8 de dez de 2010

Presente de Natal

*
Por favor,
Click sobre a imagem para ampliá-la.
*


Presente de Natal: tradição milenar

Melchior, Baltazar e Gaspar ou o Bispo São Nicolau? Afinal de contas, quem é o responsável pela tradição de dar presentes no Natal? Todos os quatro!

Tudo começou com os Três Reis Magos, que eram Melchior, da Pérsia, Baltazar; dos indianos, e Gaspar que reinava sobre os árabes. Seguindo a estrela que indicava o local exato do nascimento de Jesus, eles partiram do Oriente, rumo a Jerusalém, carregados de muitos presentes.

Chegaram apenas no dia 6 de janeiro, trazendo ouro (símbolo da realeza de Jesus), incenso (pela natureza Divina do recém-nascido) e mirra (símbolo da imortalidade). Era o ano do primeiro Natal, e estava criado, naquele Dia de Reis, o costume de dar presentes!

A tradição seguiu graças ao o bispo católico São Nicolau, que é ninguém menos do que o Papai Noel! Por volta do ano 300 da era Cristã, o bispo, que vivia em Mira (atual Turquia), subiu na chaminé da casa de um homem endividado que ele desejava ajudar e jogou, lá dentro, a quantia de dinheiro de que o homem necessitava.

Era a madrugada de 25 de dezembro e, no ano seguinte, Nicolau repetiu a dose: passou nos bairros mais pobres e colocou presentes nas portas e janelas e casas. Junto, deixava bilhetes que explicavam o motivo daquele acontecimento: alegria por causa do aniversário de nascimento de Jesus e gratidão a Deus por ter enviado seu filho ao mundo.

O tempo passou e presentear no Natal é hoje uma tradição mundial, que ultrapassa os limites do Cristianismo.

Ainda bem! É muito bom dar presentes.

Demonstra apreço, dedicação, carinho, amor e gratidão. É um ato de generosidade, que nunca é demais!

Independentemente do valor do presente, o que vale sempre é a intenção. Se você encarnar os Reis Magos, ou o bispo São N icolau, é certo que estará praticando uma boa ação, fazendo feliz quem é presenteado, pelo presente em si e pelo seu gesto!

O espírito natalino é, antes de tudo, religioso, mas dar presentes também faz parte desta tradição.

Afinal, foi no primeiro Natal que Melchior Baltazar e Gaspar iniciaram tudo isso, levando, de tão longe, os mais preciosos presentes que puderam encontrar.
*
Fonte:
https://www.kmdevantagens.com.br/
*
Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SinapsesLinks
Seja bem-vindo!
Muito obrigado por seu comentário.
sinapseslinks@gmail.com