, pelos braços de Senna, esmaga qualquer um que defenda as "meias medidas".

Há, ao seu lado, pessoas comprometidas pela metade. Olhe-as.

São aquelas que fazem o mínimo necessário para não perderem o emprego, para não perderem a esposa (ou o marido), para não perderem o ano escolar.

São os mestres do 50%, da nota "C", da estratégia mais vulgar que existe para se esconder: ficando somente na metade de tudo, se comprometendo com o casamento somente a ponto de "ir levando", ou que passam quatro anos na faculdade, de uma festa para outra.

Você pode enganar o sistema social, mas você não pode enganar as leis naturais.
Não existe lugar no universo onde metade de algo seja um inteiro.

Acostume-se a viver a vida por inteiro, não pela metade.

Meias medidas vão enganar você.

Meias medidas não são as mais seguras, e sim o caminho para a mediocridade.

São o caminho para o fracasso no trabalho, nos relacionamentos, na vida pessoal e na vida das empresas de qualquer ramo de atividade.

Sua vida é um avião. Seu casamento é um avião. Sua carreira profissional é um avião. Sua empresa é um avião. Você, realmente, acredita que vai conseguir levantar vôo com qualquer destes aviões pela metade?
Afaste-se, enquanto é tempo, de qualquer pessoa especializada em viver pela metade.

Procure e fique ao lado dos que se comprometem por inteiro.

Daqueles que são apaixonados pelo que começam e apaixonados pelo que terminam.

Estar com estas pessoas vai ajudar você a tornar-se uma delas.

Libere a paixão que existe em você.

Meias medidas perdem todas as guerras. Pare de taxiar na pista da vida.

Escolha a melhor opção e entregue-se com fé à ela.

Nada é mais poderoso do que a fé... usada na direção certa.

Aldo Novak
www.toninholima.com.br
*
Colaboração:
Edna Sbrissa
São Paulo-SP
*

5 de jul de 2010

Doença

*























Sua doença é o seu aliado, não seu inimigo

Este é um artigo publicado no "La Vanguardia em 27/11/2002", é uma entrevista antiga, mas de grande interesse. A Entrevistada por Victor-M.Amela é Ghislaine Lanctot (que aparece na foto), uma ex-médica e autora de "A Máfia Médica", que desafia o atual sistema de saúde.

Tenho 61 anos e nasci em Montreal (Canadá). Fui médica e hoje sou Ghislaine Lactot, médica da alma.

Divorciei-me duas vezes, tenho quatro filhos (de 37e 28 anos) e quatro netos.

Política? Soberania individual! Acredite em si mesmo: você é divino e se esqueceu.

A medicina moderna promove a doença, não a saúde: a denúncia sobre isso está em meu livro "A Máfia Médica".

Estou gripado, o que você me receita?
- Nada.
Nem um pouco de Frenadol?
- Por quê? Para encobrir os sintomas? Não. Cuide de seus sintomas, ouça-se! E sua alma vai lhe dar a receita.

Mas eu fico na cama ou não?

- Pergunte a si mesmo, e faça o que você sente que lhe convém mais. Acredite em si mesmo!

Mas os vírus não se importam com o que eu acredito!

Oh, agora vejo: você escolhe o papel de vítima. Sua atitude é: "Eu peguei a gripe. Eu sou uma vítima de um vírus. Preciso de remédio"!

- Claro que sim, como todos...

Bem, aí está... Minha atitude seria: "Eu me dei uma gripe de presente. Eu sou o responsável! Devo me cuidar um pouco". E eu gostaria de ir para a cama, repousaria, relaxaria, meditaria um pouco sobre como eu tenho me maltratado ultimamente...

- V. se deu uma gripe de presente, você diz?

Sim! Sua doença vem de você, e não de fora. A doença é um presente que você faz para se encontrar consigo mesmo.

- Mas ninguém quer uma doença...

A doença reflete uma desarmonia interna em sua alma. Sua doença é o seu aliado, sinaliza que olhe para sua alma e veja o que acontece com você. Agradeça, pois lhe dá a oportunidade de fazer as pazes com você mesmo!

- Talvez o mais prático fosse um comprimido...

Fazer a guerra contra a doença? Isso é o que sugere a medicina de hoje, e as guerras matam, sempre trazem a morte.

- Não me diga agora que a medicina mata...

Um terço das pessoas hospitalizadas o são pelo efeito dos medicamentos! Nos Estados Unidos, 700.000 pessoas morrem anualmente por causa dos efeitos colaterais dos medicamentos e dos tratamentos hospitalares.

- Morreriam do mesmo jeito sem medicação, ora.

Não. Não se mudarmos o foco: a medicina moderna se esqueceu da saúde, é uma medicina da doença e da morte! Não é uma medicina da saúde e da vida.
Medicina da doença? Esclareça!...

Na China antiga, um acupunturista era demitido se o seu paciente ficasse doente. Ou seja, o médico cuidava de sua saúde! Entende? Toda nossa medicina é, portanto, um fracasso total.

- Prefere remédios alternativos, por quê?

Eles respeitam mais o corpo que a medicina industrial, é claro: a homeopatia (será a medicina do século XXI!) Acupuntura, fitoterapia, reflexoterapia, massoterapia... a prática da yoga... a meditação... são mais baratos... e bem menos perigosos.
- Mas eles não salvam ninguém do câncer.

Diga isso à medicina convencional! Ela o salvaria de um câncer?
- Pode fazer isso, sim.

O que fará com certeza é lhe envenenar com coquetéis químicos, lhe queimar com radiação, lhe mutilar com extirpações...

E, ainda por cima, a cada dia há mais câncer! Por quê? Porque as pessoas vivem esquecendo sua alma (que é divina): a paz de sua alma será a sua saúde, porque seu corpo é o reflexo material da sua alma. Se você se reencontrar com sua alma, se estiver em paz com ela... não haverá câncer!

- Belas palavras, mas se seu filho tivesse câncer, o que você faria?

Alimentaria sua fé em si mesmo: isso fortalece o sistema imunológico, o que afasta o câncer. O medo é o pior inimigo! O medo compromete a sua autodefesa. Nada de medo, nada de se render ao câncer! Tranqüilidade, convicção, delicadeza, terapias suaves...

- Desculpe-me, mas faz mais sentido ir a um oncologista, um médico especialista.

A medicina convencional só deve ser o último recurso, o extremo mesmo... E se sua alma estiver em paz, você nunca irá precisar dela.

- Bem, tenhamos então a alma em paz... mas, se por acaso encontrarem a vacina.

Não! Elas são produzidas com células de ovário de hamster cancerizadas para multiplicá-las e cultivá-las em um soro de bezerro estabilizado com alumínio (Este da hepatite B, com seu vírus): Você injetaria seus filhos com isso?

- Já tenho feito isso várias vezes...

E eu com os meus: Eu era médica, mas ainda não sabia o que sei agora ... No entanto, hoje meus filhos já não vacinam a seus filhos!

- Acho que vou continuar com as vacinas...

Por quê? A medicina atual mata moscas com um martelo: nem sempre morre a mosca, mas sempre se quebra a mesa de cristal. Há tantos efeitos colaterais...

- Por que abominou a medicina?

Tornei-me uma médica para ajudar.
Eu me concentrei em Flebologia, as veias varicosas. Cheguei a ter várias clínicas. Mas fui percebendo o poder mafioso na indústria médica, que prejudica nossa saúde, que vive à custa de que estejamos doentes! Denunciei isso... e fui expulsa da faculdade de Medicina.

- Ou seja, você já não pode prescrever remédios...

Melhor! Os medicamentos são fabricados pensando na lógica industrial do máximo benefício econômico, e não pensando em nossa saúde. Pelo contrário: se estamos doentes, a máfia médica continua fazendo dinheiro!

- E a quem interessa a "máfia médica"?

À Organização Mundial de Saúde (OMS), às multinacionais farmacêuticas que a financiam, aos governos obedientes, aos hospitais e médicos (muitos por ignorância)... O que está por trás disso? O dinheiro!

- Você não escolhe nenhum inimigo pequeno...

Eu sei, porém, se eu tivesse me calado, teria ficado doente e hoje estaria morta.

- Qual foi sua última doença?

Dois dias atrás, heheee... uma diarréia!
- E para refletir o que em sua alma?

Oh, eu não sei, eu não analisei... simplesmente limitei-me a não comer... E já me sinto bem!

- Mas, e se ficar muito mal, hein?

Sei, sei... Se a doença for visitá-lo, acolha-a, abrace-a! Faça as pazes com ela! Não saia correndo como louco para encontrar um médico, um salvador... Seu salvador vive dentro de você. Seu salvador é você. Você é Deus!

*****

"Os homens sempre esquecem que a felicidade humana é uma disposição da mente e não uma condição circunstancial."
John Lodke
*
Colaboração:
Erda Nemitz
Holambra-SP
*
Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*

4 de jul de 2010

CorelDraw experts

*
Click sobre a imagem para ampliá-la.
*

As 12 leis cármicas

*
Tenho este texto no formato PDF.
Solicite-o.
sinapseslinks@gmail.com
*




























As 12 leis cármicas


1ª. Lei:
Nós colhemos o que plantamos.
É lei de causa e efeito.
O que fazemos aqui volta para nós sem data prevista, mas... volta.

2ª. Lei:
A Vida não acontece por si só, a Vida se faz de ação, reação e então a criação.

3ª. Lei
Fala sobre humildade, o que muitos de nós se recusam a aceitar.
Seja por crenças, vergonha, traumas, etc.
Mas qualquer um que abandona a arrogância e o ódio se torna humilde.

4ª. Lei
Onde formos era para estarmos lá!
Essa é a lei de crescimento das coisas vindas de outras vidas nos conduzindo a certas situações nesta atual.
Tudo em foco de uma evolução espiritual.
E diante dos erros somos nós que devemos mudar; e não exigir mudanças nas outras pessoas, ou culpar lugares e coisas que nos acontecem, o que está aqui conosco não é ruim e por pior que pareça, qualquer desgraça conduz ao crescimento pessoal.

5ª. Lei
Nós nos espelhamos naquilo que nos cerca e o que nos cerca se espelha em nós.
Portanto, em cada atitude existe uma escolha, e essa lei cármica quer dizer “responsabilidade pelos seus atos”.

6ª. Lei
Mesmo que algo pareça desconectado é importante entender que tudo no Universo está conectado.
Cada etapa conduz a etapa seguinte e assim por diante.
O passado construiu o presente, e o presente constrói o futuro.
O que está em nossa vida tem sua razão guardada num passado distante, e o que é inédito agora é o tesouro já guardado em nosso futuro.

7ª. Lei
Não podemos pensar em duas coisas ao mesmo tempo.
Essa lei significa um único pensamento para se criar ou modificar algo nesta atual existências.
A lei de manter-se focado, dedicado, doar-se de corpo e alma.

8ª. Lei
É o ato de doação.
Se acreditarmos que algo é verdade, seremos chamados a demonstrar essa verdade.
É nesse momento que podemos colocar o que dizemos e aprendemos na prática.
Nenhum aprendizado é em vão, nada é inútil, o que não lhe serve, seja um objeto material ou conhecimento pode valer “milhões” para outra pessoa.

9ª. Lei
Aqui e agora!
Remoer o passado ou viver esperando algo no futuro é viver na estagnação.
A vida se faz do hoje com base no passado e expectativa no futuro, mas quem abandonou o Hoje, destruiu seu passado e está prestes a não construir um futuro almejado.

10ª. Lei
Mudança.
A história se repete até aprendermos as lições que necessitamos para mudarmos o nosso trajeto.

11ª. Lei
Simboliza paciência e recompensa.
Sendo paciente se aprende e isso leva ao auto-conhecimento, conhecimento do próximo, do que os outros sentem, uma cisão amplificada de tudo e de todos.

12ª. Lei
O Valor de algo é o resultado direto da energia e intenção colocada nela.
Cada contribuição pessoal é também um contribuição ao todo.
A inspiração amorosa fornece uma contribuição ascendente a inspira o “Todo”.

Colaboração:
Michel Antônio Farah
São Paulo-SP

Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/

Equilíbrio

*





















Equilíbrio

Os conceitos de estômago e sexo variam conforme a capacidade de cada ser.

Na espiritualidade existem os espíritos decorrentes de estágios terrenos inaproveitados, aguardando nova chance para superá-los.

Eles não sabem se estão na terra, no espaço, ou em outras dimensões. Simplesmente se apegam as suas deficiências e vão curtindo obsessões pertinentes ao fluxo da mente em desalinho.

Estas considerações baseiam-se em pontos parafísicos.

Não é possível ser materialista no século XXI. É preciso destruir a barreira que atrapalha o campo de visão e ver mais além. Ver a verdade incontestável que está a nossa frente.

É necessário o progresso do ser para que o planeta também progrida. Portanto, meus irmãos, a oportunidade é para todos. Quem não aproveitar terá que arcar com as consequências em novas e difíceis experiências reencarnatórias.

Se não houver uma conscientização maior das mentes encarnadas e desencarnadas para a aplicação do bem, a maldade tomará conta dos núcleos e não haverá o que apague o fogo da destruição.

É preciso usar a mente para o bem. É preciso ouvir, dar atenção às vozes que insistem em ajudar. Não dá mais para achar que estar na terra é só viver o material.

A humanidade progride em todos os setores, mas, se formos analisar, há um “over” de coisas desnecessárias, que ao invés de ajudar estão destruindo o homem em todos os sentidos.

Os apelos sexuais destroem cada vez mais os habitantes terrenos, interrompendo a sintonia com o bem.

Saibam separar o joio do trigo, irmãos, e raciocinem mais a respeito de tudo que surge como realidade absoluta.

Cuidar do corpo é agradecer a oportunidade da existência terrena.

Sexo e Comida não quer dizer bem-estar e prazer. O sexo deve ser visto com mais amor e a comida com mais respeito ao corpo. O amor, na relação, conduz à elevação. O sexo, somente por prazer, esgota os componentes físicos levando à falência dos órgãos e à escassez do fluido vital necessário à sobrevivência.

A comida em excesso elimina os nutrientes que poderiam ser absorvidos pelo organismo e o corpo exige cada vez mais, culminando na destruição da “psique”, dificultando a percepção de pensamentos saudáveis.

O progresso do ser exige o equilíbrio. E o equilíbrio só permite bons pensamentos, boa alimentação e uma vida pautada no amor e no exemplo.

Graças a Deus
Vandobler Gusmão
(psicografia de Ana Joaquina Andrade em 01/07/10)
*
Transcrito do blog:
http://anajo2010.blogspot.com/2010/07/equilibrio.html
*

3 de jul de 2010

Que você...

*





















Que você...

Que você, mesmo sob a pressão do mundo, jamais negue o seu espírito.

Que você não permita que suas emoções estranhas bloqueiem o amor real.

Que você não deixe que alguém, homem ou espírito, roube sua alegria.

Que você diga não a tudo o que seja degradante de sua integridade.

Que, por onde for, com quem for, você vença a si mesmo.

Que você esteja livre das algemas da arrogância e do medo.

Que você possa olhar em seus olhos e sentir grandeza e integridade .

Que você valorize um coração luminoso e cuide bem de sua luz...

Que você se emocione só de sentir-se vivo, e agradeça a quem lhe deu a vida.

Que você respire alegremente, sentindo a energia permeando o ar.

Que você veja as partículas de luz dançando na atmosfera à sua frente...

Que você se respeite como Ser universal, para se respeitar como Ser humano.

Que você não deixe sua mente abafar o seu coração nem os seus sonhos.

Que você eleve as mãos para o sol e comemore a bênção da luz.

Que você ensine aos seus filhos a ver graça na vida, pois cada dia é sagrado.

Que você chore, se quiser, mas que o seu choro seja justo e traga lições.

Que você cante algum mantra, e que isso melhore as pessoas e o mundo.

Que você suba a montanha e reverencie o vento e os espíritos do ar.

Que você desça até a campina e reverencie os espíritos das brumas.

Que você cante uma canção pelos seus ancestrais e amigos de outrora.

Que você não se esqueça dos que partiram para o plano espiritual.

Que haja alegria nessa lembrança! Que haja luz! Que haja bênçãos nisso!

Que você também cante pelos amigos de agora, pois eles são presentes em sua vida.

Que você ame profundamente... E que isso dignifique sua jornada e o ser amado.

Que você seja uma presença de luz na vida dos outros... E que isso seja sempre!

Que você saiba reconhecer os seus erros e, com humildade, corrigi-los.

Que você perdoe a si mesmo e, assim, aprenda a perdoar aos outros.

Que você também reconheça suas qualidades e seus acertos, e fique alegre por isso.

Que você não se lamente pelas coisas do passado; apenas aprenda a lição e voe...

Que você não se deite com ira de ninguém e nem preso nas coisas do mundo.

Que você durma pensando no céu azul... E que visite as estrelas, em espírito**.

Que os espíritos das brumas guiem sua jornada espiritual, por onde você for...

Que você e eles dancem nos ares e celebrem a graça da amizade e do encontro.

Que você cante com eles! Que você ria muito lá em cima! Que você aprecie a vista!

Que você aprenda algo enquanto seu corpo dorme... E que você se lembre!

Que você sinta que o seu verdadeiro lar é em seu coração.

Que você seja feliz, mesmo que ninguém entenda por que .

Que você agradeça a Deus por tudo.

Que você leia essas linhas e acredite mais em si mesmo.

Que você e eu nos encontremos aqui, por sintonia espiritual.

Que nos reconheçamos como irmãos de luz, mesmo à distância.

Que um Poder Maior nos una, em espírito e verdade.

Que um Grande Amor encante nossos pequenos corações.

Que esses escritos iluminem a dádiva de mais um dia.

Que assim seja, pois, somos todos um!
Que haja Paz e Luz!

Tenha um dia feliz...
Somos todos um...

Texto - Wagner Borges
Formatação – Ana Lucia Chiavaioli
Junho / 2009

Colaboração:
Ianaê Seabra Pitanguy
São Paulo-SP

Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/

2 de jul de 2010

Visual Basic

*
Click sobre a imagem para ampliá-la.
*



























Amigo Visitante, Salve!

Por favor, pergunto:
Você é usuário de um destes programas:

a) Visual Basic 6 -ou-
b) CorelDraw 14
*
Caso afirmativo, gostaria de trocar e-mails com você.
Desde já agradeço a gentileza do contato.
Fraternalmente,
Leal - aprendiz em todas as instâncias da Vida
sinapseslinks@gmail.com
*

Dr. Bezerra de Menezes

*






















Dr. Bezerra de Menezes

Ouça a mensagem do Dr. Bezerra pela psicofonia de Divaldo.

Vídeo:
http://atriomental.blogspot.com/2010/07/dr-bezerra-fala-pelo-querido-divaldo.html
*
Colaboração:
Daniela Marchi
Araçatuba-SP
*