12 de mar. de 2009

Verbos importantes

*





















Verbos importantes

11.Mar.2009 | Julio Capilé*

Verbos são representações de ações.

Toda movimentação da vida é regida por um verbo. Dentre eles existem alguns que se destacam para nos ajudar a evoluir espiritualmente. Outros até denigrem nossa existência se usados. A seguir, quatro verbos que nos elevam:

Trabalhar:
Trabalhar apesar de ser uma espécie de praga bíblica: "te alimentarás com o suor de teu rosto", é a maior bênção que temos na vida. Até a vinda de Jesus à Terra ninguém que fosse livre trabalhava. O trabalho era só exercido por escravos. As guerras entre tribos e nações eram de rapina e de aprisionamento de escravos. Jesus procurou demonstrar em todo tempo que o trabalho vivifica as pessoas. Deu exemplos. Esteve sempre se movimentando com a finalidade de curar, ensinar, mostrando a todos que não se devia dar aos outros a obrigação de fazer nosso trabalho. Com Ele aprendemos que é com o trabalho que evoluímos material e espiritualmente. Ensinava-se, antes dEle, que depois da morte as pessoas que seguissem os preceitos bíblicos iriam para o Céu e, beatificamente, ficariam adorando Deus. Ainda existem religiosos que assim entendem. Mas já imaginaram a gente ficar parado, tocando lira e só prestando homenagem a uma Pessoa? Depois de certo tempo o Paraíso tornar-se-ia num Inferno. Há pessoas que ficam neuróticas depois que aposentam e têm que arrumar algo que fazer para minorar o tédio. A mente e o corpo sem trabalho criam angústias e doenças.

Servir:
Servir nos torna mais simpáticos. Servindo o semelhante a gente se eleva na auto estima. Isso também aprendemos com Jesus: "o maior entre vós é aquele que servir a todos", disse Ele. Quando ainda estamos embrutecidos queremos só exigir e esperamos que todos nos sejam agradáveis e nos sirvam. Em casa de meus pais nós tínhamos um adágio interessante: "quem quer faz; quem não quer manda". O serviço feito por nós mesmos fica sempre de acordo com nosso gosto. O feito por outrem nem sempre nos agrada. Servir ao semelhante, estar sempre pronto a fazer algo pelos outros nos vivifica, nos eleva tanto no conceito dos outros quanto em nós próprios.

Aprender:
Aprender é uma necessidade do espírito no caminho em busca da perfeição. Quando ainda simples e ignorantes os homens viviam nas cavernas, desconheciam o fogo e temiam todos os fenômenos da natureza. Pouco a pouco foi aprendendo sobre tudo que estava à sua volta, tornou-se racional, desenvolveu o entendimento e ficou mais independente: livrou-se dos tabus, discutiu teorias e religiões e com o passar das eras tornou-se uma criatura criadora. Devemos procurar o aprendizado constante sobre tudo. O aprender não cansa e é, praticamente, infinito.

Amar:
Amar é o verbo por excelência de Jesus. Amou todo tempo. Esteve sempre exercendo a fraternidade, a solidariedade, a piedade, a comiseração e tudo o que se refere ao amor. Amou tanto Pedro como Judas Escariotes (ou Shi-Kerioth – natural de Kerioth, ou ainda Sicariote – aprendiz de Zelote). Amou Pilatos e todos os que O fizeram sofrer. Alias, Ele sofreu durante todo tempo em que esteve entre nós. Com Sua elevação espiritual até a presença dos homens devia-Lhe ser penosa. Nunca reclamou de nada. Trabalhou, serviu e amou sempre. Alguns de Seus seguidores exemplificaram Seus ensinamentos: Francisco de Assis, John Huss, Dr. Shwartzman, Tereza de Calcutá, Allan Kardec, Irmã Dulce, Chico Xavier e muitos outros que no passado e no presente exemplificaram e vivem o trabalhar, o servir, o aprender e o amar. Esses exemplos são suficientes para nos mostrar onde está a felicidade perene.

*Médico. Escreve às 4ªs feiras no O Progresso.
E-mail: julio.cpile@apis.com.br
*
Fonte:
http://www.progresso.com.br/not_view.php?not_id=39962
*
Publicado em: SinapsesLinks
http://sinapseslinks.blogspot.com/
*
Conheça: Janelas da Alma
https://sites.google.com/site/eudisonleal/Home
*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SinapsesLinks
Seja bem-vindo!
Muito obrigado por seu comentário.
sinapseslinks@gmail.com