22 de set de 2009

Aldeia da Fraternidade

*


Aldeia da Fraternidade

“Sou Luiz Fernando Carvalho, 46 anos, casado, funcionário da Petrobras e presidente da Fraternidade Cristã Espírita, mantenedora da Aldeia da Fraternidade, nova denominação da Aldeia Infantil SOS. A instituição foi fundada em 16 de junho de 1963, na Rua Dona Paulina, junto ao Morro do Osso, em um belíssimo espaço da região sul de Porto Alegre, onde o céu se encontra com o verde, oferecendo ambiente prazeroso de se viver. E foi nesse ambiente que cresci, que convivi em meio a algumas dezenas de crianças.

Minha vida se assemelha à de muitas crianças que se criaram em instituições porque a mãe não teve condições socioeconômicas de lhes garantir a proteção necessária. Assim aconteceu comigo. Aos dois anos incompletos, minha mãe, por meio do então juiz de menores, entregou-me para a Aldeia Infantil. Felizmente, adaptei-me, me senti acolhido verdadeiramente, pois me adotou como filho a senhora Rosa Lima da Rosa, a primeira mãe SOS do Brasil. Essa era a característica principal das aldeias infantis: a figura da mãe social, que cuidava e educava como filhos um grupo de até 12 crianças. Desse modo, vivi em meio à alegria, ao afeto dessa mãe e de tantas pessoas que com ela trabalhavam para a realização dessa instituição, que nos anos 60 era considerada a mais humanística para crianças desprovidas dos vínculos familiares.

Hoje, sou feliz porque me tornei responsável por minha vida e pela vida dos que convivem comigo em casa, no trabalho e na comunidade a que pertenço. Assim, a Aldeia, para mim, hoje, é o meu espaço de voluntariado e de compromisso com as crianças, onde exercito a capacidade de me colocar no lugar delas, vivendo suas necessidades, seus sonhos, suas vontades e suas potencialidades.”
*
Fonte:
http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default2.jsp?uf=1&local=1&source=a2656681.xml&template=3898.dwt&edition=13143§ion=1071
*
Site: http://www.aldeiadafraternidade.org.br/
*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SinapsesLinks
Seja bem-vindo!
Muito obrigado por seu comentário.
sinapseslinks@gmail.com